No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 4 de abril de 2017

Renato quer ver o Santos ‘paciente e chutando mais’ contra a Ponte



O Santos não terá missão fácil contra a Ponte Preta, na próxima segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Pacaembu. Após perder por 1 a 0 no duelo de ida, em Campinas, no último sábado, o Peixe precisa vencer por dois gols de diferença para alcançar a vaga. Em caso de vitória pelo placar mínimo, o confronto será decidido nos pênaltis.

Para o experiente Renato, o caminho para o alvinegro conquistar a classificação está resumido em dois fatores: paciência e chutes no gol. Segundo o volante, os santistas terão pela frente a Macaca fechada e apostando nos contra-ataques. Por conta disso, ele acredita que o Peixe deve ter tranquilidade para chegar até a meta de Aranha e começar a arriscar mais para reverter a vantagem.

“Quando pegamos times assim, fechados, com duas linhas de quatro, é preciso ter paciência e, às vezes, é melhor pelas laterais. Não tivemos tantas finalizações, mas a Ponte Preta não chegou na cara do Vanderlei. Eles aproveitaram o contra-ataque e ficamos mais expostos, mas chegamos pelos lados. Temos que buscar a linha de fundo e a finalização dentro da área. Temos que chutar de fora da área, Vitor, Bruno e Ricardo chutam bem, pedimos pro Lucas arriscar, e não arriscar tanto aquele passe que ele gosta. Às vezes, encontramos dificuldades contra defesas mais congestionadas”, explicou o atleta de 37 anos.

“Temos que fazer o gol na primeira oportunidade e depois abrir vantagem para não levar para os pênaltis. Nossa intenção é fazer o gol e forçar a Ponte Preta a dar mais espaços”, completou Renato. Gazeta Esportiva

Um comentário:

:.tossan® disse...

Renato,
Minha paciência já foi pro saco!