No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Dorival conta com Dorival conta com Marquinhos Gabriel e pede mesmo time em 2016





O Santos acabou fechando o ano de forma decepcionante com a perda da vaga da Libertadores pelo Brasileiro e o vice-campeonato da Copa do Brasil. Para o técnico Dorival Júnior, no entanto, esse não é o momento de esmorecer. Confiante em seu trabalho e na qualidade da equipe, ele afirma não ter pedido reforços à diretoria, apenas a manutenção da equipe titular. A começar pelo meia Marquinhos Gabriel, que tem permanência complicada.

"Eu acho que todo grande jogador será especulado no mercado, mas o Santos tem a prioridade na contratação do Marquinhos Gabriel, é o principal ponto. Se o Santos quiser, é ele quem faz a opção pela compra ou não. Torço para que haja essa opção até porque é um jogador importantíssimo. Um reforço excelente para que mantivéssemos a postura que a equipe teve e que apresentou nesse ano", analisou o comandante, em entrevista á Rádio Jovem Pan.

O meia pertence ao Al-Nassr, da Arábia Saudita, clube com o qual tem vínculo até o meio de 2017, e tem contrato de empréstimo até o dia 31 deste mês. Como seu preço de compra está afixado em cerca de R$ 16 milhões pelos árabes e o Santos tem dificuldades financeiras no momento, serão necessárias negociações por um novo empréstimo ou até transferência definitiva com alguma contrapartida. De olho na situação, o Corinthians prepara uma oferta caso os praianos não exerçam sua preferência.

"Nada me foi passado a respeito de saída desse elenco. Temos de dar uma resposta ao mercado que o jogador tem que valer muito mais do que eles têm tido. Tudo que nós queremos é ver o futebol brasileiro forte. Quando você consegue a montagem de uma equipe, o principal é a manutenção dela, dentro daquilo que se espera. Fica inviável as equipes perderem seus principais valores em um momento tão importante", comentou.

Para Dorival, não se pode pensar na temporada santista apenas pelos resultados perdidos. Fã do futebol apresentado sob o seu comando, ele acredita que Lucas Lima, Gabriel, Ricardo Oliveira e companhia ainda têm muito a dar para o Santos.

"A equipe ainda não chegou no seu limite. Ela vinha numa crescente, jogou em alto nível na maioria dos seus jogos, mas acabou jogando mal o principal jogo. Se essa equipe for mantida, não tenho dúvidas, a tendência é que nós consigamos os melhores resultados", encerrou Dorival.

ESPN

Nenhum comentário: