No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 7 de julho de 2015

Modesto liga para Del Nero e detona chefe de arbitragem após polêmica


Presidente do Santos diz que Sérgio Corrêa tem de ser “extirpado” da CBF. Reclamação surgiu após expulsão de Geuvânio contra o Grêmio

A expulsão do atacante Geuvânio na derrota do Santos por 3 a 1 para o Grêmio, no último domingo, na Vila Belmiro, deixou o presidente Modesto Roma Júnior revoltado. Por isso, o mandatário ligou na segunda-feira para Marco Polo Del Nero, presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), para reclamar da situação da arbitragem do futebol brasileiro. 

Modesto Roma se irritou com o cartão vermelho apresentado a Geuvânio pelo árbitro Felipe Gomes da Silva, que alegou que o atacante não havia sido autorizado por ele a retornar ao jogo, após receber atendimento médico fora de campo. A reclamação do presidente santista, porém, é direcionada a Sérgio Corrêa, chefe da Comissão de Arbitragem da CBF.

– Liguei para o presidente Marco Polo. O problema não é o árbitro. Fui reclamar do chefe da “tribo”, que esse cara tem de ser extirpado da CBF. Não é mais possível continuar com essa arrogância da arbitragem. Eles são "deuses" dentro de campo e nunca são punidos. Liguei e falei o que tinha de falar ao presidente Marco Polo – disse Modesto Roma Júnior. 

Depois da partida contra o Grêmio, válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, Geuvânio utilizou as redes sociais para desabafar e argumentou que foi autorizado por Felipe Gomes da Silva para voltar ao gramado. Câmeras, inclusive, flagraram o árbitro fazendo sinais ao banco de reservas santista, supostamente liberando a entrada do jogador em campo. 

Na súmula, porém, o juiz alegou que ninguém da equipe de arbitragem autorizou a volta do atacante do Santos ao duelo. Por isso, ele recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Globoesporte.com

Nenhum comentário: