No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 2 de agosto de 2015

Dorival vê Santos "inexistente" no início, mas exalta valentia no fim


Técnico reconhece erros do primeiro tempo, quando o Flamengo abriu 2 a 0 no placar, mas diz que saldo do time é positivo após reação e empate em 2 a 2, fora de casa

O técnico Dorival Júnior reconheceu a diferença no desempenho de sua equipe nas duas metades da partida contra o Flamengo, neste domingo, no Maracanã. Para ele, o Santos "inexistiu" nos primeiros 45 minutos, quando os anfitriões fizeram dois a zero e obrigaram os alvinegros a reagirem na etapa final, esta com os paulistas melhores.

O movimentado empate em 2 a 2, porém, teve um Peixe "valente", de acordo com o treinador, no segundo tempo, quando o time atacou os donos da casa e conseguiu igualar o marcador. 

– Lógico que um time que abre 2 a 0 se sente mais confortável, mas o Santos foi valente (depois). No primeiro tempo, inexistiu. No segundo, foi diferente. Adiantou a marcação, acreditou na troca de passes – apontou o técnico santista.

Ele contou que sua ideia era a de que seus atletas fizessem uma marcação mais agressiva, no campo do rival, mas que isso não funcionou nos primeiros 45 minutos do confronto. 

– Trabalhamos assim, não aconteceu. Nosso erro foi também não segurar a bola para dar tempo para a nossa defesa se compactar. Isso proporcionou espaços que foram bem explorados em dois momentos (nos gols do Flamengo). 

Para Dorival, mesmo com o empate o saldo santista é positivo após o empate deste domingo. 

– Enfrentamos um adversário de alto nível, com 60 mil pessoas empurrando. Ficaram mais coisas positivas do que negativas, ainda que eu reconheça que no primeiro tempo a equipe tenha inexistido – repetiu. 

O treinador também exaltou a partida e elogiou o espetáculo proporcionado pelas duas equipes no Maracanã, com mais de 61 mil torcedores presentes. 

– Estamos vendo grandes jogos no Campeonato Brasileiro, como foi Atlético-MG x São Paulo (na quarta-feira). É isso que queremos – afirmou. 

Com o resultado desta 16ª rodada, o Santos se mantém perto da zona de rebaixamento, com 17 pontos, na 15ª posição – o Goiás abre o grupo dos quatro piores, três pontos abaixo. No próximo sábado o Peixe joga em casa contra o Coritiba, às 21h, sem Werley, suspenso. Dorival, porém, terá o retorno de David Braz para a defesa. 

Globoesporte.com

Nenhum comentário: