No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Na chegada do Peixe a Floripa, Lucas Lima diz que time jogará no ataque

Meia da Seleção quer Santos atrás de pelo menos um gol fora de casa diante do Figueirense, nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli, pelas quartas da Copa do Brasil

O Santos deve jogar no ataque e buscar ao menos um gol no estádio Orlando Scarpelli, contra o Figueirense, nesta quarta-feira, às 19h30, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Essa é a visão de Lucas Lima, principal articulador de jogadas e titular da equipe do técnico Dorival Júnior. O meia da Seleção, inclusive, é motivo de preocupação para o time catarinense.

– Tem de ser inteligente: defender bem e não deixar de atacar. Sempre marcamos forte e saímos rápido para atacar. Conta muito fazer gol fora na Copa do Brasil. Espero que me deem espaço (risos). Brincadeira. O principal é movimentação para sair da marcação. Uma jogada individual também ajuda muito. Se ficarem com a atenção só em mim, outros jogadores vão aparecer. Tem de jogar mais para o time do que para você mesmo. Quando a marcação é mais forte, eu me movimento para abrir espaço aos jogadores que vêm de trás – afirmou o meia.

Praticamente em casa na cidade de Florianópolis, onde tem familiares e residência, Dorival Júnior alerta para a característica "traiçoeira" do Figueirense. O comandante do Santos iniciou a carreira como treinador no Alvinegro de Santa Catarina, em 2003.

– Teremos um grande jogo. O Figueirense é sempre rápido, traiçoeiro no bom sentido e muito veloz. E o Santos está evoluindo no campeonato. Espero que mantenha essa postura, jogando um futebol dinâmico e agressivo. Não podemos mudar. É natural que o Figueirense mantenha o comportamento de atuar com agressividade na retomada da bola – disse Dorival, no desembarque do Peixe em Florianópolis.

De acordo com Lucas Lima, o desgaste físico pesa para o Santos, mas é algo a ser superado. O time fez seis jogos em 18 dias (Chapecoense, Sport, São Paulo, Ponte Preta, Atlético-MG e Corinthians), todos pelo Brasileirão. Mesmo assim, Dorival não abre mão da Copa do Brasil e da competição nacional. O Peixe é o oitavo colocado, com 40 pontos, quatro a menos do que o Palmeiras, primeiro dentro do G-4.

– As duas competições estão abertas. O Santos não abriu mão do Brasileiro. Vamos seguir na luta por uma vaga na Copa do Brasil. São dois jogos complicados, nos quais precisaremos ter superação.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: