No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Santos usa 'esquema Ricardo Oliveira' para renovar com pupilo de Dorival



A renovação contratual do volante Thiago Maia, principal revelação do Santos neste ano e "novo pupilo" do técnico Dorival Júnior, segue indefinida. A diretoria sabe quanto o jogador pretende ganhar e já preparou a contraproposta, que não tem data para ser apresentada a Juan Figer, empresário do atleta.

Para chegar ao valor pedido pelos representantes de Thiago Maia, cerca de R$ 120 mil mensais, somando salário de CLT [Consolidações das Leis de Trabalho], direitos de imagem e luvas, a cúpula alvinegra utiliza o mesma esquema da renovação de Ricardo Oliveira.

Desta forma, o salário de Thiago Maia deve ser gradativo. O Santos oferece R$ 80 mil mensais no primeiro ano, com reajustes nos próximos anos, chegando ao valor pedido pelo atleta no término do contrato.

O problema é que o tempo de contrato é um dos empecilhos para a renovação. O Santos propôs um acordo de cinco anos, enquanto Figer cogitou a extensão do vínculo por apenas duas temporadas.

A diretoria santista acredita que pode chegar a um consenso com o empresário na próxima reunião, fechando um acordo de três anos.

Os representantes de Maia pediram um ordenado 30 vezes maior do que ele recebe atualmente no Santos. Isso porque o volante santista ganha R$ 4 mil mensais. A renovação do volante gerou polêmica desde o início. No primeiro encontro, Figer e companhia ficaram chateados com os R$ 20 mil mensais oferecidos pelo clube. Na ocasião, o atleta não era titular da equipe.

O volante de 18 anos tem contrato com o Santos até fevereiro do próximo ano e, por isso, já pode assinar contrato com outro clube.

O Santos tem 72% dos direitos econômicos de Thiago Maia, que teria perdido de maneira misteriosa os 28% para um grupo de investidores. O atleta alega que não sabia que havia perdido a porcentagem e quer resgatar a sua parte na renovação, mas o clube paulista não está disposto a compensar o jogador. 

Uol Esporte

Nenhum comentário: