No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 8 de agosto de 2015

Santos faz 3 a 0 no Coritiba e se distancia da zona de rebaixamento



O Santos fez boa atuação e venceu o Coritiba por 3 a 0 na noite deste sábado (8), na Vila Belmiro. O resultado fez com que o time comandado por Dorival Junior se distancie da zona de rebaixamento do Brasileirão, que chegou a assustar nas últimas rodadas. O Coritiba, porém, fica na lanterna da tabela e mantém poucas esperanças de mudar o próprio cenário na competição. 

A partida contou com grande exibição do atacante Geuvânio. Ele marcou o primeiro gol, marcaria o segundo - que acabou sendo gol contra de Iván - e deu assistência para o terceiro. O Santos consegue repetir, novamente com Dorival Junior, o placar de 3 a 0 aplicado há um mês contra o Figueirense, que até aqui foi o melhor do time no Brasileirão. 

SANTOS 3 X 0 CORITIBA

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/Hora: 8/8/2015 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (SC)

Cartões amarelos: João Paulo (CTB), Lucas Lima (SAN), Ruy (CTB), Ivan (CTB), Juninho (CTB)
Cartões vermelhos: não houve.
Gols: Geuvânio 19'/1T (1-0), Ivan (contra) 43'/1T (2-0), Ricardo Oliveira 14'/2T (3-0)

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique, Zeca; Thiago Maia (Elano), Renato (Paulo Ricardo), Lucas Lima, Geuvânio (Neto Berola), Gabigol e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

CORITIBA: Wilson, Ivan (Juan, intervalo), Leandro Silva, Rafael Marques, Juninho, João Paulo, Alan Santos (Thiago Galhardo), Ruy, Evandro, Rafael Lucas e Henrique Almeida (Fabrício). Técnico: Ney Franco.

Primeiro tempo
O jogo começou com marcação apertada e desarmes duros. Uma entrada deixou Geuvânio sentindo dores no chão, mas sem lesão. Com dez minutos de partida, já havia três cartões amarelos no jogo. No início, também, Gabriel Barbosa quase abriu o placar para o Santos ao receber na pequena área e finalizar na trave. Na sequência, Geuvânio marcou a seu estilo: avançou pela direita, cortou para dentro e finalizou forte de pé esquerdo, abrindo o placar. No fim da primeira etapa, Gabriel fez jogada novamente pela direita, passou para Lucas Lima, que cruzou e viu Iván marcar contra: 2 a 0 para o Santos.

Segundo tempo
Geuvânio participou dos três gols. No início do segundo tempo o atacante santista fez mais uma jogada pela ponta direita e cruzou rasteiro para Ricardo Oliveira finalizar e marcar. O artilheiro chegou a 10 gols no Brasileirão. O Santos ainda fez muita pressão para tentar aumentar o placar e em nenhum momento reduziu a intensidade de jogo. O técnico Dorival Junior ainda intensificou as forças ofensivas ao colocar Neto Berola no ataque e criar mais espaços para criar jogadas.

DESTAQUES
Por pouco, GeuvânioGeuvânio até comemorou, mas não conseguiu marcar o segundo gol do Santos. O cruzamento de Lucas Lima foi para ele que, por alguns centímetros, não conseguiu finalizar. Por sorte santista, Iván, do Coritiba, colocou a bola para dentro do próprio ao tentar impedir que Geuvânio finalizasse.

Maior vitória santista
Os 3 a 0 sobre o Coritiba fazem com que o Santos repita o melhor placar que teve até aqui no Brasileirão. A outra vitória pelo mesmo placar foi contra o Figueirense, em 11 de julho, exatamente na reestreia de Dorival Junior pela equipe.

Uol Esporte

Nenhum comentário: