No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 15 de março de 2017

‘Mais do que apenas altitude’, The Strongest quer atacar o Santos



Quando disputam a Libertadores, os times bolivianos geralmente mostram pouca qualidade técnica e se apoiam na força da altitude de 3.660 metros acima do nível do mar de La Paz, capital do país. Porém, o The Strongest já deu demonstrações claras de que tem outros atributos e não será uma presa fácil para o Santos, no duelo desta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela segunda rodada do torneio continental.

Antes de entrar no grupo 2 da Liberta, o Tigre passou por duas fases preliminares e não tomou conhecimento de seus adversários. A primeira vítima foi o Montevideo Wanderers, que levou seis gols em duas partidas.

Logo na sequência, a equipe da Bolívia encarou o Unión Española. No jogo de ida, no Chile, o The Strongest saiu na frente e só levou no empate nos minutos finais. Porém, jogando em La Paz, os bolivianos contaram com show de Escobar e Chumacero para aplicarem um goleada de 5 a 0 e garantirem o passaporte para a chave do Santos.

“É um time com conjunto forte e que conta com esse fator da altitude. Porém, eles vão ter que descer também. Joguei lá (em La Paz), é complicado, mas será complicado aqui para eles. Temos que procurar se adaptar e vamos nos preparar para isso”, explicou o artilheiro Ricardo Oliveira.

Os bolivianos, por sua vez, afirmam que irão partir para cima do Santos mesmo jogando na Vila Belmiro. “Nossa maior virtude é jogar, sair com a bola. Sendo assim, não nos serve ficar atrás. Vamos manter nosso estilo, jogar de igual para igual, porque sabemos”, explicou o lateral-esquerdo Diego Bejarano.

“Nós temos Escobar, Chumacero… Capaz deles se preocuparem com a gente também. Teremos precaução, mas confiamos no nosso trabalho e sabemos que faremos coisas importantes”, ressaltou o atacante Matiás Alonso.

Com três pontos conquistados após a vitória por 2 a 0 sobre o Santa Fe, em La Paz, na última semana, o The Strongest lidera o grupo 2 da Libertadores. O Santos, por sua vez, tem um ponto e precisa vencer o duelo desta quinta para assumir a liderança da chave.

Nenhum comentário: