No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 11 de dezembro de 2016

Homenageado, Elano cita decisão ‘em paz ‘ e não descarta virar treinador



Elano não é mais jogador profissional de futebol. Na tarde deste domingo, aos 33 minutos do segundo tempo da vitória do Santos por 1 a 0 contra o América-MG, na Vila Belmiro, o agora ex-meia entrou pela última vez em um gramado como atleta. A partir do dia 11 de janeiro, ele começa uma nova jornada, agora como auxiliar técnico de Dorival Junior.

“Estou feliz. Foi uma tarde muito especial. Foram 16 anos de carreira. Fiquei oito aqui no Santos e foram os melhores da minha vida. Fiz o que eu mais gostava hoje que é jogar futebol. Só tenho que agradecer a Deus e agora curtir com minha família. É importante continuar no meio, tomei uma decisão em paz, estou em condições de continuar minha vida normalmente e continuar no clube.

Na nova função, Elano vai substituir Marcelo Fernandes, que foi afastado por Dorival Júnior e fez um intercâmbio na Europa, onde visitou o Barcelona. Inicialmente, o agora ex-jogador vai ficar ao lado de Lucas Silvestre e Serginho Chulapa. Apesar de não descartar assumir a função de técnico no futuro, ele acredita que não é o momento de pensar nessa questão.

“Conquistei muitos amigos, fiz várias famílias aqui no futebol, que me proporcionou tudo que eu sou. Só tenho a agradecer. Foi um ano muito positivo. Ainda não quero ser treinador. Lá pra frente eu vejo isso. E vamos continuar com trabalho, quero fazer o bem ao clube, auxiliar da melhor maneira possível. Feliz Natal e um ano novo de grande trabalho, pois sabemos que vamos ter em 2017”, concluiu Elano.

Em três passagens pelo Peixe, o ex-meia vestiu a camisa do alvinegro em 321 partidas e marcou 68 gols. Além dos títulos brasileiros em 2002 e 2004, ele já foi campeão da Copa Libertadores da América de 2011, e campeão paulista em 2011, 2012, 2015 e 2016.

Além do Santos, Elano também defendeu Inter de Limeira, Guarani, Shakhtar Donetsk, Manchester City, Galatasaray, Flamengo, Grêmio e Chennaiyin FC. Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: