No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 20 de junho de 2017

Desfalcado, Santos pega o Vitória para colar nos líderes do Brasileiro

Mesmo com o empate em 0 a 0 com a Ponte Preta, no último sábado, no Pacaembu, o Santos ganhou uma posição na tabela e entrou no G4 do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, a equipe comandada por Levir Culpi ainda não passou total confiança aos torcedores e também não deslanchou no torneio nacional. Nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), contra o Vitória, no Barradão, o Peixe terá pela frente um ‘teste’ que mostrará se o elenco alvinegro tem condições de brigar pelo topo.

Afinal, o Santos terá os desfalques de quatro titulares diante do time baiano: Lucas Lima, Thiago Maia, Zeca e Ricardo Oliveira. O camisa 10 é quem mais surpreende. O meia, que há duas rodadas retornou à equipe após se recuperar de lesão no músculo posterior da coxa direita, voltou a ser vetado por conta de uma forte gripe. Com isso, Vitor Bueno será o titular na função de armador.

Já Thiago Maia era desfalque certo. O volante levou o terceiro cartão amarelo contra a Ponte e cumpre suspensão automática. O provável substituto seria Leandro Donizete. Porém, o experiente jogador pediu dispensa do jogo para resolver problemas particulares. Sem assim, o jovem Alison, que retornou recentemente de empréstimo do RB Brasil, ficou com a vaga.


Contra o Vitória, Levir Culpi comandará o Peixe pela terceira vez na temporada (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Por fim, Ricardo Oliveira e Zeca seguem fora. O centroavante está se recuperando de contusão no tornozelo esquerdo. A previsão do departamento médico Peixe é que o camisa 9 volte aos treinos no gramado ainda nesta semana. O mesmo vale para o lateral-esquerdo, que sente dores na panturrilha.

Apesar dos problemas, o colombiano Jonathan Copete acredita na força do elenco santista e espera um bom resultado em Salvador.

“É um grupo que sempre esteve fechado, unido. O time não baixou a guarda e fizemos bons jogos. Queremos fazer um bom torneio e desfrutar do campeonato ao longo do ano. Eu venho de um futebol diferente, em que não se é titular sempre. Não me é estranho (as mudanças no time). Temos que estar ligados para qualquer jogo”, explicou o atacante, que ‘roubou’ de Vitor Bueno o posto de titular no ataque do alvinegro.

Vitória reforçado
Se o Santos viaja para Salvador recheado de problemas, o Vitória vive situação inversa. Apesar do triunfo sobre o Sport por 3 a 1, no último domingo, na Ilha do Retiro, o Leão estava sem Kieza e Gabriel Xavier. Os dois, porém, estarão disponíveis contra o Peixe.

Recuperado de uma contusão na região póstero lateral da perna direita, o atacante treinou normalmente e deve ser titular nesta quarta-feira. Já o meia volta após cumprir suspensão automática por ter sido expulso no empate com o Botafogo.

Após desfalcar o Leão contra o Sport, o artilheiro Kieza está de volta ao time de Alexandre Gallo (Foto: Mauricia da Matta/ Vitória EC)

Além dos reforços, o Vitória também conta com a força do Barradão para bater o Alvinegro da Vila. Dos 17 jogos que fez no estádio nesta temporada, o Leão venceu 14 vezes, empatou duas e sofreu somente uma derrota. No Brasileirão, o time derrotou o Atlético MG por 2 a 0 e empatou em 2 a 2 com o Botafogo.

“Já são três jogos de invencibilidade numa competição tão difícil que é o Campeonato Brasileiro. Queremos aumentar a série invicta para atingirmos nossos objetivos. A maratona de jogos e viagens vem sendo enorme. Quem consegue sair bem nesse período costuma fazer campanhas sólidas, e é isso que estamos buscando”, disse o lateral Patric, que já marcou quatro gols contra o Santos e será titular nesta quarta.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X SANTOS

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 21 de junho de 2017, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Helton Nunes (SC)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Fred e Geferson; Fillipe Soutto, Uillian Correia e Gabriel Xavier; Neilton, David e Kieza.
Técnico: Alexandre Gallo

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Alison e Vitor Bueno; Copete, Bruno Henrique e Kayke.
Técnico: Levir Culpi

Nenhum comentário: