No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 1 de março de 2016

Atraso na documentação tira Rolón da primeira fase do Paulistão pelo Santos

Reforço do Peixe para a sequência da temporada, atacante argentino espera pelo visto trabalhista para poder assinar contrato. Jogador será inscrito na segunda fase

Há duas semanas, o Santos acertou a contratação do atacante Maxi Rolón, ex-Barcelona B. O argentino, porém, não assinou contrato e nem fez qualquer treinamento em campo com os companheiros. Isso porque o jogador ainda não obteve o visto trabalhista, esperado para esta semana, o que fez com que o reforço ficasse de fora da primeira fase do Campeonato Paulista.

O clube inscreveu 28 jogadores, e Lucas Crispim, que treinava em separado e estava perto de ser emprestado, ficou com a vaga de Maxi no ataque.

Rolón está no Brasil desde a semana passada e aguarda pela documentação para oficializar contrato de um ano com o Peixe. O atleta deve ser inscrito na segunda fase do Paulistão, quando, a partir do dia 14 de abril, os clubes podem fazer até quatro substituições na lista.

– A documentação deve chegar ainda nesta semana. Assim que obtivermos o visto trabalhista, ele (Maxi Rolón) assinará o contrato, sem problemas. Maxi está muito feliz com a recepção dos torcedores, gostou da cidade e quer ficar muito tempo no Santos. Ele está treinando (a parte física) e será inscrito para a fase final do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil – explica o empresário Nicolás Puppo.

Rolón tem 21 anos e é atacante que atua pelos lados, com passagem por seleções de base da Argentina. O atacante chega para ser mais uma opção depois das saídas de Geuvânio e Marquinhos Gabriel, além do fracasso na negociação por Robinho, que foi para o Atlético-MG.

O argentino chegou às categorias de base do Barcelona aos 10 anos, antes de ser integrado ao time B do clube. Sem receber muitas oportunidades, teve o contrato rescindido. O San Lorenzo, da Argentina, demonstrou interesse, mas as negociações não avançaram.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: