No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Gramado da Vila vira preocupação para o Santos antes de final com Palmeiras



Grande arma do Santos na temporada, onde a equipe é quase imbatível, a Vila Belmiro tem despertado sintomas de preocupação para Dorival Júnior e os jogadores alvinegros antes da primeira partida da final da Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Palmeiras. O motivo: o mau estado do gramado, sobrecarregado de partidas e que já foi alvo de reclamações do treinador em mais de uma ocasião.

Após o empate sem gols contra o Flamengo, na última quinta-feira, Dorival disse que o campo "atrapalhou o espetáculo" por soltar tufos de grama e prejudicar o toque de bola. Já no domingo, após poupar titulares na derrota por 1 a 0 para o Coritiba no Couto Pereira, o técnico disse que a decisão foi motivada também pelo gramado ruim da Vila, que causou desgaste em alguns jogadores.

"Teremos um jogo mais físico do que técnico na quarta-feira, um gramado complicado. Então eu não poderia ter tomado outra decisão, em um momento de decisão de campeonato", disse Dorival após o jogo em Curitiba, justificando a decisão de poupar quase todos os titulares.

Além dos jogos do Santos no Campeonato Brasileiro, a Vila tem sofrido com o excesso de partidas de outras competições, como Campeonato Paulista sub-17 e sub-20, além do Sul-Americano feminino sub-20.

Reclamando ou não do gramado, Dorival tem no estádio santista uma verdadeira fortaleza. Desde que chegou ao Santos, em julho, o treinador não perdeu nenhum jogo no estádio: foram 16 jogos, com 15 vitórias e apenas um empate – justamente o da última quinta-feira, contra o Flamengo. A expectativa alvinegra, agora, é que a maré em casa não mude justamente em um dos jogos mais importantes da temporada.

Uol Esporte

Nenhum comentário: