No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 22 de outubro de 2016

Presidente do Santos faz 3 reuniões com Dorival e pede título brasileiro



O presidente Modesto Roma alterou sua agenda de compromissos após a eliminação do Santos na Copa do Brasil para os reservas do Internacional no meio da semana, e viajou para Porto Alegre para se reunir com o técnico Dorival Júnior e o elenco santista.

O encontro com o elenco ocorreu na manhã desta sexta-feira, mas o mandatário santista realizou três reuniões com Dorival Júnior – uma na quinta e duas na sexta-feira. Publicamente, Modesto fala em apoio ao elenco e que não cobrou o grupo, pois eles já sabem as suas obrigações.

No entanto, o UOL Esporte apurou que o presidente santista cobrou, principalmente, o técnico Dorival Júnior, em reuniões. Ele pediu que o treinador e o elenco mirassem no título brasileiro como objetivo. Caso não conquistem, pelo menos a vaga na Copa Libertadores da América estará garantida.

Parte da diretoria santista, membros do Comitê Gestor do Santos, desconfia de problemas extracampo que podem estar influenciando no rendimento do time nos jogos. Eles consideraram a equipe muito apática nos duelos contra Inter e Grêmio.

Apesar de muitos dirigentes e conselheiros serem favoráveis a demissão de Dorival Júnior, o treinador segue bancado por Modesto Roma. A boa colocação do Santos no Campeonato Brasileiro segurou o técnico no cargo esta semana. A equipe santista é a quarta colocada, com 55 pontos, um ponto a menos que o Atlético-MG, terceiro colocado e que garante vaga direta na Libertadores, sem a repescagem, conhecida como pré-Libertadores.

Neste domingo, o Santos enfrenta a Chapecoense, às 19h30 (de Brasília), na Arena Índio Condá, em Chapecó,em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Santos pode ultrapassar Atlético e chegar no G3 até mesmo sem vencer na derrota. Para isso, o time de Dorival Júnior precisa empatar e torcer para o Figueirense vencer a equipe mineira. Isso porque o Santos tem uma vitória a mais que o Galo na competição – 17 contra 16.

Mas para Dorival Júnior ficar em paz com a diretoria santista, conselheiros e torcedores, a ideia da comissão técnica e jogador é buscar uma vitória em Chapecó.

O Santos deve entrar em campo coma seguinte escalação: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz, Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Jean Mota, Copete; Ricardo Oliveira. Uol

Nenhum comentário: