No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Sem custos, Santos busca ter Sandro ou Gago; Vargas é sonho no ataque



Fora da elite da Europa, volante Sandro, de 26 anos, é o perfil que o Santos procura para substituir Valencia no meio. Vargas seria o substituto de Robinho e estrela

Desde que Valencia se machucou e o Santos ficou sabendo que só poderia contar com ele no ano que vem, a contratação de um novo volante passou a ser prioridade. Mas agora, com o novo técnico, a vinda de reforços é também uma maneira de agradar Dorival Júnior e dar ao treinador material de trabalho para deixar a incômoda zona de rebaixamento.

Nas últimas semanas, três nomes oferecidos agradaram a diretoria santista, sendo que dois deles viriam para o meio de campo: Sandro e o argentino Fernando Gago.

O primeiro, de 26 anos, está no Queens Park Rangers, da Inglaterra, e viria por empréstimo, na condição do Peixe pagar apenas os salários. Como o volante foi vendido para o Tottenham (ING) em 2010 e não estourou na Europa, o Santos tenta oferecer a ele um recomeço em um grande time brasileiro.Sandro foi revelado no Internacional em 2008 e chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira, visto como uma grande promessa.

Já Gago, que está no Boca Juniors (ARG), e tem contrato até 2017, viria com ajuda de investidores, mas tirá-lo dos xeneizes seria uma tarefa bem mais complicada.


Para a lacuna deixada por Robinho no ataque, o Alvinegro voltou a sonhar com o chileno Vargas, que quase foi emprestado ao Santos em 2014. Ele estava cedido também ao QPR, da Inglaterra, e o Napoli (ITA) estuda emprestá-lo novamente. Em contrapartida, após vencer a Copa América pelo Chile, valores da operação aumentaram.

Ao mesmo tempo, o Santos pretende ousar. Conforme o LANCE! noticiou recentemente, a diretoria quer propor à nova estrela do time um salário alto, que supera o teto estabelecido pelo clube de R$ 200 mil. Em campo, ele é visto como capaz de substituir o ídolo Robinho.

Lancenet

Um comentário:

:.tossan® disse...

Pagar 300 pilas para um jogador, dever 3 meses de salários para o elenco e perder para o próprio patrimônio é pelo menos contravenção. Abraço