No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 17 de janeiro de 2016

Em meio a negociações, Geuvânio sente incômodo e treina separado

(Divulgação/Santos)

Atacante, como já havia acontecido durante a semana, não treinou com o restante do elenco e aumentou especulações sobre possível saída

Geuvânio concentrou as atenções no Santos na última semana. O jogador já se acertou com o Tianjin Quanjian, time de Vanderlei Luxemburgo na China, mas o Peixe tem feito jogo duro, ameaçou acionar a Fifa por assédio e, por enquanto, não aceitou vender seu atacante. Coincidência ou não, na sexta-feira (15 de janeiro), Geuvânio não apareceu no campo do CT Rei Pelé e ficou treinando apenas na academia. E, neste domingo (17), dia de jogo-treino no CT contra o Red Bull Brasil, o Caveirinha não foi integrado ao elenco alvinegro. Em seguida, o clube colocou o médico Rodrigo Zogaib para explicar o motivo da ausência.

“O Geuvânio se queixou depois dos treinamentos de dores no quadril direito. Examinamos no primeiro dia, parecia uma dor bem leve, mas ela persistiu no dia seguinte. Fizemos um exame e ele tem um pouco de líquido na membrana. A pessoa utiliza essa parte para correr e para chutar. Não é nada grave. Provavelmente uma síndrome de sobrecarga. Tentamos individualizar os treinos, mas não dá para fazer tudo individual”, contou Zogaib, garantindo que o jogador deve ser liberado em breve.

“Não sei se segunda, mas alguns dias (ele volta). Não é uma lesão muscular, que podemos falar o prazo, mas é um processo inflamatório. É por causa das condições do músculo dele no momento. O atleta, quando sai de férias, volta com uma diminuição da massa muscular. Quando ele dá entrada em uma rotina de treinamento, a musculatura pode reclamar”, disse.

Questionado sobre o fato do incômodo ter aparecido em meio a negociações sobre a venda de Geuvânio, o médico Rodrigo Zogaib comenta que já se preocupou mais com este tipo de situação, mas garantiu que veracidade dos fatos.

“Procuramos sempre passar um relatório nosso para a assessoria. Jamais inventar alguma coisa. Lógico que temos de guardar, de ter algum sigilo que possa prejudicar a imagem do atleta, mas lesões no esporte são comuns. Isso não entra no sigilo médico. Não podemos nos preocupar com isso. No início eu me preocupava muito com isso. Agora, falamos o que é a realidade e não nos incomodamos”, afirmou o médico santista.

Veteranos de fora

Renato e Elano não participaram do jogo-treino neste domingo, porém, a assessoria do clube explicou que os dois atletas fazem uma pré-temporada diferenciada, em função das necessidades de cada um. Capitão do time e artilheiro da última temporada, Ricardo Oliveira também não participou da atividade, mas, por causa de dores musculares.

“Ricardo Oliveira está com um incômodo na região posterior da coxa direita. Achei um pouco desnecessário ele participar, sendo que estamos no meio da pré-temporada”, explicou o médico Rodrigo Zogaib.

Já o colombiano Valencia, que passou os últimos oito meses se dedicando a uma recuperação da cirurgia de reconstrução dos ligamentos do joelho, está liberado e deve iniciar os trabalhos com bola na próxima semana.

“Valencia passou pela reavaliação (quinta). Ele foi agora liberado para participar mais dos treinamentos. Estamos na fase de transição para voltar ao grupo. Expectativa de que até o fim de semana volte”, concluiu Zogaib.

FoxSports

Nenhum comentário: