No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Santos cita até R$ 111 milhões de Rodrygo para seduzir técnicos


O Santos utiliza todas as suas armas para contratar um substituto para Cuca, que passou por cirurgia no coração e deixou o clube. Segundo apurou o UOL Esporte, além de um "salário de ponta" de cerca de R$ 800 mil mensais,a diretoria utiliza o dinheiro da venda de Rodrygo ao Real Madrid para seduzir técnicos disponíveis no mercado.

Isso porque o Santos ainda receberá 25 milhões de euros (cerca de R$ 111 milhões) do clube merengue até o meio de 2019. Rodrygo foi vendido por 50 milhões de euros (R$ 223 milhões), mas o Real Madrid só pagou metade do valor até o momento. O acordo entre os clubes prevê que o restante seja depositado somente na entrega do jogador, em julho do ano que vem.

Em conversas com os seus pretendentes a técnico em 2019, a diretoria santista prometeu que investirá boa parte deste montante em reforços, além de modernizar o CT Rei Pelé e até a Vila Belmiro.

Santos renova empréstimo de Matheus Ribeiro ao Figueirense



Lateral vinha em uma boa sequência como titular antes de se lesionar gravemente (Crédito: Reprodução)

O lateral-direito Matheus Ribeiro não retornará ao Santos para a próxima temporada. O Peixe chegou a um acordo com o Figueirense e renovou o empréstimo do atleta por mais um ano, até o final de 2019. A informação foi publicada pela Gazeta Esportiva e confirmada pelo Diário do Peixe.

Matheus chegou ao time catarinense em julho após ficar seis meses no Puebla, do México, disputar apenas cinco jogos e ser liberado pela equipe. No Figueirense ele teve uma sequência de seis jogos como titular, mas acabou se lesionando gravemente, com uma lesão de grau três na coxa, e perdeu o restante da temporada.

O jogador chegou ao Peixe em 2017, logo após conquistar o título da Série B com o Atlético-GO. O Peixe via nele um substituto para Zeca, já que Matheus Ribeiro também pode atuar pela esquerda, apesar de ser destro. Ele assinou um contrato até o final de 2020, mas nunca se firmou na equipe.

Santos entra em semana decisiva na busca por técnico e reforços

Buscando se planejar da melhor maneira possível, o Santos entra em uma semana decisiva para definir o que será o 2019 do clube. Ainda sem técnico e nenhum reforço confirmado, o Peixe deve começar a se movimentar no mercado da bola.

O presidente José Carlos Peres, não esconde de ninguém que o Alvinegro da Vila Belmiro negocia com Abel Braga para ser o técnico no ano que vem. Entretanto, a demora do treinador para uma resposta definitiva complica a cúpula do Santos.

Outro fator que atrapalhou o Peixe foi a eleição no Flamengo, realizada no último sábado. O candidato da oposição, Rodolfo Landim venceu o pleito, e assim como o clube paulista, deseja Abel para o ano que vem. Continuar morando no Rio de Janeiro, é uma ideia que agrada ao treinador. Dessa forma, a negociação com o Rubro-Negro pode ser oficializada a qualquer momento.

Sem Abel, o Santos não tem um plano B, e vários nomes são ventilados. Muricy Ramalho, Vanderlei Luxemburgo, Roger Machado e Dorival Junior estão entre os favoritos para assumir o comando. Assim que definir o novo treinador, o Peixe partirá para outra pauta decisiva: a de contratações.

Gabriel Barbosa, o Gabigol, já não fará parte do elenco para 2019. Um centroavante deverá ser contratado com urgência, pois os outros nomes do setor ofensivo não fizeram um 2018 consistente. Além do atacante, o lateral-esquerdo Dodô também pode deixar a Vila Belmiro.

José Carlos Peres deve nesta semana definir o técnico do Santos para 2019 (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Oficialmente, o Santos não confirmou nenhuma contratação até o momento. A negociação mais próxima de se concretizar é a saída de Bruno Henrique para o Cruzeiro. O atacante, já declarou interesse em atuar na Raposa, e o Peixe quer usá-lo como moeda de troca. Os mineiros ofereceram uma lista para os paulistas, com Manoel, Bruno Silva, Mancuello e Sassá, este último é o que mais agrada a cúpula santista.

Entretanto, o Peixe está sonhando alto e pediu Thiago Neves, alvo de Corinthians e Grêmio, na troca com o atacante. Além do camisa 30 cruzeirense, o clube negocia uma possível chegada do lateral-esquerdo Guilherme Arana, ex-Corinthians. Para isso, conta com o executivo de futebol, Renato Florêncio, que viajará à Espanha ainda em dezembro em busca de reforços.

Sem técnico, reforço e o principal jogador de 2018, o Santos do ano que vem ainda é uma incerteza, devido a lentidão no mercado e a falta de dinheiro em caixa. Nesta semana, o clube deve começar a definir treinador e o perfil de reforços, para não ficar tão atrás em relação aos grandes rivais. Por Gazeta Press

Troféu Mesa Redonda: Vanderlei é eleito melhor goleiro do Brasileirão

Troféu Mesa Redonda: Rodrygo é eleito a revelação do Campeonato Brasileiro

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Cuca passa bem após procedimento cardíaco em Curitiba


Cuca deve receber alta nessa sexta (Foto: Divulgação)

Cuca passou por um procedimento cardíaco nessa quinta-feira, em Curitiba, e deve receber alta do hospital antes do fim de semana. Segundo a filha do técnico, tudo transcorreu da melhor forma possível e Cuca passa bem.

O ex-comandante do Santos surpreendeu a todos no fim de novembro ao revelar uma preocupação com a própria saúde.

Cuca sofreu o susto em 23 de setembro, na derrota do Peixe por 2 a 1 para o Cruzeiro, no Mineirão. O profissional sentiu dor e dormência no vestiário depois da partida. No dia seguinte, ele foi convencido pelo ex-médico Jorge Merouço a passar por exames.

No hospital, Cuca soube que quase enfartou. Outros testes foram feitos posteriormente e os resultados apontaram uma obstrução na artéria coronária. Para liberar o fluxo sanguíneo, um stent – uma espécie de tubo feito de metal –, será colocado na intervenção cirúrgica.

A cautela aumenta por conta do histórico familiar. O pai de Cuca morreu devido a problemas cardíacos e Cuquinha, irmão e auxiliar, teve que ser submetido a uma cirurgia no coração durante a passagem pelo Shandong Luneng-CHI, em 2015.

Agora, o plano inicial de Cuca é passar alguns meses descansado com a família, para depois voltar ao futebol.

Renato já tem lista de reforços para o Santos, mas quer ajuda


Renato começou a trabalhar nos bastidores antes de se aposentar (Foto: Ivan Storti/SFC)

Renato recebeu, e aceitou, o convite para ser executivo de futebol do Santos antes mesmo se pendurar as chuteiras. O volante, então, não esperou o fim da temporada da equipe para começar a trabalhar nos bastidores.

A Gazeta Esportiva apurou que Renato já apresentou ao clube uma lista de aproximadamente 20 nomes de possíveis reforços para 2019. Os jogadores em questão foram selecionados pessoalmente por Renato e são vistos como oportunidade de mercado, pois a maioria está dentro da filosofia do ‘bom e barato’.

O Peixe correr contra o tempo para anunciar o nome do técnico do time para o ano que vem. Após isso, a ideia é apresentar essa lista formulada por Renato, para que a peneira seja feito de acordo com as convicções do futuro comandante.

Renato usou toda sua experiência no futebol e relação de amizade com alguns atletas para apresentar as opções à diretoria santista. O ídolo, e agora cartola, porém, espera contar com uma ajuda profissional mais sofisticada.

O Santos tem, atualmente apenas três funcionários trabalhando no departamento de análise e desempenho, o chamado scout. Um deles é responsável pelos vídeos, ou seja, ficam apenas dois para colher e detalhar possíveis reforços.

Para otimizar o tempo e facilitar o próprio trabalho de intermediação e busca por novos jogadores, Renato pretende turbinar o departamento, inserindo pelo menos um scoutprofissional.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Santos quer Thiago Neves para liberar Bruno Henrique para o Cruzeiro


Corinthians também deseja o meia do time mineiro; vice-presidente do Cruzeiro diz que jogador não é inegociável

Por Globoesporte.com


O Santos tem interesse em Thiago Neves, do Cruzeiro, e estuda envolver Bruno Henrique, alvo dos mineiros, em uma troca. O meia também está na mira do Corinthians.

O Cruzeiro já se manifestou publicamente e é quem tem sido mais incisivo no desejo de contratar Bruno Henrique, que é um dos jogadores do Santos mais assediados no mercado – o Flamengo foi outro a sondar o atacante.

O Santos vê em Bruno Henrique uma possibilidade de gerar caixa (o presidente José Carlos Peres chegou a falar em "fazer leilão") ou de trocar por um jogador de peso, caso de Thiago Neves. A diretoria santista está atrás de um meio-campista no mercado e vê no cruzeirense uma ótima oportunidade de negociação, apesar de aguardar o acerto com um técnico.

Santos tem interesse em Thiago Neves, do Cruzeiro — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O vice-presidente do Cruzeiro, Itair Machado, afirmou que Thiago Neves não é inegociável, desde que a proposta seja boa para o Cruzeiro. É exatamente o que o Santos pensa sobre Bruno Henrique, que viveu um 2018 marcado por lesões e não repetiu o bom futebol de 2017.

– Depende do atleta. Ele tem mais um ano de contrato. Da parte dele, não procurou o Cruzeiro para nada. Pelo contrário, disse que está feliz em Belo Horizonte. O que a gente vê é pela imprensa, que Corinthians, Grêmio e Flamengo querem. Alguns times querem, mas têm que procurar o Cruzeiro, que tem contrato com ele. O Cruzeiro não tem interesse em desfazer do atleta, a não ser que ele queira ir e, em contrapartida, seja uma coisa boa para o Cruzeiro. Conversei com o procurador dele, que garantiu não ter recebido nada. O Cruzeiro também não recebeu nada – disse Itair Machado.

Recentemente, Bruno Henrique confirmou sondagens no mercado, mas afirmou que permaneceria no Santos. O atacante está em período de férias em Belo Horizonte, sua cidade natal.

– Existem clubes de dentro e fora do Brasil, mas não estou preocupado agora em pensar no futuro. Meu futuro é no Santos. Deixo para meu empresário. Tenho contrato e quero permanecer. Vou ficar – afirmou o atacante.

Bruno Henrique, do Santos, interessa ao Cruzeiro — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Bruno Henrique foi contratado pelo Santos do Wolfsburg, da Alemanha, em 2017 por R$ 13,5 milhões. Nesta temporada, atuou em 34 jogos, marcou dois gols e deu duas assistências.

Santos cogita contratação de novo diretor após sugestão de Renato


Santos pode contratar novo diretor; Gallo é opção (Foto: Bruno Cantini/Atlético)

O Santos cogita contratar um novo diretor de futebol após sugestão de Renato, anunciado como executivo em setembro.

Recém-aposentado, Renato acredita que é necessário ter uma figura entre ele e o presidente José Carlos Peres. Este poderia ser o gerente Sergio Dimas, mas o profissional não participa diretamente de negociações.

Duas opções estão na mesa de Peres: Alexandre Gallo, demitido do Atlético-MG em outubro, e Anderson Barros, do Botafogo, amigo de Renato e responsável pela volta ao Brasil depois da passagem pelo Sevilla-ESP.


Peres e seus pares acreditam que o atual organograma do departamento de futebol é suficiente, mas analisam a sugestão de Renato e esperam pelos primeiros dias do planejamento de 2019 para saber se há a necessidade.

O principal objetivo do momento é substituir o técnico Cuca. Abel Braga é o preferido, mas aguarda pelo Flamengo e monitora a situação do Palmeiras. Roger Machado e Zé Ricardo são algumas das alternativas.

Sem resposta, Peres espera por Abel, mas sofre pressão por outros nomes


Santos quer anunciar o novo treinador até o final da semana (Crédito: Fluminense FC) 

O presidente José Carlos Peres esperava uma resposta do técnico Abel Braga ainda nesta quarta, mas ela não veio e agora o mandatário, que deseja aguardar pelo ex-treinador do Fluminense, começa a sofrer pressão por outros nomes. 

O principal mandatário santista ainda quer esperar Abel pelo menos até o final da semana, por isso, sequer conversou com qualquer outro nome até o momento. No entanto, os membros do Comitê de Gestão começam a pressionar o presidente por agilidade na contratação do plano A ou o início de negociações com outros alvos, entre eles Roger Machado, ex-técnico do Palmeiras. 

A cada dia que passa o planejamento santista para a temporada de 2019 vai ficar mais atrasado. A cúpula santista espera ser capaz de anunciar o novo treinador até o final da semana e o executivo de futebol Renato, em entrevista ao jornal A Tribuna, disse que espera a aprovação do novo comandante para contratar nomes que já estão apalavrados. Por Diario do Peixe

Cruzeiro insiste por troca com Bruno Henrique; Santos espera técnico

Cruzeiro insiste por Bruno Henrique (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O Cruzeiro está totalmente empenhado em contratar Bruno Henrique, do Santos, para 2019. O Peixe, em contrapartida, não avança nas negociações por causa da indefinição sobre o substituto de Cuca. 

A Raposa oferece uma lista de jogadores e aceita pagar uma compensação financeira de acordo com quem interessar ao Alvinegro. Por exemplo: se o novo treinador quiser apenas um atleta, o valor precisará ser maior.

Bruno Henrique é desejo antigo e faz o Cruzeiro cogitar envolver até Thiago Neves, titular absoluto. Sonho do Santos, De Arrascaeta não será cedido sob nenhuma hipótese. Outros jogadores estão disponíveis para a negociação: Manoel, Bruno Silva, Mancuello, Lucas Romero, Rafael Sóbis e Sassá.

Além do Cruzeiro, Atlético-MG e Flamengo já demonstraram interesse. O atacante santista, porém, planeja 2019 na Vila Belmiro.

Não existe isso de sete clubes (como o presidente José Carlos Peres falou). Existem clubes atrás, mas não são sete. Meu futuro é no Santos, tenho contrato e quero permanecer. Vou ficar. São boatos que surgem, ele é o presidente do time e fala o que quiser. Há clubes atrás, mas não sete”, disse Bruno Henrique, durante o jogo beneficente “Natal sem fome”, na Vila Belmiro, na noite da última terça-feira.

“Existem clubes de dentro e fora do Brasil, mas não estou preocupado agora em pensar no futuro. Meu futuro é no Santos. Deixo para meu empresário. Tenho contrato e vou ficar”, completou.

Bruno Henrique é de Belo Horizonte e a proximidade com a família é um fator positivo. O camisa 11 passará as férias em Minas. Por Gazeta Press

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Corinthians e Flamengo sondam Gabigol, mas atacante prioriza volta à Inter de Milão


Emprestado ao Santos, atacante também teve contatos "menos incisivos" de Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras

Por Globoesporte.com

O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, de saída do Santos, recebeu sondagens de cinco clubes brasileiros nas últimas semanas. As mais incisivas partiram do Corinthians e de representantes de duas das chapas que disputam a eleição no Flamengo no próximo sábado. Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras também buscaram informações sobre Gabigol.

Artilheiro do Campeonato Brasileiro com 18 gols, Gabigol tem contrato com a Inter de Milão e atuou nesta temporada pelo Santos por empréstimo. Gabriel, porém, não ficará na Vila Belmiro.

A prioridade de Gabigol, de 22 anos, é permanecer na equipe italiana – e o planejamento, por ora, é se apresentar ao clube no dia 7 de janeiro.

Uma conversa com a diretoria da Inter de Milão definirá o futuro do atacante. Se ele não for aproveitado, o plano será buscar uma nova equipe na Europa, seja por empréstimo ou numa transferência definitiva.


Gabigol foi artilheiro do Brasileiro e não ficará no Santos — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jogar mais uma temporada no Brasil não está descartado. Explorar mercados como o da China ou de países árabes não está nos planos.

Se optar por ficar no Brasil, o Flamengo leva vantagem sobre o Corinthians, já que Gabigol não se vê atuando por um rival do Santos, onde foi formado.

Nas últimas semanas, intermediários tentaram uma aproximação com Gabigol em nome do Corinthians, mas as negociações não evoluíram.

Membros das duas chapas consideradas favoritas na eleição do Flamengo, encabeçadas por Ricardo Lomba e Rodolfo Landim, conversaram com representantes do atacante para saber a situação contratual e possibilidades de negócio.

Nesta semana, durante premiação dos melhores do Brasileiro, Gabigol admitiu vontade de defender o Flamengo, mas sem prazo para cumprir esse desejo:

– Tenho vontade de jogar no Flamengo, só não sei quando isso vai acontecer. Tenho contrato com a Inter de Milão, volto para lá em janeiro e, depois, a gente pode conversar com calma.

Sempre que questionado sobre o futuro, o atacante tem saído pela tangente. Nesta quarta, em evento de um patrocinador, em São Paulo, comentou sobre o interesse de outras equipes:

– Meu contrato é da Inter, vou respeitar isso. Agradeço as especulações, não sei se é verdade, mas ter meu nome em alguns times me deixa honrado. O que eu sei é volto pra Inter, depois a gente conversa e vê o que é melhor.

Gabriel foi contratado pela Inter de Milão por cerca de 27 milhões de euros (aproximadamente R$ 100 milhões, à época) em 2016, pouco depois de conquistar a medalha de ouro na Olimpíada do Rio. O contrato com os italianos vale até 2021.


Com pouco espaço, foi emprestado ao Benfica e, ainda sem corresponder, voltou ao Santos no começo deste ano – o clube da Vila Belmiro pagou 1,7 milhão de euros (R$ 6,6 milhões) pelo empréstimo.

A diretoria santista chegou a traçar planos para manter o jogador – um cálculo de cerca de R$ 40 milhões para uma transferência definitiva –, mas esbarrou nos cofres vazios e na vontade de Gabigol de se firmar na Europa.