No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 21 de março de 2019

Alison evolui após corte no pé, e Santos corre para recuperá-lo para o mata-mata do Paulistão

Volante perdeu os dois últimos jogos do Peixe, que já não conta com Cueva, Soteldo e Derlis González em decisão contra o RB Brasil

Por Globoesporte.com

O Santos espera contar com o retorno do volante Alison na partida contra o RB Brasil, neste fim de semana, pela ida das quartas de final do Campeonato Paulista.

Alison desfalcou o Santos nos dois últimos jogos, contra Novorizontino e Botafogo-SP, por conta de um corte no pé direito. A lesão ocorreu há exatamente uma semana, durante treinamento no CT Rei Pelé. O volante levou um ponto no local.

Nos últimos dias, Alison treinou separado do restante dos companheiros e foi preservado do duelo em Ribeirão Preto. Ele melhorou, mas depende de avaliações para poder ser escalado para o duelo contra o RB Brasil.

Alison precisa se recuperar de corte no pé para atuar no mata-mata 
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos luta para recuperá-lo a tempo para não ter mais uma baixa confirmada para o jogo de ida das quartas de final. O Peixe já não conta com Cueva, Soteldo e Derlis González, convocados por Peru, Venezuela e Paraguai, respectivamente, além de Lucas Veríssimo, expulso contra o Botafogo.

Caso não tenha Alison, Sampaoli tem Yuri e Jean Lucas como opções. O elenco do Peixe fará trabalhos regenerativos em Ribeirão Preto nesta quinta-feira. Os atletas voltam a trabalhar no CT Rei Pelé na sexta-feira.

As datas da partida contra o RB Brasil serão definidas em congresso técnico da Federação Paulista de Futebol nesta quinta-feira, em São Paulo.

Sampaoli confirma devolução de salário e pede diretoria “à altura do Santos”

Sampaoli fala após a goleada para o Botafogo-SP (Ivan Storti)

O técnico Jorge Sampaoli confirmou a devolução do seu salário ao Santos. Como a comissão recebeu e o elenco não, o argentino optou por não ficar com o dinheiro. A informação foi antecipada pela Gazeta Esportiva na última segunda-feira.

O treinador disse que a diretoria precisa estar à altura da história do clube para resolver o problema financeiro. Os salários de fevereiro não foram pagos e há atraso de dois meses no direito de imagem.

“A condição financeira do clube não tenho motivo para saber. Cheguei com o conhecimento do elenco, da necessidade que tinha, da necessidade da equipe. É uma realidade que o clube tinha que resolver. Santos é um clube de grande história, e o clube tem que estar à altura, os dirigentes também”, disse Sampaoli, em entrevista coletiva depois da goleada sofrida para o Botafogo-SP, nesta quarta-feira. 

“Sobre os salários, a comissão recebeu e qualquer um teria feito o mesmo (de devolver). Tem que pagar o salário na mesma data para todos”, completou.

O Santos terminou a primeira fase como segundo colocado do Grupo A e terceiro no geral, atrás de Palmeiras e Red Bull Brasil. O RB será o adversário nas quartas de final. A Federação Paulista definirá em congresso técnico na manhã desta quinta-feira as datas, horários e mandos As partidas de ida serão no sábado e domingo. E as de volta na terça e quarta. Por Gazeta Press

Sasha vê derrota justa do Santos e fala em “erguer a cabeça” antes do mata-mata

Eduardo Sasha, um dos reservas na goleada de 4 a 0 sofrida pelo Santos diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, vê derrota merecida e pede para o time erguer a cabeça antes do mata-mata.


O Peixe enfrentará o Red Bull, melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista, nas quartas de final. O Alvinegro decidirá fora de casa.

“Independentemente do time que entra, cada um tem que mostrar seu valor. Entrosamento atrapalha, mas temos que compensar na vontade. Agora é ver o que erramos, merecemos a derrota. É erguer a cabeça”, disse Sasha, ao Premiere.

“Temos jogo importante no fim de semana e temos tudo para retomar e fazer um bom jogo”, completou.

A Federação Paulista definirá em congresso técnico na manhã desta quinta-feira as datas, horários e mandos das quartas. A partida de ida será sábado ou domingo.

Santos reserva joga mal, é goleado pelo Botafogo-SP e cai para 3º

O time reserva do Santos jogou muito mal e perdeu por 3 a 0 para o Botafogo na noite desta quarta-feira, em Ribeirão Preto, pela 12ª e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Os gols foram marcados por Rafael Silva (3) e Plínio.

Com a derrota, o Peixe fechou a etapa inicial do Estadual na segunda colocação do Grupo A e terceiro no geral, ultrapassado pelo Palmeiras e atrás do líder Red Bull Brasil, seu adversário das quartas de final – o Alvinegro decidirá fora de casa.

O Botinha ultrapassou Mirassol e Bragantino e se livrou do rebaixamento. A equipe do interior foi lanterna do Grupo D, com 11 pontos.

O Santos jogará a ida das quartas de final do Paulistão no Pacaembu, no próximo final de semana. Um congresso técnico na Federação Paulista de Futebol nesta quinta-feira definirá a data da partida – sábado ou domingo.

Time reserva do Santos não funcionou em Ribeirão Preto 
(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O JOGO

Seria normal o Santos, completamente reserva, não começar bem o jogo contra o Botafogo em Ribeirão Preto. Mas um início tão ruim nem o torcedor mais pessimista esperava.

Logo no primeiro minuto, Copete errou na saída da defesa, o Botafogo martelou pelo alto e abriu o placar com Rafael Costa. E o Peixe não reagiu depois da bola balançar as redes.

Os donos da casa seguiram em cima e empilharam chances contra um assustado Peixe. Aos 18, veio o segundo. Após ponte aérea em escanteio, Plínio desviou, sozinho na pequena área.

Com três zagueiros e três volantes, o Alvinegro foi frágil na defesa e inofensivo no meio-campo. A única chance chegou no minuto 43, quando Gustavo Henrique acertou o travessão.

VIROU PASSEIO

Sampaoli desfez a linha de três zagueiros e sacou Luiz Felipe para a entrada de Rodrygo. Não funcionou e o terceiro gol veio logo aos cinco minutos.

Como num fim de pelada, a defesa do Santos ficou toda exposta em contra-ataque e Rafael Costa chutou por baixo de Vanderlei para marcar o segundo dele.

Com 0-3 no placar, o Peixe se desorganizou mais ainda e abusou da ligação direta para tentar reagir. O time até levou perigo com Eduardo Sasha e Jean Lucas, mas foi pouco. E aos 32, na expulsão de Lucas Veríssimo após o segundo cartão amarelo, qualquer chance de pontuar acabou.

E ainda deu tempo de Rafael Costa fazer seu hat-trick. Centroavante, sozinho contra a exposta defesa santista, deslocou Vanderlei e fechou o placar aos 43 minutos. Goleada e vexame alvinegro.

FICHA TÉCNICA
Botafogo-SP 4 x 0 Santos

Data: 20 de março de 2019 (quarta-feira)
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Arbitragem: Raphael Claus
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Cartões amarelos: Botafogo-SP: Pará. SANTOS: Lucas Veríssimo e Matheus Ribeiro
Cartão vermelho: Lucas Veríssimo

GOLS:
Botafogo: Rafael Costa e Plínio, aos 1 e 18 minutos do 1T; Rafael Costa, aos 5 e 43 do 2T.

BOTAFOGO-SP: Darley, Bruno José (Evandro), Naylhor, Plínio e Pará; Willian Oliveira, Marlon Freitas e Nadson (Wellington Bruno); Rafael Costa, Felipe Saraiva e Erick (Ednei)
Técnico: Roberto Cavalo

SANTOS: Vanderlei, Matheus Ribeiro, Luiz Felipe (Rodrygo), Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Copete; Yuri, Jean Lucas (Felipe Jonatan) e Diego Pituca; Eduardo Sasha e Felippe Cardoso (Orinho)
Técnico: Jorge Sampaoli

quarta-feira, 20 de março de 2019

Botafogo-SP x Santos: tudo o que você precisa saber sobre o jogo da rodada #12

Veja escalações, desfalques, pendurados, arbitragem e transmissão da partida desta quarta-feira, em Ribeirão Preto

Por GloboEsporte.com 

Guilherme Faria

Botafogo-SP e Santos chegam para a última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista em situações bastante diferentes. Enquanto o Peixe já está classificado às quartas de final, o time da casa luta contra o rebaixamento no estadual.

O jogo terá transmissão ao vivo no Premiere para todo o Brasil, com narração de Linhares Junior e comentários de Sergio Xavier. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos.

Apesar da classificação antecipada, o Santos ainda precisa da vitória para tentar avançar como líder do Grupo A, já que o Peixe foi ultrapassado pelo RB Brasil na última rodada e precisa de uma combinação de resultados para retomar a ponta.

Do outro lado, o Pantera joga a permanência na Série A1 do Campeonato Paulista. Com oito pontos ganhos, o time ocupa 14ª colocação. O São Caetano, 15º (primeiro clube na zona do descenso), está um ponto atrás. Vencer é a única maneira de afastar qualquer risco de rebaixamento sem depender de outras equipes.

O Botafogo, porém, não consegue superar o Santos desde o Paulistão de 2001, quando venceu por 2 a 1, de virada, o time de Deivid (que marcou um gol) e Dodô. O Pantera tinha Leandro Guerreiro no ataque e Doni no gol.


Foto: Infografia

Botafogo-SP - Técnico: Roberto Cavalo

O time do técnico Roberto Cavalo não tem nenhum desfalque. Mas o treinador costuma mudar a formação de acordo com o adversário. Com a volta de Felipe Saraiva, que cumpriu suspensão automática, o comandante deve abandonar a formação com três zagueiros.

Com isso, o zagueiro Ednei pode perder lugar no time titular para o retorno do meio-campista. Cavalo ainda tem a opção de manter a formação de três zagueiros, mas teria de sacar um meia, provavelmente Nadson, para o retorno de Saraiva.

Quem está fora: Wellington Bruno (machucado).

Pendurados: Pará.


Provável escalação do Botafogo-SP para jogo contra o Santos, pelo Paulistão  
Foto: Globoesporte.com


Santos - Técnico: Jorge Sampaoli

Mesmo com a necessidade da vitória para tentar retomar a liderança, o técnico Jorge Sampaoli deve levar um Santos quase todo reserva a campo nesta quarta-feira. Assim, apenas dois titulares devem ir a jogo: Gustavo Henrique e Diego Pituca.

Na zaga, Gustavo Henrique formará um trio defensivo, ao lado de Luiz Felipe e Lucas Veríssimo, que fará sua primeira partida no ano. Os laterais Matheus Ribeiro e Orinho devem jogar mais avançados, como alas. Na frente, Kaio Jorge pode jogar com Arthur Gomes.

Quem está fora: Derlis González, Cueva, Soteldo e Jackson Porozo (convocados por suas respectivas seleções).

Pendurados: Felippe Cardoso, Luiz Felipe e Felipe Aguilar.


Provável escalação do Santos contra o Botafogo-SP — Foto: GloboEsporte.com

Luiz Felipe aposta na força do elenco do Santos nesta quarta



O zagueiro Luiz Felipe destaca a importância de o Santos apresentar alguma variação tática (Crédito: Diário do Peixe)

A decisão do técnico Jorge Sampaoli de poupar grande parte dos titulares do Santos na partida desta quarta-feira, às 21h30min, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto, não preocupa o zagueiro Luiz Felipe. O jogador afirmou que é momento dos substitutos provarem a força do grupo e aproveitarem a oportunidade para mostrarem ao técnico Jorge Sampaoli o potencial em campo.

“Sabemos que vão fazer falta porque são jogadores decisivos (os selecionáveis), mas é hora de mostrar a força do grupo. São jogos que a gente gosta de jogar e agora outros jogadores vão ter oportunidade para mostrar a força do nosso grupo”, disse.

Luiz também citou que os adversários estão mais ligados no estilo de jogo do treinador argentino e explicou que será necessário surpreende-los variando o esquema tático.

“Infelizmente, os jogos vão ficando cada vez mais difíceis. Temos que continuar surpreendendo e variando. As equipes já sabem como a gente joga e vão tentar fazer o que o Novorizontino e o Ituano fizeram e vai ficar mais difícil para nós”, explicou. Por Diário do Peixe

Vitor Bueno joga 80 minutos em oito meses pelo Dínamo e frustra o Santos

Vitor Bueno não é utilizado na Ucrânia e frustra o Santos (Divulgação)

Vitor Bueno não tem tido vida fácil no Dínamo de Kiev. O meia-atacante atuou por 80 minutos em quase oito meses e nem sequer foi relacionado para partidas oficiais em 2019.

Depois da chegada à Ucrânia, Bueno jogou contra Chornomorets, Desna e Mynai entre agosto e outubro do ano passado. Três partidas saindo do banco de reservas e sem marcar gol ou dar assistência.

A relação com o técnico Alyaksandr Khatskevich não é boa e as chances custam a chegar, mas o brasileiro pretende permanecer em Kiev. A janela europeia está fechada e não há a intenção de retornar ao Brasil agora.

Insucesso frustra o Santos

Vitor Bueno foi trocado por Derlis González em contrato até junho de 2020, com valor de compra fixado em 10 milhões de euros. E enquanto o brasileiro não vai bem na Ucrânia, o paraguaio tem sido destaque no Peixe. Por Gazeta Press

Mesmo com a quantia alta para a compra, a expectativa da diretoria alvinegra era ver Bueno bem para uma troca simples com Derlis. Neste momento, essa possibilidade é irreal e o atacante já recebeu sondagens do futebol europeu para ser negociado na próxima janela, em junho.

terça-feira, 19 de março de 2019

Sampaoli esboça Santos quase todo reserva para pegar o Botafogo-SP

Kaio Jorge deve ser titular do Santos (Ivan Storti)

O técnico Jorge Sampaoli esboçou um Santos quase todo reserva para enfrentar o Botafogo nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Ribeirão Preto, pela 12ª e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Gustavo Henrique e Diego Pituca foram os únicos titulares na formação treinada na manhã desta terça, no CT Rei Pelé. O goleiro João Paulo, o zagueiro Lucas Veríssimo e o atacante Kaio Jorge devem sair jogando pela primeira vez na temporada.

A provável escalação é: João Paulo, Matheus Ribeiro, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Orinho; Yuri, Jean Lucas e Diego Pituca; Arthur Gomes e Kaio Jorge.

O Santos precisa vencer e torcer por um tropeço do Red Bull Brasil para terminar como líder e ter a vantagem de decidir em casa nas quartas de final. A equipe de Campinas enfrentará o Guarani.

Atraso de salário e relação com empresário afastam Pato do Santos


Santos não desiste, mas está longe de Pato (Foto: AFP)

O Santos mantém o interesse em Alexandre Pato, livre após rescindir o contrato com o Tianjin Tianhai, da China, mas dois motivos principais afastam o atacante da Vila Belmiro.

O primeiro é a situação financeira do Peixe. O clube deve salário e não inspira confiança para negociar com quem receberia um dos maiores salários do elenco. Depois de sofrer com atrasos na China, Pato quer estabilidade nesse sentido.

O segundo é a relação ruim entre o presidente José Carlos Peres e o empresário André Cury. Dois negócios recentes fracassaram: com o volante Ronaldo e também com o atacante Lucas Venuto. O agente questiona a inconsistência do dirigente, com mudanças repentinas durante as tratativas. Peres, porém, reclama das pedidas absurdas do representante de Pato.

Como Peres está na Ásia, o principal responsável pelas negociações é o gerente jurídico Rodrigo Gama. O gerente Gabriel Andreata também ajuda na procura por reforços.

Concorrência

O Santos tem a concorrência de Palmeiras e São Paulo. Ambos os clubes aceitam oferecer mais que o Peixe, mas os técnicos Luiz Felipe Scolari e Cuca têm restrições.

Pato gostou da conversa com o técnico Jorge Sampaoli, porém, teme pela situação financeira do Alvinegro e gosta da ideia de atuar por outro clube de São Paulo sem ser o Corinthians.

O Santos aceita pagar, no máximo, 500 mil por mês e acenou com luvas de R$ 3 milhões. Alexandre Pato não se vê em outro lugar a não ser o Brasil e, mais precisamente, o estado de São Paulo. O futebol carioca não está descartado.

Sivasspor demonstra interesse na compra de David Braz, do Santos

Sivasspor quer comprar David Braz (Divulgação)

O Sivasspor-TUR quer comprar David Braz, do Santos. O zagueiro está emprestado até 31 de maio e seu contrato com o Peixe vai até fevereiro de 2020.

O valor de compra fixado no acordo com Braz é de 2 milhões de euros (R$ 8,6 mi). Como o defensor de 31 anos voltaria a três meses da possibilidade de um pré-contrato para sair de graça, o Sivasspor pretende oferecer bem menos.

Os representantes de David Braz entraram em contato com o Alvinegro e solicitaram um valor para negociar com o Sivasspor, mas ainda não não obtiveram uma resposta.

O Santos não tem interesse no retorno do zagueiro e vê com bons olhos a saída, mesmo que por uma baixa quantia, por causa da economia dos salários – o Sivasspor paga os vencimentos integralmente.

David Braz foi liberado logo após a chegada de Cuca, em agosto de 2018. O veterano, além de limitações técnicas na visão do técnico, era uma má influência ao elenco. A diretoria concordou e não dificultou a saída à época.

segunda-feira, 18 de março de 2019

Iker Casillas diz que Santos é seu time favorito no Brasil em desafio de rede social

Goleiro do Porto listou suas equipes preferidas em dez países diferentes

Por GloboEsporte.com 

O goleiro Iker Casillas, capitão da Espanha na conquista da Copa do Mundo de 2010, e atualmente no Porto, de Portugal, elegeu o Santos como sua equipe preferida no Brasil. Ele participou de uma brincadeira que tomou as redes sociais nos últimos dias.

Por meio de seu perfil no Twitter, o jogador postou sua equipe favorita em dez países diferentes. Declarou ser fã, por exemplo, do Boca Juniors, na Argentina, e do Newcastle, na Inglaterra.


Casillas joga no Porto, de Portugal — Foto: Reprodução/Twitter

Além de participar da brincadeira, Casillas desafiou outros três jogadores a listarem seus clubes: Miguel Layun, do Monterrey-MEX, Antonio Adan, do Atlético de Madrid, e Sergio Busquets, do Barcelona. Veja:



Cuál es tu equipo favorito en... 

Real Madrid
Schalke 04
Newcastle
Nápoles 
Marsella
Ajax
Porto
Santos
Boca
Cruz Azul

Em meio a atraso para o elenco, Sampaoli pode devolver salário ao Santos

Sampaoli está incomodado com atraso de salário no Santos (Ivan Storti)

O técnico Jorge Sampaoli está incomodado com o atraso de salário no Santos – fevereiro ainda não foi pago e os atletas com direito de imagem não recebem há dois meses.

Sampaoli conversará com a diretoria e, se o Peixe não puder pagar nos próximos dias, devolverá seu salário até que o elenco receba. Comissão técnica, demais funcionários e jogadores da base estão com o dinheiro na conta.

A expectativa do Alvinegro, porém, é honrar com seus compromissos nas próximas horas. Com dificuldades financeiras e contas bloqueadas na Justiça, o clube deve recorrer, mais a uma vez, a empréstimo bancário.

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira, o zagueiro Luiz Felipe minimizou o atraso de salário antecipado pela Gazeta Esportiva. 

“Desde quando eu cheguei, atrasou poucas vezes. Do ano passado para cá, não me recordo. Esse mês atrasou alguns dias, teve feriado, a princípio falaram que era até sexta, depois teve imprevisto. Não é problema, atrasar alguns dias é normal”, disse Luiz Felipe.

Outro problema é a rescisão contratual de funcionários. Profissionais desligados nas últimas semanas e há meses ainda não receberam seus direitos e conversam para acionar o clube na Justiça.