No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Oliveira cita 'responsabilidade repartida' sem Robinho e vê assédio em meia



O atacante Ricardo não quer assumir a responsabilidade do time com a ausência do atacante Robinho, que defende a seleção brasileira que disputará a Copa América. Para o camisa 9, a carga deve ser repartida entre todos os jogadores do elenco. 

"Não, não muda nada, continua alta [responsabilidade]. É repartida entre os jogadores, tem que dar seu melhor. A 'responsa' é igual. Quando veste a camisa, tem que fazer por merecer. Mas com responsabilidade de fazer bem e ajudar. Ausência é notável, importante. Mas temos jogadores que tem outras características e que vão contribuir para isso", afirmou Ricardo Oliveira.

O camisa 9, artilheiro do Santos nesta temporada, também comentou sobre o assédio que o clube sofre em relação ao seu "maestro" do meio-campo, o meia Lucas Lima. O camisa 20 recusou uma oferta do Cruzeiro recentemente, mas não esconde o desejo de atuar na Europa no meio deste ano.

"Falar de possibilidades, do que não é concreto... O que temos visto é alegria, disposição, comprometimento no time. Quanto aos rumores, pela qualidade, é natural. O mais importante e que está sendo muito importante para o Santos. Se amanhã não estiver mais aqui, será para seu bem e para o bem da instituição. Vejo ele feliz, contribuindo para o time. Mas é impossível evitar especulações tratando-se de um jogador com a qualidade do Lucas", disse.

O Santos corre o risco de perder os dois jogadores para preocupação de Ricardo Oliveira, dirigentes e torcedores. Robinho tem negociações adiantadas para renovar, mas ainda não assinou o vínculo. Já Lucas Lima esta na mira do Porto, de Portugal, além de clubes da Itália e da Inglaterra.

Gabriel Barbosa, o Gabigol, e Gustavo Henrique foram oferecidos ao Milan, da Itália, na recente viagem do presidente Modesto Roma ao exterior. Os italianos ainda não responderam se farão uma oferta pelas revelações santistas. O clube tem esperança que consiga vender pelo menos um deles para buscar a contratação de Ganso. 

O Santos detém 10% dos direitos econômicos do meia e quer uma boa grana pela sua parte na transação.

Temendo a saída de Lucas Lima, o Santos fez uma proposta ao São Paulo para contratar Ganso por empréstimo. O presidente Carlos Miguel Aidar recusou. Por conta disso, a diretoria santista estuda uma "engenharia financeira" trazer o camisa 10 de volta ao clube.

O UOL Esporte apurou que a diretoria santista pretende vender algum atleta do clube para o exterior com a intenção de arrecadar a verba.

Gabriel Barbosa, o Gabigol, e Gustavo Henrique foram oferecidos ao Milan, da Itália, na recente viagem do presidente Modesto Roma ao exterior. Os italianos ainda não responderam se farão uma oferta pelas revelações santistas. O clube tem esperança que consiga vender pelo menos um deles para buscar a contratação de Ganso. 

Uol Esporte

Nenhum comentário: