No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Tropeço no Sul, Santos perde para Grêmio no final do jogo

Giuliano e Douglas marcam no primeiro tempo, Copete e Zeca buscam igualdade, mas Marcelo Hermes dá vitória ao Tricolor aos 43 do segundo em partida disputada na Arena

RESUMÃO
O JOGO


Para gremistas e santistas, foi um teste para cardíacos. Mas o 3 a 2 do Grêmio sobre o Santos na noite desta quarta-feira, na Arena, pela 12ª rodada do Brasileirão, foi um jogaço entre duas equipes que justificam seus postos na parte de cima da tabela. O Tricolor saiu na frente com dois gols no primeiro tempo. Mas o Peixe não se deixou abater e buscou o empate no segundo. Aos 43, porém, o lateral-esquerdo Marcelo Hermes deixou o banco para dar o triunfo para os gaúchos.


NA TABELA

O Grêmio ainda se beneficia da derrota do maior rival para assumir a vice-liderança, ainda que momentânea, com 21 pontos. O Inter perdeu para o Flamengo no Espírito Santos. Já o Peixe, além de ultrapassado pelo próprio Tricolor, sai do G-4 devido ao triunfo dos cariocas em Cariacica. Segue com 19, agora em quinto.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo no domingo. Pela manhã, às 11h, o Grêmio tem clássico diante do Inter, no Beira-Rio. O Santos recebe a Chapecoense, na Vila Belmiro, às 16h.

PRIMEIRO TEMPO

O placar da primeira etapa se desenhou bastante favorável ao Grêmio, mas não se engane. O Santos vendeu muito caro a derrota. O problema foi o gol tricolor logo aos 2 minutos, com Giuliano. Depois disso, o Peixe assumiu a posse de bola e chegou a ter mais de 60% em boa parte da primeira etapa. Porém, aos 44, Douglas fez o segundo para o Grêmio, em lance semelhante ao do primeiro tento.

SEGUNDO TEMPO

O Santos voltou do vestiário com o colombiano Copete, estreante da noite. E foi para cima. O próprio atacante foi o responsável por diminuir, aos 19. Enquanto o Grêmio tentava se defender, o Peixe seguia com o controle da partida. E chegou ao empate aos 37, com um chutaço de Zeca. Só que um herói improvável apareceu. Marcelo Hermes saiu do banco e fez o terceiro do Tricolor, aos 43, para garantir os três pontos.

MUITO RÁPIDO

Em uma das primeiras chegadas do Grêmio, Giuliano abriu o placar logo aos dois minutos, após aproveitar o rebote de Vanderlei em chute de Everton. Aos 44 do primeiro tempo, Douglas se aproveitou de outra rebatida do goleiro santista para ampliar, novamente em finalização de Everton


GOL DO ESTREANTE

Ao todo, o Santos teve 57% de posse de bola na Arena, mas a estatística chegou a mais de 60% durante o jogo. O que já justifica o tamanho do duelo. Mesmo com a desvantagem de dois gols, Dorival Jr. colocou o estreante Copete já no intervalo. E mostrou estrela ao descontar aos 19 da segunda etapa. Zeca faria o golaço de empate aos 37.


HERÓI IMPROVÁVEL

O lateral-esquerdo Marcelo Hermes entrou em campo aos 27 da segunda etapa devido a cãibras do zagueiro Rafael Thyere. E saiu dos pés dele o gol da vitória, aos 43, após roubar a bola no meio-campo e avançar para receber o passe de Giuliano e tirar do goleiro Vanderlei com um toque sutil.


JOGO JOGADO

Aos 33 do primeiro tempo, Lucas Lima derrubou Edílson, e o lateral do Grêmio segurou a bola. Mas o árbitro não marcou falta, e o meia santista quis reiniciar logo a partida. Mas aí começou a confusão. Os ânimos se acalmaram, mas Edílson e Lucas Lima levaram o amarelo. Minutos depois, os dois se estranharam novamente em um lance de falta.


Globoesporte.com

Nenhum comentário: