No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Benfica sinaliza com R$ 17 milhões, mas Santos faz jogo duro por Zeca

Representante de clube europeu tem conversa com empresário do lateral-esquerdo, mas Santos exige R$ 25,5 milhões para realizar a venda de seu titular. Garoto tem a confiança de Dorival


Convocado para amistosos da Seleção olímpica e cortado de última hora por causa de uma lesão no quadril, o lateral-esquerdo Zeca já começa a chamar atenção do mercado internacional em sua primeira temporada como titular do Santos. Na última semana, os representantes do jogador de 21 anos receberam sondagem de um dirigente ligado ao Benfica, de Portugal, indicando interesse na contratação do santista e sinalizando com uma proposta de 4 milhões de euros (R$ 17 milhões na cotação atual), dos quais 70% (ou 2,8 milhões de euros) seriam do clube.

Zeca tinha contrato curto com o Santos, e há duas semanas renovou seu vínculo até 31 de dezembro de 2018. No ato da assinatura do novo contrato, o clube havia avisado a empresa Airt Eventos, dona de 30% dos direitos econômicos, que queria negociar uma dívida referente a 2014 e também que o valor mínimo discutido para a venda de Zeca seria de 6 milhões de euros (R$ 25,5 milhões). Consciente da pedida, o representante do Benfica ainda não anunciou aos empresários de Zeca se o clube europeu oficializará a proposta nas próximas semanas.

O Santos hoje detém 70% dos direitos econômicos de Zeca em razão de um acordo com os empresários do atleta. O lateral-esquerdo chegou ao Peixe em 2012, e só 20% pertenciam ao clube na ocasião. Após um período de adaptação, o clube se comprometeu a comprar outros 50% por R$ 750 mil, mas só pagou as três primeiras de 15 parcelas da compra. Neste processo de renovação em 2015, o Santos se comprometeu a acertar a dívida para não perder o direito de ter 70% do valor de uma possível venda.

Lateral-esquerdo titular do Santos desde a chegada de Dorival Júnior, Zeca quase foi emprestado ao Columbus Crew, dos Estados Unidos, no início de julho. O técnico evitou a saída do jogador e deu a oportunidade de ser titular mesmo após a recuperação de Chiquinho, que ocupou a posição na campanha do título do Campeonato Paulista. Hoje o camisa 37 tem 43 jogos pelo profissional do Peixe, sendo 25 em 2015. Ele também soma quatro assistências na temporada.

Destro, Zeca havia sido convocado para defender a Seleção olímpica contra República Dominicana e Haiti como lateral-direito, e não na esquerda, onde atua pelo Santos. Tanto é que após o corte quem foi chamado foi João Pedro, do Palmeiras.

Lancenet

Nenhum comentário: