No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Santos joga 2016 no lixo e deve explicações à torcida



O Santos tinha tudo para fazer um Campeonato Brasileiro meia boca. Como fez nos últimos anos. Nem era time para cair nem para disputar lá em cima. Time de meio de tabela.

A coisa ia mal no primeiro terço de campeonato, até na zona de rebaixamento o Santos andou. E de repente, com o ótimo trabalho de Dorival Júnior, o time encaixou e subiu, subiu, subiu. E, ao contrário de outros que subiram e caíram, subiram e caíram, o Santos se manteve em alta.

Na 29a rodada, chegou ao G-4. E se manteve lá por seis rodadas. No meio de tudo isso, dessa escalada, foi fazendo vítimas também na Copa do Brasil. Corinthians, apesar da má vontade, Figueirense e um verdadeiro atropelamento em cima do São Paulo – que, por sinal, era um dos rivais na luta pelo G-4 no Brasileiro.

Logo depois de garantir a vaga na final da Copa, no fim de novembro, o Santos pegou justamente o Palmeiras na 33a rodada. E ganhou o jogo, no que era a quarta vitória em seis partidas. Era o ápice santista na temporada, tinha gente que colocava somente o Corinthians um degrau acima no futebol nacional – isso se não colocasse no mesmo degrau.

Naquele momento, o Santos era favoritíssimo para ser campeão da Copa do Brasil. E também para ficar com a quarta vaga na Libertadores via Brasileirão.

Um empate em Joinville e a quarta colocação mantida após 34 rodadas. Naquele momento, o campeonato parou por 10 dias para a maioria dos times devido aos jogos da seleção brasileira. Se tinha gente desgastada, era uma parada propícia. Principalmente para quem vinha da maratona de quarta-domingo-quarta-domingo.


Por que, então, o Santos abandonou o Campeonato Brasileiro?


O que justifica ter colocado time reserva em campo em jogos contra Coritiba (com portões fechados!) e Vasco, dois times fracos e que disputam a salvação na primeira divisão?


A desculpa oficial todos sabemos. Era poupar os jogadores para a final da Copa do Brasil. Parece até que alguns deles pediram isso.

Mas a pergunta é: valeu a pena?

Agora, com o Santos derrotado na final da Copa do Brasil e sem vaga na Libertadores, a resposta parece mais do que óbvia.

“Ah, Julio. Foi nos pênaltis! Podia ter sido campeão e você não estaria falando nada disso.''

Era uma final, oras bolas. Contra todo um Palmeiras, de camisa, tradição, história. Podia ser nos pênaltis, como podia ser de outro jeito. Em que momento será que o Santos achou que seria mais fácil ganhar o título em cima do Palmeiras do que ganhar de dois times na zona de rebaixamento?

A partir da 34a rodada, o Santos simplesmente jogou fora a posição duramente conquistada no G-4 do Brasileiro. Não ganhou nenhum dos quatro jogos contra Joinville (rebaixado), Flamengo (sem razão de jogar), Coritiba (com portões fechados) e Vasco.

E olha que nenhum dos concorrentes pelo G-4 fez muito para abrir vantagem para o Santos. Foi o próprio Santos que jogou os pontos no lixo.


As explicações podem ser as melhores possíveis. A comissão técnica pode mostrar, por A + B, que fulano e beltrano se lesionariam, tivessem jogado nessas partidas. Mas que alguma explicação precisa ser dada, e muito bem dada, isso precisa.

O time parece ter perdido o tesão de jogar bola. E querem um símbolo disso? A comemoração pálida, quase sem graça, do gol de Ricardo Oliveira, aos 40 e tantos do segundo tempo, que levava o jogo para os pênaltis. Foi gritante o contraste com as celebrações dos gols de Dudu para o Palmeiras logo antes.

Em três semanas, o Santos simplesmente jogou 2016 na lata do lixo.

Julio Gomes /Uol Esporte

13 comentários:

Dimas Tabarini Junior disse...

Cara você falou tudo!! Em 3semanas o peixe jogou 2016 no lixo!
Foi apático em campo e um time medíocre, diferente do palmeiras que teve raça! Alguma coisa esta acontecendo internamente, muito estranho essa queda do time. Uma curiosidade: Pela TV não vi faixas das organizadas Jovem e Sangue, eles estavam presentes? Não vi também nosso time entrar em campo, parabéns para o Guarani da Capital que se mostrou grande sim porque teve raça! Coisa esta que faltou ao Peixe.

José Natal Peixoto disse...

2016 no LIXO. A nação santista está amargurada. Concordo com o Julio. Nada mais é preciso dizer. Os incompetentes sabem o que eles fizeram, transformaram o time do Santos num arremedo de time. Um time "mascarado", uns "bofes" metidos a bons de bola". Um time que depois de 15 dias de descanso, os atletas estão cansados, mas todos achando que vão para o Real Madri, para o Barcelona, Chelsea, Porto, etc, mas não fazem o dev er de casa.

José Natal Peixoto disse...

Quem não tem personalidade para ganhar do Ituano, também não tem para ganhar do bofe do Palmeiras. Com o futebol jogado, perderia para qualquer adversário.

José Natal Peixoto disse...

Trofeu para o Nilson; de "PERNA DE PAU". Deve ser banido da Vila Belmiro. Fora da Vila esse Nilson, Chiquinho, Luciano, Marquinhos, Neto Berola, o bofe palmeirense, Longuine, e outras "babas" contratadas que não são bons, nem baratos. Nem de Graça servem.

William Ilário disse...

Faltou mencionar a brilhante ideia de marcar todas as finais das categorias de base na Vila sabendo que essa época do ano é chuvosa. Talvez até tenha influenciado no pênalti não convertido pelo Gabriel ou o famigerado lance bisonho do Nilson... De qualquer forma isso é consequência do maior de todos os erros: o adiamento das finais da Copa do Brasil!
Em tempos de crise financeira, será que alguém irá investir no patrocínio master de um vice que não vai à Libertadores?
Tsc... tsc... tsc...

Higor Ferreira disse...

Pois é, estranho não garantir pelo menos uma libertadores se mantendo no G 4, jogando com equipes que estão na zona da degola e dar um belo presente de natal para o ridículo e bagunçado São Paulo... Meu Deus agora estamos sem Liberta, sem título, já temos a menor cota de TV, sem verbas, sinceramente páramos realmente com o" bom e barato" pois estamos de saco cheio...a mídia já nos trata como o último dos moicanos, para eles só importam o 3 ridículos de SP...bom esperamos 2016, porque paulistinha não leva à lugar algum !!!

Higor Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
D disse...

Patético, simplesmente patético... Pra quem assistiu o programa "Universo Santástico" deve ter ouvido as histórias de Coutinho e de Lima sobre como eram suas condições de trabalho, q eles iam apé pq ngm tinha carro, ñ tinham nutricionista, nem fisioterapeuta e muito menos academia sendo q muitos dos equipamentos sequer existiam na época... Pra quem já foi em algum museu relacionado a futebol deve tbm ter visto com os próprios olhos como eram ridículas as bolas e as chuteiras em comparação com as usadas hoje em dia, e sabe o gramado q eles tanto usam como desculpa? Parecia um pasto tbm, sempre em todos os jogos, msm assim isso ñ impediu q o Pelé fizesse oq fez, nem o Pepe, nem o Lima, Coutinho, Mengálvio, Zito, Carlos Alberto Torres, entre tantos outros por ae...

D disse...

E o cansaço? Esses caras viajam em primeira classe de avião, só andam de carro e ficam em hotéis 5 estrelas... Esses q citei acima viajavam num busão q é pior q o transporte público comúm de hoje, mas isso nunca os atrapalhou, nunca foi desculpa, eles apanhavam q nem condenados dentro do campo mas sempre se levantavam e continuavam o lance até q ñ mais aguentassem, hoje se alguém esbarra neles ficam 15 min no chão até a maca chegar pra buscá-los... Fazem por ex essas ridículas comparações entre Messi e Pelé por ex, q msm com todas as condições q tem, na bola ñ serve nem pra engraxar a chuteira dele, queria ver ele jogar sob as msms condições de bola, chuteira, campo e todo resto q o pelé jogava, ñ serviria nem pra ser banco naquele time... Elogiamos tanto o barça pq é o melhor futebol q existe hoje, mas o verdadeiro futebol arte nós perdemos e é algo q infelizmente só pessoas mais idosas puderam ver...

D disse...

E falam q ñ aguentam jogar quarta e domingo, "ah mas o futebol mudou, tem mais intensidade", eles tão é mais mortos isso sim, pq o futebol em termos de intensidade e todos os outros fatores hj em dia é uma merda se comparado ao futebol jogado até o fim do século 20, mas sabe por mais q falem q metabolismo ajuda, pode até ser, mas nem tanto quanto oq eu vi ano passado, um Diego Tardelli cheio de vontade de jogar, após jogar o maior clássico da terra num jogo dificílimo entre Brasil e Argentina, ele retorna da China, chega em SP de manhã e pega outro avião pra BH (viagem q já "mataria" um jogador hoje em, SP pra BH) e joga no msm dia uma partida decisiva pela copa do Brasil no qual seu time tinha q reverter um placar adverso de 2x0 contra e já começa tomando um gol logo no início, forçando o time então a fazer 4, ainda ñ tinha conseguido marcar os 4 qdo ele foi substituído, mas a presença dele ali deu uma injeção de ânimo em todo mundo e eles deram a vida pela classificação, e enquanto estava em campo jogou e jogou como vinha fazendo, ñ teve corpo mole e nem vi ele reclamando de cansaço, oq seria totalmente justificável no caso dele, foi substituído mas queria visivelmente ficar até o fim e é um jogador q já passou dos 30, então como pode um de 18 vir me reclamar de cansaço depois de 10 dias de descanso?

D disse...

Vir reclamar de gramado sendo q o melhor futebol de todos os tempos foi jogado nesse msm estádio sob condições de gramado e diversas outras coisas muito mais precárias do q o atual gramado da Vila? E a parada dos 10 dias fez oq, deixou eles sem ritmo? É por isso q nunca mais existirá um Pelé, Garrincha, Rivelino, Zico, Maradona etc, por causa dessa hipocrisia escrota de TODOS OS JOGADORES DE FUTEBOL DA ATUALIDADE, e esses caras ae das antiga ñ ganhavam nem perto do q qualquer Neto Berola da vida ganha hoje, corrupção, hipocrisia e principalmente, dinheiro mataram o futebol q futuramente só tende a piorar até chegar num ponto q dinheiro nenhum no mundo fará diferença, pq todos os jogadores do mundo serão igualmente péssimos em todo lugar...

D disse...

Então na boa, PAREM DE DAR DESCULPAS, TOMEM VERGONHA NA CARA E COMECEM A JOGAR BOLA TODOS VOCÊS, pq um cara q fez 3 gols no ano como o Nilson (2 pelo São Bento no Paulista e 1 pelo Santos) ñ se pode chamar de profissional MUITO MENOS DE CENTROAVANTE... E ainda pensam em renovar contrato kkkkkkk... Como o José Natal bem disse, PERNA DE PAU qualquer traficante de drogas é melhor q esse fdp... Desculpem mas tem coisas q precisam ser ditas... Obg ^^

D disse...

Ah e só pra ressaltar Psg tá 16 pontos na frente do segundo colocado no francês, tem um elenco muito mais recheado q qualquer outro time de lá, msm assim após um jogo da champions no meio da semana vi lá no francês jogando Ibra, Cavani, Di Maria e todo mundo e tinha jogo da champions no meio da semana denovo, msm assim eles ñ "poupam" jogador nenhum, e o Santos na situação em q estava faz isso? Perae, vejo pessoas idosas (algumas) fazendo triatlo, pedalando km's dps nadando mais km's e correndo mais km's e esses caras ae se consideram "atletas"? Q nem o Walter do Atl. Paranaense q é um gordo q ñ para de comer traquinas, parabéns a esses "atletas" em?