No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Desistência de pênaltis por parte de Ricardo Oliveira já estava planejada



A desistência do atacante Ricardo Oliveira em relação a cobrança de pênaltis não foi decidida durante o jogo entre Figueirense e Santos na última quarta-feira, no estádio Orlando Scarpelli. O centroavante revelou que já havia conversado com Gabriel Barbosa e avisado que o camisa 10 seria o cobrador caso acontecesse a infração.

Ricardo Oliveira ainda ressaltou que Gabigol estava muito confiante devido o alto desempenho na partida. A revelação santista já tinha feito dois gols anulados pela arbitragem, que apontou corretamente a posição de impedimento.

"Eu já vinha falado com Gabriel há muito tempo, já vinha conversando com ele. Ele sofreu o pênalti, estava confiante. Pegou a bola, merecido, jogou muito. Ajudou-nos bastante hoje com a vitória, que era o que a gente esperava", afirmou Ricardo Oliveira.

O camisa 9 desistiu de ser o cobrador oficial de pênaltis do Santos devido a sequência de erros na temporada.

Ricardo Oliveira perdeu três pênaltis seguidos no Campeonato Brasileiro na competição – contra Vasco, Atlético-PR e Chapecoense. O artilheiro santista arriscou o mesmo canto [direito do goleiro] em todas as cobranças.

Vale lembrar que o camisa 9 também perdeu um pênalti no clássico contra o São Paulo, no Morumbi, no primeiro turno da competição, mas ele se redimiu no rebote e marcou o gol em Rogério Ceni na ocasião.

Ricardo Oliveira não se importou por "passar a bola" para Gabigol cobrar o pênalti. Pelo contrário, o atacante comemorou o gol marcado pelo companheiro e, principalmente, a vantagem conquistada para o segundo jogo, na próxima quinta-feira (dia 1º), no Pacaembu.

"Importante a vantagem, mas sabemos que é um jogo de 180 minutos. Respeitamos o Figueirense, mas sabemos que saímos com um resultado a nosso favor", disse.

Com a vitória, o Santos pode empatar no jogo de volta, diante do Figueirense, no dia 1º de outubro (quinta-feira), no Pacaembu, para se classificar para a semifinal. Já o Figueirense precisará ganhar por dois gols de diferença ou por um, desde que faça dois ou mais gols (2 x 1, 3 x 2). Se o clube catarinense vencer por 1 a 0 levará a decisão para os pênaltis.

Antes disso, a equipe paulista enfrenta o Internacional no domingo, às 11h (de Brasília), na Vila Belmiro, pelo Brasileiro. 

Uol Esporte

Nenhum comentário: