No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 24 de setembro de 2016

Léo treina no CT Rei Pelé e jogará por Santos e Benfica em amistoso na Vila


O lateral esquerdo Léo iniciou os treinamentos nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé, para o amistoso entre Santos e Benfica, no dia 8 de outubro (sábado), às 18h (de Brasília), na Vila Belmiro. O jogo marcará a sua despedida com a camisa santista, além da comemoração do aniversário de 100 anos do alçapão santista. 

Léo defenderá duas equipes no amistoso. Isso porque, além de fazer história no Santos, onde se tornou o maior ganhador de títulos do clube após Era Pelé, o lateral-esquerdo também defendeu o Benfica entre 2005 e 2009.

O preparador físico de Léo acredita que o ex-lateral terá condições de atuar 20 minutos por cada equipe.

"Estou trabalhando há sete meses com o Léo, ele me procurou por uma questão recreativa e estética, para entrar em forma e ganhar massa muscular. Porém, há semanas nós começamos os trabalhos para o jogo e tivemos que mudar toda a rotina. Ele teve que parar de ganhar massa muscular e precisou ter que recuperar condições para jogo", afirmou Toni Rodrigues, preparador físico de Léo.

"Agora nessas duas últimas semanas, nós vamos fazer um trabalho dentro do campo, ele até estranhou usar a chuteira. Ele não tem mais dores crônicas que todo atleta tem, mas acredito que ele consegue jogar 40 minutos, 20 em cada lado", completou.

Léo, por sua vez, espera jogar menos de 40 minutos, pois enfatiza que a festa principal será para o centenário da Vila.

"Quero jogar menos tempo do que ele (Toni) falou, é mais para agradecer a Vila e o torcedor por tudo que eles fizeram por mim. Agora assim esse ciclo está encerrado oficialmente. Deixou-me muito feliz. O Modesto (presidente) chegou a mim e disse: 'a gente pretende fazer uma festa linda e queremos te homenagear'. Eu respondi: 'já passou, presidente'. Mas ele falou que eu não tinha como recusar, que ia jogar e pronto", disse.

"Foram os dois clubes da minha vida. Vai ser uma emoção muito grande. Mas quero jogar pouco, não por falta de condições, mas porque eu quero mesmo é dar um tchau e deixar a festa pra Vila, que é a homenageada", concluiu. Uol Esporte

Nenhum comentário: