No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 14 de abril de 2015

Santos faz 103 anos de olho em sócios: 'Torcedor será decisivo'

Peixe faz aniversário querendo atrair novos associados e aumentar adimplência. Para que isso aconteça, programa Sócio Rei sofrerá reformulação

O Santos completa 103 anos nesta terça-feira querendo preservar e e ampliar um de seus maiores – senão o maior – patrimônio: a sua torcida. Após um “boom” na era Neymar, o programa de associados do clube estagnou e sofre agora com enorme inadimplência. Preocupado com isso, Paulo César Verarti, novo gerente de marketing do Peixe, trata o assunto como prioridade e quer revigorar o Sócio Rei.

O profissional evita comentar os problemas na relação com a CSU, empresa que administra o programa, mas reconhece que é preciso oferecer um produto melhor à torcida. Dessa forma, ele acredita que o santista será estimulado a se associar e perceberá a sua importância para o clube.

– O plano de sócios tem que ser avaliado por quantidade e qualidade, que é a receita e o quanto ela contribui para manter a competitividade do clube. O torcedor do Santos será decisivo para o clube e saberá disso. Ao mesmo tempo, poderá exigir serviços com agilidade, alternativas de valores, modalidades diferentes. O clube tem que entregar um produto de qualidade. Vamos trabalhar isso com prioridade absoluta – comentou, ao LANCE!.

Atualmente o Peixe conta com 57,6 mil associados, segundo o Movimento do Futebol Melhor, mas estima-se que mais da metade esteja em débito. Verarti, que pretende facilitar o pagamento do Sócio Rei, hoje feito apenas via boleto bancário, quer também fidelizar mais os santistas, para que o desempenho em campo afete menos as receitas do clube.

– Temos de trabalhar para minimizar os efeitos das oscilações do time e potencializar os bons momentos, que é o outro lado da moeda. O engajamento não pode depender só das vitórias da equipe – comentou.

CONFIRA O BATE-BOLA COMPLETO COM O GERENTE DE MARKETING DO SANTOS

Quais seus seus projetos neste momento para o Sócio Rei?
Temos que analisar e melhorar o programa constantemente, com suas modalidades, valores, benefícios... É preciso identificar oportunidades, encontrar falhas e corrigi-las. Nosso parceiro vai contribuir também.

Já é possível citar alguma melhoria que você pretende fazer?
Temos que ter facilidades, conforto para o sócio se manter adimplente. É preciso garantir a entrega do que prometemos nos prazos. Um exemplo: quando um torcedor quer se associar ele tem que conseguir isso o mais rápido possível, fazer esse processo tranquilamente pelo site, de forma prazerosa. O mesmo vale para o atendimento na secretaria social.

Para isso é preciso romper o atual contrato com a CSU?
Podemos fazer ajustes, adequações. Mas o parceiro não vai gerar entrave. Os esforços do clube e da CSU são convergentes. E o Sócio Rei precisa ser melhorado, não 100% reformulado, tem muita coisa no caminho certo.

Lancenet

Um comentário:

Unknown disse...

Minha singela homenagem a esse clube que tantas alegrias me deuhttp://br.blastingnews.com/esporte/2015/04/santos-completa-103-anos-com-muitas-historias-para-contar-00348653.html