No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 18 de outubro de 2015

Com gol de placa e 'aula' no 1ºT, Santos vence Goiás na Vila e volta ao G-4



Uma aula de futebol. Foi o que se viu na Vila Belmiro na chuvosa tarde deste domingo, em jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Inspirado, especialmente no primeiro tempo, o Santos de Dorival Júnior não deu ao Goiás a menor chance de respirar na partida e conseguiu uma vitória de 3 a 1, recuperando assim sua posição no grupo dos quatro melhores da competição.

Com o resultado, o Santos – que alcança o 13ª triunfo seguido na Vila Belmiro – chega aos 49 pontos na tabela e volta para a quarta posição, enquanto o Goiás perde a quarta seguida e segue estacionado na zona de rebaixamento, na 18ª colocação, com 31 pontos em 31 jogos

Artilheiro do Campeonato Brasileiro e hoje atacante da seleção brasileira, Ricardo Oliveira fez mais dois, chegou aos 19 na competição (32 na temporada) e abriu ainda mais vantagem em relação aos seus concorrentes; Lucas Pratto, do Atlético-MG, e Jádson, do Corinthians, têm 12 e aparecem no segundo lugar.

O segundo do centroavante, aliás, foi um golaço. Marquinhos Gabriel recebeu passe pelo alto de Lucas Lima e, com extrema categoria, deu um belo passe de letra, de primeira, deixando Ricardo Oliveira de frente para o gol. Como de costume, o atacante não desperdiçou; bateu forte e balançou as redes.

SANTOS 3 X 1 GOIÁS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 18/10/2015 (domingo)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Cartões amarelos: David (Goiás)
Gols: Werley, aos 11 min, Ricardo Oliveira, aos 14 e aos 45min do primeiro tempo; David, aos 3min do segundo tempo

SANTOS
Vanderlei, Daniel Guedes, Werley, Paulo Ricardo e Zeca; Thiago Maia, Renato (Ledesma), Lucas Lima (Vitor Bueno) e Marquinhos Gabriel; Leandro (Geuvânio) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Jr

GOIÁS
Renan; Gimenez, Fred, Alex Alves e Diogo; Juliano (Rafael Forster), David, Patrick e Felipe Menezes (Arthur); Erik (Lucas Coelho) e Zé Love
Técnico: Artur Neto

Primeiro tempo
O Santos não deixou o Goiás respirar desde o apito inicial. Logo aos 7min, Ricardo Oliveira carimbou a trave depois de bela assistência de Lucas Lima. E aos 11min, já veio o primeiro. Após rebote de Renan, Daniel Guedes cruzou na área e Werley apareceu na primeira trave para mandar de cabeça no canto esquerdo do goleiro. 1 a 0. Apenas três minutos depois, o placar já apontava 2 a 0 a favor do time da Vila Belmiro. Desta vez, Fred falhou feio ao tentar sair jogando e deixou a bola nos pés de Ricardo Oliveira, que saiu cara a cara com o Renan e finalizou de esquerda com categoria, no canto. 2 a 0. Sem reação, o Goiás viu o Santos chegar ao terceiro aos 45min. E que golaço! Lucas Lima lançou Marquinhos Gabriel, que de letra deixou Ricardo Oliveira na cara do gol; o camisa 9 bateu forte e abriu 3 a 0 no placar.

Segundo tempo
O Santos levou um susto logo no começo da etapa final. Aos 3min, David arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro Vanderlei, que não conseguiu voltar a tempo. 3 a 1. Pouco depois, mais um susto, com chute cruzado de Zé Love que tirou tinta da trave. Mas a reação do Goiás parou por aí. O Santos voltou a dominar a partida, não tanto quanto no primeiro tempo, mas o suficiente para manter o resultado. Por detalhes não fez mais um, mas faltou precisão nos últimos passes e nas finalizações, algo que sobrou na etapa inicial.

DESTAQUES
Outubro rosaOs jogadores do Santos entraram em campo acompanhados de mulheres que venceram a batalha contra o câncer de mama.

100 vezesLucas Lima foi homenageado antes da partida pelo jogo de nº 100 com a camisa do Santos. Ele recebeu uma placa e jogou com a 100 nas costas.

Velho conhecidoEx-jogador do Santos na época de Neymar, o atacante Zé Love reencontrou sua equipe na tarde deste domingo. Pelo clube da Vila Belmiro, ele conquistou dois Paulistas (2010 e 2011), uma Copa do Brasil (2010) e uma Copa Libertadores (2011).

De voltaDepois de um mês e meio fora por conta de lesão, o atacante Geuvânio voltou ao time do Santos na tarde deste domingo. Ele entrou na vaga de Leandro, no segundo tempo.

MELHORES
Ricardo Oliveira, SantosMais uma vez fez o que se espera dele. Movimentação, presença de área e, claro, gols. Colocou mais dois na conta.

Marquinhos Gabriel, SantosDeu um passe de cinema (de letra) para Ricardo Oliveira fazer o terceiro gol do Santos e aplicou um chapéu espetacular no segundo tempo. Cada vez mais à vontade no time de Dorival.

PIORES

Fred, GoiásFalhou feio e entregou a bola no lance que originou o segundo gol do Santos.
Erik, GoiásA revelação do Goiás esteve apagada nesta tarde. Muito também pela falta de criação do meio-campo. Foi substituído já no intervalo.

Uol Esporte

Nenhum comentário: