No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Ainda sem assinatura de renovação com Gabigol, Santos rejeita proposta da Juventus



O presidente Modesto Roma Júnior rejeitou uma proposta de 20 milhões de euros (R$ 73 milhões) da Juventus para contratar o atacante Gabigol.

A informação foi confirmada por fontes ligadas ao mandatário alvinegro, que não deseja vender o jogador pela fatia destinada ao Santos - apenas 40%.

Dessa forma, o Santos força para que ou os italianos aumentem a oferta ou a Doyen Sports (20%) e Gabigol (40%) abram mão de parte de suas porcentagens em uma eventual transação.

A rejeição vem justamente em um momento conturbado, já que o Santos anunciou a renovação com o atleta há seis dias, mas Gabigol ainda não aceitou assinar o contrato.

Em contato com a reportagem, Modesto avisou: "Estamos trocando minutas e definindo cláusulas contratuais, que podem avançar ou não. Estou otimista, sou sempre um otimista".

De acordo com fontes próximas à conversa, o time alvinegro teve pressa para divulgar a renovação para pressionar o jogador. Seu staff, por sua vez, desaprovou o anúncio.

Segundo apurou o ESPN.com.br, o presidente do Santos vem trocando diariamente e-mails com o empresáro Wagner Ribeiro, que foi quem trouxe a proposta da Juventus ao clube.

O Santos ainda aguarda o acerto dessas minutas contratuais para, enfim, receber a assinatura de Gabigol que confirma sua renovação até 2012.

Apesar de o clube já ter confirmado o acerto, o próprio atleta desmentiu na noite desta terça.

"Não. Ainda não está certo. O presidente acabou falando, mas não tem nada certo. Estamos apenas conversando. Meus pais e meus empresários estão conversando. Têm algumas coisas para conversar. Tenho propostas, também. Mas não tem nada certo ainda, não. Vamos conversar com meus pais e meus empresários. Estamos conversando e vamos resolver aos poucos", avisou o jogador.

A proposta salarial do Santos a Gabigol é de R$ 250 mil mensais mais bônus e premiações, bem menor do que a oferta dos italianos.

Segundo o site Goal.com, a Juventus planeja pagar R$ 11 milhões por ano ao atleta.

Atualmente, os direitos econômicos do atacante estão divididos entre Santos, com 40%, Doyen Sports, com 20%, e ao próprio atleta, 40%.

O Santos avisou que só vende se conseguir uma fatia maior da transferência, além de considerar que Gabigol vai se valorizar ainda mais após os Jogos Olímpicos.

Além da Juventus, que chegou por Wagner Ribeiro, o jogador recebeu ofertas de alguns times por meio de outros empresários.

Arsenal, Chelsea, Fiorentina e Herbei Fortune enviaram propostas, que sequer chegaram ao Santos pela rejeição do clube em assinar comissão de 10% aos agentes envolvidos.

O atacante, inclusive, havia se animado para atuar na Inglaterra.

A multa rescisória do contrato do jogador é de 50 milhões de euros, mas existe uma cláusula de saída de 18 milhões de euros.

ESPN

2 comentários:

Marcos César da Silva disse...

Alguém pode me explicar se existe uma cláusula para sair se pagarem 18, oque adianta aumentar a multa?

Marcos César da Silva disse...

Alguém pode me explicar se existe uma cláusula para sair se pagarem 18, oque adianta aumentar a multa?