No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Santos de Dorival só tem campanha abaixo do líder



Dorival Júnior assumiu o Santos na 12ª rodada do Brasileirão com a ingrata missão de tirar o campeão paulista da zona de rebaixamento: o time era o 17º colocado, ou seja, o primeiro do Z4. Talvez, nem o mais otimista torcedor do Peixe imaginasse que, nove jogos depois, o clube somasse 20 dos 27 pontos possíveis e hoje estivesse a apenas quatro pontos do G4.

Somente o Corinthians, líder isolado do Brasileirão, fez melhor campanha nos últimos nove jogos. Os comandados de Tite venceram sete vezes, empataram duas e não perderam, somando 23 pontos.

A série do Santos com Dorival começou com vitória sobre o Figueirense, por 3 a 0, em 11 de julho. Desde então, a equipe também venceu Joinville (2 a 0), Coritiba (3 a 0), Vasco (1 a 0), Avaí (5 a 2) e Cruzeiro (1 a 0) - este último ontem, no Mineirão, graças a um golaço de Ricardo Oliveira, com chute de fora da área. O Peixe ainda empatou com Flamengo (2 a 2) e Atlético-PR (0 a 0), ambas fora de casa, e perdeu do Palmeiras (1 a 0), como visitante.

O aproveitamento de Dorival no Santos é ainda melhor nesta segunda passagem se incluídas as três partidas disputadas na Copa do Brasil, com três vitórias, sendo duas em cima do Corinthians (2 a 0 e 2 a 1). O clube ainda bateu o Sport por 3 a 1. 

CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE A NOS ÚLTIMOS 27 PONTOS DISPUTADOS:
1º Corinthians: 23 pontos (7v - 2e - 0d)
2º Santos: 20 pontos (6v - 2e - 1d)
3º Atlético-MG: 17 pontos (5v - 2e - 2d)
4º Flamengo: 16 pontos (5v - 1e- 3d) 
5º Grêmio: 15 pontos (4v - 3e - 2d)
Internacional: 15 pontos (4v - 3e - 2d)
7º Atlético-PR: 14 pontos (4v - 2e - 3d) 
8º Palmeiras: 13 pontos (4v - 1e - 4d)
São Paulo: 13 pontos (4v - 1e - 4d)
Coritiba: 13 pontos (3v - 4e - 2d)
11º Figueirense: 11 pontos (3v - 2e - 4d)
Joinville: 11 pontos (3v - 2e - 4d)
13º Avaí: 10 pontos (3v - 1e - 5d)
Ponte Preta: 10 pontos (2v - 4e - 3d)
15º Fluminense: 9 pontos (3v - 0e - 6d)
Chapecoense: 9 pontos (2v - 3e - 4d)
Cruzeiro: 9 pontos (2v - 3e - 4d)
Goiás: 9 pontos (2v - 3e - 4d)
19º Sport: 8 pontos (1v - 5e - 3d)
20º Vasco: 4 pontos (1v - 1e - 7d)

v = vitória
e = empate
d = derrota

Jorge Nicola

Santos liga o alerta para abrir duelo fora de casa na Copa do Brasil



O Santos despachou o líder do campeonato Brasileiro nas oitavas de Copa do Brasil de forma contundente. As duas vitórias em cima do Corinthians garantiram o Peixe quartas de final. Já o Fiqueirense não fez por menos. Eliminou o vice-líder Atlético-MG sem ser derrotado nem mesmo em Belo Horizonte, no caldeirão no Independência. Agora, após o sorteio realizado pela CBF nesta segunda, as duas equipes alvinegras se encontram por uma vaga nas semifinais.

“É um jogo difícil. O Figueirense surpreendeu a muitos tirando o vice-líder do Brasileiro, o Atlético-MG, que tem uma grande equipe. Tem jogadores de qualidade. O Cleiton está sendo uma revelação no Brasileiro. Não só ele, mas toda a equipe do Figueirense é boa. Vamos procurar nos prepararmos para superar a dificuldade que vamos encontrar”, analisou David Braz.

Com 26 pontos, na 14ª colocação no Brasileiro, o Figueirense abrirá o confronto no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Contra o Galo, o time de Santa Catarina decidiu a vaga em casa. Enquanto isso, com 30 pontos, na 9ª colocação na competição por pontos corridos, o Peixe também vive situação avessa à última fase, quando fez o primeiro duelo na Vila Belmiro e saiu em vantagem contra o o Corinthians.

“Precisamos fazer um bom resultado no primeiro jogo, para depois decidir em casa. Não tem preferência de decidir em casa ou fora. O mais importante é estar ligado nos 180 minutos para conseguir a classificação para a semifinal”, explicou o zagueiro.

A partida contra o Figueirense, aliás, marca o início da retomada do Santos no Campeonato Brasileiro, com a estreia de Dorival Júnior. Naquela oportunidade, o alvinegro praiano fez 3 a 0 diante de seu torcedor. Apesar disso, Zeca pede a mesma concentração demostrada nos clássicos contra o Corinthians.

“Acho que não é um time mais fraco, é um time forte, sim. Ganhamos deles aqui, tivemos muita dificuldade. É um time muito forte, sim”, avisou o lateral direito, antes de revelar sua preocupação com a partida na casa do rival.

“É totalmente diferente jogar lá, com a torcida deles, no estádio deles, na casa deles. Jogando em casa eles sempre são mais fortes. Tem que tomar cuidado, sim. Treinar bola parada. O que eles fazem, o que eles não fazem, para não sermos surpreendidos”, ressaltou.

Os jogos de ida serão disputados nos dias 23 e 24 de setembro. E a volta, nos dias 30 de setembro e 1° de outubro. Para as semifinais, não haverá mais sorteio. O vencedor deste duelo encarará quem avançar do confronto entre São Paulo e Vasco.

Gazeta Esportiva

Santos quer conceder a Gabigol maior salário do clube para quebrar cláusula



O atacante Gabriel Barbosa não deve ficar de "mãos abanando" após recusar a proposta do Fernebahce, da Turquia. O UOL Esporte apurou que a diretoria do Santos prepara uma proposta para conceder o maior salário do elenco ao jogador.

O aumento salarial é uma estratégia da cúpula alvinegra para aumentar a multa rescisória do atleta, avaliada em 50 milhões de euros [R$ 204 milhões]. Mas o foco principal é derrubar uma cláusula contratual, considerada perigosa pelos dirigentes santistas.

Isso porque o UOL também apurou que o contrato de Gabigol possui a cláusula que obriga o Santos a cobrir propostas da Europa acima de 18 milhões de euros [R$ 73,5 milhões] durante a vigência do contrato. Caso contrário, o clube será obrigado a vender o jogador. A cláusula foi inserida pelo ex-presidente Odílio Rodrigues, que estendeu o vínculo do atleta até o fim de 2019 no ano passado. 

A proposta do clube turco ficou próxima do valor da cláusula e assustou a diretoria santista. O Fernebahce iniciou as negociações com 10 milhões de euros [R$ 40 milhões], mas terminou a transação oferecendo pouco mais de R$ 15 milhões de euros [R$ 61,2 milhões].

A ideia é seduzir o jogador com um aumento salarial considerável e propor a quebra da cláusula, além do aumento automático da multa rescisória. Gabigol já possui um dos maiores ordenados do elenco - ele recebe R$ 180 mil mensais. 

Para sorte do Santos, Gabigol também não pressionou o clube após receber a proposta dos turcos. Um dos motivos que fez o jogador priorizar o clube paulista é o desejo de defender a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. 

Vale ressaltar que o Santos só tem direito a 40% do valor total em caso de transferência de Gabigol. O clube paulista tinha 60% dos direitos econômicos, mas o ex-presidente do clube, Odílio Rodrigues, negociou 20% com um grupo de empresários poucos dias antes de deixar o clube no ano passado.

O dirigente usou parte da verba para pagar dívidas com investidores, envolvendo as transações de Leandro Damião e Felipe Anderson.

Os direitos econômicos de Gabigol estão divididos da seguinte forma: 40% para o Santos, 30% para o atleta, 20% para a Doyen Sports e 10% para um grupo de investidor não divulgado. Esses 10% foram negociados pelos representantes do jogador. 

Uol Esporte

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Olympique de Marselha faz oferta, e Santos pode vender Damião

Equipe francesa ofereceu R$ 60 milhões pelo atacante que está emprestado ao Cruzeiro. Como o Santos entrou com recurso na Justiça, ainda é dono do atacante

O Santos conseguiu segurar seus jogadores titulares na janela de transferências para a Europa, que termina nesta segunda-feira, mas ainda assim pode acertar uma venda: a de Leandro Damião, que está emprestado ao Cruzeiro.

O Olympique de Marselha, da França, que já havia manifestado interesse no atacante, conforme revelou o LANCE!, fez nesta segunda uma proposta de 15 milhões de euros (R$ 60 milhões) pelo camisa 9.

Para a venda ser concretizada, o Peixe precisa aceitar a oferta junto com a Doyen Sports. No início da tarde de segunda, começaram a ser discutidas as questões contratuais, pois as partes têm dúvidas com relação ao vínculo.

- Pelo Santos, não tem problema. No que depender do Santos, vamos vender, mas ainda vamos 

No início deste ano, depois de ir para a Toca da Raposa, Damião entrou com uma ação trabalhista contra o Alvinegro, devido a atrasos salariais. Na Justiça, o jogador teve causa ganha para rescindir seu contrato, no entanto, o clube entrou com um recurso.

Leandro Damião foi contratado pelo Santos no início de 2014, por R$ 42 milhões. O dinheiro foi emprestado pelo fundo de investimentos maltês Doyen Sports, que será ressarcido em cinco anos com juros de 10% ao ano. Caso a venda seja acertada, o Santos tem direito a 20% sob o lucro da negociação.

Recentemente, com o técnico Vanderlei Luxemburgo, Leandro havia perdido espaço no Cruzeiro, depois de um bom início com a camisa celeste.

Lancenet

Sem clássico estadual: sorteio define duelos das quartas da Copa do Brasil


Confrontos da próxima fase serão: São Paulo x Vasco, Figueirense x Santos, Palmeiras x Inter, Grêmio x Fluminense. Mandos de campo serão sorteados às 14h

Oito times, uma taça. Os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil 2015 foram definidos no início da tarde desta segunda-feira, em sorteio realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Após dois clássicos estaduais nas oitavas (Vasco x Fla e Santos x Corinthians), a próxima fase não terá enfrentamentos entre equipes do mesmo estado. Confira os duelos:

- São Paulo x Vasco
- Figueirense x Santos
- Palmeiras x Internacional
- Grêmio x Fluminense

Um novo sorteio, às 14h (horário de Brasília) desta segunda, também na sede da CBF, vai definir os mandos de campo. Datas e horários serão divulgados na sequência. Os jogos de ida serão nos dias 23 e 24 de setembro. E a volta, nos dias 30 de setembro e 1° de outubro. 

Para as semifinais, não haverá mais sorteio. O vencedor do duelo entre São Paulo e Vasco enfrenta nas semis quem passar de Figueirense x Santos. O ganhador de Palmeiras x Inter pega Grêmio ou Fluminense. Há, portanto, a possibilidade de dois clássicos estaduais nas semis, caso passem São Paulo, Santos, Inter e Grêmio.

Uma novidade na Copa do Brasil de 2015 é que, na final, o gol fora de casa não será mais critério de desempate. A edição atual é a de número 27.

Entre os oito times, o Grêmio é o maior campeão, com quatro títulos. O Palmeiras soma duas taças. Fluminense (2007), Internacional (1992), Santos (2010) e Vasco (2011) têm um título cada. Já Figueirense e São Paulo tentam conquistar a Copa do Brasil pela primeira vez.

Globoesporte.com

Ex-goleiro Fábio Costa aciona Santos na Justiça por salários atrasados

Valores não pagos datam de 2010 e seriam de R$ 430 mil, sem correções

A fila de credores do Santos na Justiça não para de crescer. Agora, é o ex-goleiro Fábio Costa quem cobra salários atrasados do clube datados de 2010, última temporada em que, efetivamente, defendeu o gol do Peixe. O valor, segundo reportagem do GloboEsporte.com, seria de algo em torno de R$ 430 mil, sem correções.


O ex-goleiro ingressou nesta sexta-feira (28) com ação na 4ª Vara do Trabalho de Santos. Ainda não há data para uma primeira audiência. Fábio Costa teve seu vínculo com o Santos encerrado em dezembro de 2013. Porém, os últimos anos de contrato foram longe da Vila Belmiro. Empréstimos para Atlético-MG e São Caetano e treinos por conta própria em uma academia compuseram a realidade do então atleta.

Atualmente, Fábio Costa se dedica à Think Ball, empresa que faz gestão de carreira para diversos jogadores. Dentre os agenciados pelo grupo estão os jovens Diego Cardoso e Lucas Crispin, ambos oriundos da base santista.

Personagem vital no título do Campeonato Brasileiro de 2002, especialmente na final contra o Corinthians, o goleiro teve um fim de carreira turbulento. Amigo do ex-presidente Marcelo Teixeira, perdeu espaço quando a oposição assumiu o clube com Luis Alvaro Ribeiro.

Com salário considerado alto para os padrões santistas na época, negociou a extensão de seu contrato, que terminaria em 2012, por mais um ano, mas pelo mesmo valor total, cerca de R$ 9 milhões – a diretoria queria diluir os salários a que o atleta tinha direito por um tempo maior.

A Tribuna On line

Gabigol agradece interesse do Fenerbahce, mas avisa que fica no Santos




O atacante Gabriel Barbosa, Gabigol, comunicou nesta segunda-feira que permanecerá no Santos. O jogador afirma ter recebido oferta do Fenerbahce e agradeceu o clube turco pelo interesse.

Gabigol conta que ainda tem uma "missão a cumprir" no time da Vila Belmiro. O atacante fala em títulos pelo clube e o desejo de alcançar a seleção brasileira. 

"Gostaria de agradecer as inúmeras mensagens que recebi dos torcedores turcos pelas redes sociais! No entanto, hoje, aos 19 anos, sinto que ainda não cumpri minha missão pelo Santos", escreveu Gabigol.

Empresário do atacante, Wagner Ribeiro dizia que a proposta do clube turco beirava os 20 milhões de euros (R$ 80 milhões). A diretoria santista contestou os valores divulgados e comunicou que a oferta do Fenerbahce era bem abaixo do valor dito por Ribeiro.

Confira a nota oficial de Gabigol:

"Fiquei quieto durante esses últimos dias lendo as notícias que se passaram sobre minha possível transferência, mas hoje resolvi falar e dar uma satisfação a vocês. Esse fim de semana eu e minha família tivemos uma conversa com meu empresário, que nos apresentou uma proposta do Fenerbahçe (Turquia).

Me sinto valorizado profissionalmente em saber que um clube da dimensão do Fenerbahçe teria interesse em contar comigo no elenco. Um clube de grande expressão europeia, pelo qual atuaram Alex, Roberto Carlos, Deivid, Zico. Inclusive gostaria de agradecer as inúmeras mensagens que recebi dos torcedores turcos pelas redes sociais! No entanto, hoje, aos 19 anos, sinto que ainda não cumpri minha missão pelo Santos. 

Aqui aprendi a dar os meus primeiros passos dentro do futebol. Por isso quero permanecer e retribuir ainda mais o carinho dessa torcida fenomenal!!! Comunico a vocês que minha resposta ao Santos é a mesma que passei ao meu empresário. Quero continuar aqui, conquistar todos os títulos que disputaremos, fazer história, tornando assim possível meu sonho da convocação para a nossa Seleção Brasileira".

Uol Esporte

domingo, 30 de agosto de 2015

Santistas exaltam primeira vitória fora de casa: "Primeira de muitas", diz Braz



Com o triunfo sobre o Cruzeiro, Santos chega à nona colocação, com 30 pontos

Ufa! Depois de um turno inteiro, o Santos enfim conseguiu uma vitória como mandante neste Campeonato Brasileiro. Esse foi o principal motivo de comemoração para os jogadores depois do triunfo por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, com gol de Ricardo Oliveira.

David Braz, por exemplo, destacou as dificuldades impostas pelo Cruzeiro e ressaltou o poder de marcação imposta pelos santistas na partida.

– É sempre difícil jogar no Mineirão. O Cruzeiro em crise, precisando ganhar e nós ganhamos a nossa primeira partida fora de casa. Espero que seja a primeira de muitas. Eles têm jogadores muito rápidos, neutralizamos, não tomamos gols e o Ricardo Oliveira marcou um golaço – disse.

Não foi só o zagueiro que ficou aliviado com os três pontos somados no Mineirão, o volante Thiago Maia também comemorou muito a vitória e, claro, enalteceu o gol de Ricardo Oliveira.

– Estávamos precisando de uma vitória fora de casa, e com um belo gol do Ricardo Oliveira, ficou tudo bom – acrescentou o volante santista. 

O Santos chega à nona colocação do Campeonato Brasileiro, com 30 pontos, apenas quatro de distância para o G-4 (Palmeiras soma 34 pontos). O próximo compromisso santista será contra a Chapecoense, nesta quinta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro.

Globoesporte.com

Agora na seleção, meia celebra Santos "colado" no G-4



Convocado pelo técnico Dunga para os amistosos contra Costa Rica e Estados Unidos, o meia Lucas Lima viu o Santos vencer o atual campeão Cruzeiro por 1 a 0 neste domingo, no Mineirão. Agora, o meio-campista comemora a mudança do panorama santista, a quatro pontos do G-4.

"A gente sabia que era um jogo muito importante para a gente colar ali na frente, parabéns, muito cansaço e dificuldade", disse Lucas, à TV Globo.

O meia agora desfalca o time por três partidas para defender a seleção por dois jogos. Lucas Lima não poderá atuar contra Chapecoense, Sport e São Paulo.

Neste domingo o Santos não contou com os atacantes Geuvânio e Gabriel Barbosa, mas venceu com golaço de Ricardo Oliveira. Lucas Lima afirmou que a ausência da dupla ofensiva pesa, mas apontou a força do elenco: "Eles são muitas vezes a válvula de escape do time, mas tivemos mais posse de bola, o grupo é esse, Brasileiro precisa disso e está aí a prova", afirmou, antes de admitir que o time sentiu dificuldades de condição física.

"A gente está vindo numa batida muito forte, cansaço pesou um pouco", falou. 

Uol Esporte

Ricardo Oliveira faz golaço a 90 km/h e Santos complica o Cruzeiro




Um golaço de Ricardo Oliveira definiu a partida entre Cruzeiro e Santos, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O artilheiro chegou a 13 gols no certamente com uma finalização de longa distância, sem chances para Fábio. O resultado de 1 a 0 mantém a boa fase da equipe santista, que chegou a figurar na zona de rebaixamento e já vê o G4 muito próximo, apenas quatro pontos atrás do Palmeiras, o quarto colocado.

O gol de Ricardo Oliveira foi em um chute a 90 km/h de cerca de 30 metros de distância (segundo dados do Sportv).

Enquanto o Santos embala na temporada, o Cruzeiro afunda cada vez mais. Já são seis partidas sem vitórias, por Copa do Brasil e Brasileirão. Com apenas 1 ponto conquistado nos últimos 15 disputados, a equipe celeste viu as equipes da "zona da confusão", como descreve o técnico Vanderlei Luxemburgo, se aproximarem. São 22 pontos, mesma pontuação de Goiás e Coritiba. Os critérios de desempate mantêm o time mineiro fora das quatro últimas colocações.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 0 X 1 SANTOS

Data: 30/08/2015 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 8.271 pagantes
Renda: R$ 252.400,00
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO/Fifa) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Cartões amarelos: Marinho e Arrascaeta (CRU) Ricardo Oliveira e Vanderlei (SAN)
Cartão vermelho: Fabrício (CRU)
Gols: Ricardo Oliveira aos 42 min do primeiro tempo;

CRUZEIRO
Fábio; Ceará, Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Willians, Henrique (Arrascaeta, aos 24 do 2º), Marcos Vinícius (Gabriel Xavier, no intervalo), Alisson e Marinho; Vinícius Araújo (Allano, no intervalo).
Treinador: Vanderlei Luxemburgo

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Lucas Otávio, aos 32 do 2º), Renato, Marquinhos Gabriel e Lucas Lima (Léo Cittadini, aos 46 do 2º); Neto Berola (Leandro, aos 10 do 2º) e Ricardo Oliveira.
Treinador: Dorival Júnior

FASES DO JOGO
1º TempoPressionado pela aproximação das equipes da zona do rebaixamento, o Cruzeiro adotou uma postura ofensiva para sair da fase ruim. O time de Vanderlei Luxemburgo tomou conta das principais ações do jogo e até chegou a marcar um gol com Vinícius Araújo, aos 16 minutos. Tento invalidado corretamente, já que o atacante celeste estava em impedimento. Marinho teve chance de finalizar em boas condições duas vezes, aos 35 e aos 41, mas sempre sem pontaria. Bem diferente fez Ricardo Oliveira, no minuto seguinte, com uma golaço da intermediária, sem chances para Fábio. Abatido, o Cruzeiro passou a dar mais espaços para o Santos, que quase ampliou, com Marquihos Gabriel, aos 47 minutos. Mas o meia chutou para fora.

2º Tempo
Com duas mudanças no intervalo, o técnico Vanderlei Luxemburgo tentou deixar o Cruzeiro ainda mais ofensivo. No entanto a equipe produziu menos do que fez na etapa inicial. Nas poucas vezes em que conseguiu criar algo, nas tentativas de Alisson e Arrascaeta, o goleiro Vanderlei foi muito bem. Optando pelos contra-ataques, o Santos não conseguiu levar perigo ao gol de Fábio. A expulsão de Fabrício não diminuiu a pressão do Cruzeiro nos minutos finais, mas facilitou bastante para o Santos.

DESTAQUES

Pedido atendido
Os dois jogadores mais criticados pela torcida do Cruzeiro nas últimas partidas foram o zagueiro Paulo André e o volante Charles. Depois de protestos e muitas vaias, Luxa atendeu aos pedidos dos torcedores e ambos foram barrados no duelo com o Santos.

Chegou a dez
Com o triunfo sobre o Cruzeiro, o Santos chegou a dez partidas de invencibilidade na temporada. Entre Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil são sete vitórias e três empates.

Das vaias ao incentivo
Com o resultado negativo, a torcida do Cruzeiro resolveu criticar o técnico Vanderlei Luxemburgo, pedir raça aos jogadores e até a vaiar alguns jogadores. Como o panorama da partida não mudou, os cruzeirenses mudaram a postura e passaram a incentivar a equipe. Os minutos finais foram de pressão com a torcida jogando junto.

Obrigado, Walter
O Cruzeiro só não terminou a rodada dentro da zona de rebaixamento por causa da derrota do Goiás para o Atlético-PR. O jogo disputado no mesmo horário, em Curitiba, terminou com triunfo rubro-negro por 3 a 0, com dois gols de Walter. O atacante passou pela Toca da Raposa, em 2012.

MELHORES
Ricardo Oliveira, SantosÉ verdade que o artilheiro do Campeonato Brasileiro já teve atuações melhores nesta competição. Mas numa partida com poucos destaques individuais, foi a qualidade técnica do atacante que fez a diferença. O chute de longa distância de Ricardo Oliveira determinou o resultado da partida.

PIORES
Henrique, Cruzeiro
O volante do Cruzeiro não atravessa um bom momento. Facilmente batido pelos adversários, com erros no domínio de bola e no passe.

Fabrício, Cruzeiro
O lateral do Cruzeiro pouco produziu no ataque e complicou de vez qualquer chance de reação da equipe, ao conseguir levar dois cartões amarelos em menos de 30 segundos. Primeiro por reclamação e depois por falta em Marquinhos Gabriel, aos 40 minutos do segundo.

UOL esporte

sábado, 29 de agosto de 2015

Santos acelera renovações, e Dorival quer elenco "99% pronto" para 2016

David Braz, Elano, Renato, Ricardo Oliveira e Vladimir renovaram seus contratos em 2015. Victor Ferraz está próximo de acerto com o Peixe para mais quatro anos

Apesar de 2016 ainda estar distante, o Santos já se planeja para a próxima temporada. Por isso, tem acelerado as renovações com os principais jogadores do elenco para iniciar o ano que vem já preparado para a disputa do Campeonato Paulista. O técnico Dorival Júnior aprova a medida da diretoria. 

Desde o início de 2015, o presidente Modesto Roma Júnior acertou as renovações de David Braz (até agosto de 2019), Elano (junho de 2016), Renato (fim de 2016), Ricardo Oliveira (maio de 2017) e Vladimir (fim de 2016). Agora, corre para prorrogar outros vínculos

O lateral-direito Victor Ferraz tem contrato com o Santos até o fim deste ano. Por isso, o clube iniciou no mês passado as negociações para renovar com o jogador por mais quatro temporadas. As duas partes estão próximas de um acerto.

– Essas renovações são pensando na equipe para abrir 2016. Temos de iniciar a pré-temporada com a formação que eu considere ideal. Estamos antecipando situações. Estamos vendo o grupo, olhando o sub-20 e o sub-23, dando oportunidades para garotos que estejam aparecendo. Queremos iniciar 2016 com 99% do elenco pronto – disse o treinador. 

Outro jogador que negocia a renovação com o Peixe é o volante Thiago Maia, que tem contrato apenas até fevereiro de 2016. O clube ofereceu cinco anos de vínculo e R$ 80 mil ao jogador e aguarda uma resposta. O presidente Modesto Roma Júnior confia na resolução do caso. 

Na sexta-feira, o Alvinegro acertou a contratação do volante Ledesma, de 32 anos. O atleta aceitou a proposta salarial feita pelo Santos e chega ao Brasil na próxima semana para definir tempo de contrato. Ele também deve ser utilizado no ano que vem.

Globoesporte.com

Dorival confia em diretoria contra assédio europeu e evita falar de Ledesma


O técnico Dorival Júnior acredita que não perderá nenhum titular para o futebol europeu antes do fechamento da janela transferências na próxima segunda-feira. O treinador confia na palavra do presidente Modesto Roma, que prometeu manter o elenco para o restante da temporada. 

"Acredito que não. O presidente me deixou muito tranquilo em relação a isso. Confio no presidente", afirmou Dorival.

O jogador mais assediado do Santos é o meia Lucas Lima. O "maestro santista" recebeu proposta do Porto, de Portugal, mas recusou. Outros clubes europeus sondaram o atleta, mas nenhuma proposta chegou recentemente.

Geuvânio, Gabriel Barbosa e até Thiago Maia, principal revelação da Era Dorival Júnior, tem mercado europeu, mas nenhum deles receberam proposta para jogar na Europa.

Em relação a possível chegada de Ledesma, o técnico santista se esquivou. O treinador não quer falar sobre o argentino naturalizado italiano enquanto o contrato não estiver assinado. 

"Eu sou sincero. Vou falar de algum atleta desde que esteja resolvido, assinado. Fora isso, me desculpe, eu iria antecipar um fato. Prefiro aguardar a definição da contratação", disse.

O UOL Esporte apurou que Ledesma aceitou a proposta enviada pelo Santos através de um representante. O jogador de 32 anos, que rescindiu contrato com a Lazio, da Itália, receberá o "teto salarial" do clube – cerca de R$ 150 mil mensais.

Uol Esporte

Jogos para sempre - Santos X Corinthians - Brasileirão de 2002