No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Após Thiago Maia e Caju, Santos segue ameaçado por franceses no mercado



O Santos perdeu dois jogadores para o futebol francês nesta janela de transferências internacional. Após negociar o volante Thiago Maia em definitivo e o lateral Caju por empréstimo ao Lille a diretoria santista luta contra o assédio de outros clubes da França em seus jogadores.

Além da dupla, o clube acredita que mais quatro jogadores estão ou pelos menos estavam na mira dos franceses – Lucas Veríssimo, Zeca, Jean Mota e Matheus Ribeiro.

A "bola da vez" do futebol francês é o zagueiro Lucas Veríssimo. O Saint-Éttiene tem interesse no jogador. Intermediários levaram uma proposta de 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) pelo defensor, mas o Santos recusou.

A diretoria santista considera Lucas Verrísimo o melhor zagueiro do elenco atualmente e avaliou o atleta em 7 milhões de euros (cerca de R$ 25 milhões). Ao lado de um empresário com trânsito no futebol francês, um membro da comissão técnica do Saint-Éttiene acompanhou alguns jogos do zagueiro neste mês.

"Eu não me preocupo com isso. Um dia após o outro e é isso que vou pensar", afirmou Veríssimo ao ser questionado sobre a proposta do futebol europeu nesta semana.

Além de Verrísimo, os franceses também demonstraram interesse em Jean Mota, meia que tem atuado improvisado como lateral-esquerdo. Recentemente, o Santos recusou uma proposta de empréstimo do Al Shabab, da Árabia Saudita, por Jean Mota. O clube árabe ofereceu US$ 500 mil (R$ 946 mil) ao clube paulista e salários de R$ 300 mil ao atleta.

Temendo perder a dupla para os franceses, o Santos renovou o contrato deles até 2022, com direto a reajuste salarial.

Se não bastasse, o lateral ambidestro Zeca, campeão olímpico, foi sondado pelo PSG, da França, recentemente, mas nenhuma proposta oficial chegou ao clube paulista. No ano passado, o Santos recebeu uma proposta do Atlético de Madri, da Espanha, mas recusou.

Além destes casos, o também lateral ambidestro Matheus Ribeiro esteve perto de trocar o Santos pelo futebol da França. O jogador seria emprestado ao Amiens SC, clube que subiu recentemente para a primeira divisão do futebol francês, mas divergência entre os clubes nos valores do empréstimo "melou" o negócio. Uol

Nenhum comentário: