No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 16 de outubro de 2016

Palhaço tricolor? Reservas do Grêmio assustam o Santos e empatam



Peixe começou perdendo na Vila Belmiro e arrancou empate de cabeça, com gol de Noguera. Alvinegro perdeu chance de passar o Galo e entrar no G3 do Brasileirão

O Santos entrou em campo sabendo que precisava vencer para passar o Atlético-MG e enfim entrar no G3 do Brasileirão. Para facilitar, o Grêmio parecia oferecer menos perigo ao anunciar a escalação com reservas, mas tudo que estava a favor do Peixe virou adversidade. Como um palhaço assustador que tem virado moda, os reservas do Tricolor surpreenderam e abriram o placar, e o Peixe só conseguiu o empate em casa, por 1 a 1. 

Desde o primeiro minuto de partida, o Alvinegro pressionou, chegando até a atacar com sete jogadores. O Grêmio se fechou, mas não deixou de contra-atacar.

Foi assim, fechado, que o time de Renato Gaúcho reagiu. Na arrancada, Everton chegou próximo da área, balançou para cima de Thiago Maia, levou a melhor e com um belo chute estufou as redes.

Mesmo assim, o Santos não abandonou a estratégia de sufocar a defesa gremista. O lado direito foi o mais utilizado para atacar, com Victor Ferraz, Lucas Lima e Jean Mota, em diversas triangulações.

Mas a verdadeira arma santista foi o jogo aéreo. Estreando como titular do Peixe na noite de de domingo, Noguera aproveitou cobrança de escanteio e igualou o marcador, de cabeça. O argentino ainda teve diversas oportunidades da mesma maneira e retribuiu os sustos, mas não repetiu o tento que deixaria o Alvinegro no G3 e classificado diretamente para a fase de grupos da Libertadores.

Sob pressão da torcida, o time da casa era pressionado a ir pra cima, mas manteve a calma para tocar de pé em pé, principalmente entre os zagueiros na saída de bola.

A maior esperança do Peixe depois de Noguera veio na metade da segunda etapa, quando Dorival Júnior chamou o artilheiro do time no campeonato, Vitor Bueno, que estava fora, por lesão, há 21 dias.

O camisa 18 bem que arrancou suspiros com um chute de esquerda, mas Everton voltou a levar perigo ao desperdiçar chance sem goleiro.

Por fim, nem G6 para o Grêmio, nem G3 para o Santos.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 1 GRÊMIO

Local: Vila Belmmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 16/10/2016 - 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Auxiliares: Oberto Santos da Silva e Tomar Diniz de Araújo (PB)
Público/renda: 7.969 e R$ 230.510,00

Cartões amarelos: Bruno Grassi, Guilherme Amorim, Lincoln, Kannemann, Maicon e Rafael Thyerre (GRE)
Cartões vermelhos: -
Gols: Everton, aos 9'/1ºT (0-1); Noguera, aos 20'/1ºT (1-1)

SANTOS: vanderlei, Victor Ferraz, David Braz (Yuri, 39'/2ºT), Nogueira e Zeca; Renato, Thiago Maia (Paulinho, 19'/2ºT) e Lucas Lima; Jean Mota (Vitor Bueno, 32'/2ºT), Copete e Ricardo Oliveira Técnico: Dorival Júnior

GRÊMIO: Bruno Grassi, Wallace Oliveira, Rafael Thyerre, Fred (Kannemann, 14'/2ºT) e Iago; Guilherme Amorim, Jailson, Kaio (Maicon, 31'/2ºT) e Lincoln; Everton e Guilherme (Bolãnos, 19'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.
Lance

Nenhum comentário: