No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 24 de abril de 2016

Vanderlei brilha nos pênaltis e coloca o Santos na final



Após Peixe abrir 2 a 0 no placar, Rafael Marques marca duas vezes, aos 41 e 42 minutos do segundo tempo, e leva decisão para penalidades. Goleiro alvinegro pega duas cobranças, e Prass desperdiça batida decisiva

RESUMÃO

O JOGO

O futebol é capaz de transformar heróis em vilões em minutos, talvez segundos. No caso de Palmeiras e Santos, demorou quatro meses. Depois de o Peixe abrir vantagem, o Palmeiras buscou o empate nos minutos finais do tempo normal com dois gols seguidos de Rafael Marques e levou a disputa para os pênaltis. Desta vez, quem brilhou foi Vanderlei. O goleiro alvinegro pegou as batidas do mesmo Rafael Marques e de Lucas Barrios. Fernando Prass, autor do gol que garantiu o título da Copa do Brasil no fim do ano passado, desperdiçou a última tentativa alviverde. O Santos está na final contra o Audax.



FINAL DRAMÁTICO

O Santos controlou boa parte do jogo e até por isso colaborou para que o Palmeiras reagisse nos minutos finais. Lucas Lima teve liberdade demais para criar no primeiro tempo e enfiou linda bola para Gabriel escapar de dois marcadores e marcar. Na etapa final, aconteceu outra vez. Jogada de Lucas Lima, e gol de Gabigol, colocando o Santos muito perto da final. Cuca arriscou tudo nos minutos finais e conseguiu fazer o Verdão reagir. Rafael Marques, que entrara no segundo tempo, recebeu passe de Barrios, aos 41, e descontou. No minuto seguinte, ele aproveitou um cruzamento para a área e empatou de cabeça, deixando a Vila Belmiro em silêncio.


OS PÊNALTIS

Cleiton Xavier abriu a série colocando o Palmeiras em vantagem. A torcida do Santos entrou em desespero depois que Lucas Lima parou em Fernando Prass. Os santistas respiraram quando Vanderlei segurou a batida de Lucas Barrios e David Braz marcou. Jean também fez para Palmeiras, assim como Zeca. O Peixe ficou em vantagem com mais uma defesa de seu goleiro em batida de Rafael Marques e no chute certeiro de Victor Ferraz. Para acabar, Fernando Prass finalizou para fora.


OITAVA FINAL SEGUIDA

A dramática classificação contra o Palmeiras faz o Santos igualar um feito da era Pelé. O Peixe foi campeão ou vice entre 1955 e 1962, conseguindo seis títulos e dois segundos lugares. Agora, a equipe dirigida por Dorival Júnior tenta buscar a quinta taça – foram três vices. Nos últimos dez anos, o time da Baixada só não chegou à final em 2008, quando o Palmeiras levou a melhor sobre a Ponte Preta.


A VINGANÇA DE LUCAS LIMA

A partida também teve um sabor diferente para Lucas Lima. O meio-campista foi motivo de inúmeras brincadeiras por ter sofrido com a forte marcação de Matheus Sales na decisão da Copa do Brasil. Desta vez, o armador levou vantagem na maioria das disputas com seu marcador e ainda deu duas assistências para Gabriel marcar e garantir a vitória alvinegra. É bem verdade que ele perdeu a primeira cobrança de pênalti, mas a Vanderlei decidiu a favor do Peixe.


Globoesporte.com

Nenhum comentário: