No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 14 de março de 2015

Santos goleia o Marília por 4 a 1 e fica perto das quartas




O Santos venceu o Marília por 4 a 1 na estreia do técnico Marcelo Fernandes depois de efetivado e ficou muito perto da classificação às quartas de final do Paulistão. O jogo, no estádio Bento de Abreu, no entanto, não foi dos mais encantadores: poucas soluções ofensivas e muitos erros simples dos dois times. Thiago Ribeiro fez dois gols para o Santos.

O jogo

Marcelo Fernandes levou time misto a Marília. Protagonistas, como Robinho e Lucas Lima, não compuseram o time titular. Dos 11 que começaram a partida, apenas o goleiro Vanderlei, o lateral Cicinho, o zagueiro David Braz e o volante Valencia fazem parte da equipe titular habitual. Gabriel Barbosa, o Gabigol, começou jogando.

As alterações afetaram o futebol do Santos. O time parecia não saber o caminho que a bola deveria percorrer no campo para que as oportunidades ofensivas fossem criadas.

O Marília é a pior equipe do Paulistão. Fez dois pontos até agora, apenas. Como não poderia ser diferente, jogou mal e – pior ainda – não soube como agir ofensivamente. Defensivamente, no entanto, soube ocupar espaços e dificultar a pouco eficaz criação do Santos no início da partida.

O primeiro gol marcado, depois da metade do primeiro tempo, foi de Thiago Ribeiro. Até então, o jogo parecia nem ter começado. Nenhuma das duas equipes havia chegado com perigo. Cicinho fez jogada pela direita e cruzou na área. O goleiro Rodrigo Calchi, do Marília, rebateu a bola para a pequena área e viu o atacante santista completar para o fundo do gol.

Após o intervalo o Santos conseguiu chegar mais ao gol do Marília, mas ainda sem encontrar tantas soluções quanto deveria diante de uma equipe tão fraca. Gabigol dominou uma bola diante de uma zaga desorganizada e só rolou para que Marquinhos Gabriel fizesse.

O Marília respondeu rapidamente em um lance individual. O camisa 10 Bruno Farias avançou e bateu de fora da área. O goleiro Vanderlei arriscou o golpe de vista e viu a bola entrar.

Depois, o Marília desistiu de jogar. Nos 20 minutos finais de partida a equipe da casa simplesmente parou e permitiu que os santistas chegassem. O Marília aparentou perder fôlego e não acompanhar o preparo físico adversário.

Thiago Ribeiro, novamente, aproveitou. Recebeu bola em boa jogada do Santos e tocou na saída do goleiro. Depois, Gabriel Barbosa também apareceu em boa posições e tocou para fazer o quarto.

O melhor – Thiago Ribeiro: fez o gol que desafogou o jogo e, depois, respondeu ao gol do Marília. O Santos venceu de goleada, mas poderia ter se complicado se não fosse ele.

O pior – Rodrigo Calchi: o goleiro do Marília rebateu bola para a área que originou o primeiro gol do Santos. Depois, tomou mais dois gols no fim ao sair no um contra um contra atacantes santistas.

Para lembrar: caso Capivariano e Penapolense percam nessa rodada, o Santos estará classificado às quartas de final do Paulistão com cinco rodadas de antecedência. 
FICHA TÉCNICA
MARÍLIA 1 X 4 SANTOS

Data: 14/03/2013, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Local: Estádio Bento de Abreu, em Marília
Árbitro: Adriano de Assis Miranda
Assistentes: Marco Antonio de Andrade Motta Junior e Maria Eliza Correia Barbosa

Gols: Bruno Farias (Marília) / Thiago Ribeiro (2), Gabriel Barbosa e Marquinhos Gabriel (Santos) 
Cartões amarelos: Gilberto (Marília) / Valencia (Santos)

Santos: Vanderlei; Cicinho (Victor Ferraz), David Braz, Gustavo Henrique e Zé Carlos; Valencia (Renato), Lucas Otávio e Elano (Lucas Lima); Marquinhos Gabriel, Thiago Ribeiro e Gabriel.
Técnico: Marcelo Fernandes

Marília: Rodrigo Calchi; Gil, Thiago Gomes, Braga e Deca; Juninho Ortega (Fabio Gadelha), Gilberto Santos (Gilberto Souza), Boquita e Bruno Farias; Evandro (Tiago Elias) e Leandro Costa.
Técnico Bruno Quadros

Uol Esporte

Nenhum comentário: