No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Rizek: "Santos é o time mais perigoso neste momento, joga mal e ganha"


Apresentador lembra que equipe de Levir Culpi é a única invicta na Libertadores e conseguiu segurar sufoco do Atlético-PR graças à boa fase do goleiro Vanderlei

Um grande goleiro, que salva a equipe nos maiores sufocos, um meia competente como garçom para deixar bons atacantes na cara do gol. Ninguém discorda que Vanderlei, Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique são os maiores personagens num Santos que alterna grandes atuações com partidas em que se vê dominado. Na noite desta quinta, a equipe venceu em casa o Atlético-PR por 1 a 0 no mata-mata de volta da Libertadores e garantiu passagem às quartas para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, que superou o Palmeiras. Para o apresentador André Rizek, do "Redação SporTV", a equipe treinada por Levir Culpi merece cuidados dos adversários.

  1. O Santos está invicto na Libertadores, e não é desses times que encantam. Mas é o único invicto. E ontem, de novo, ele foi dominado, sofreu, e ganhou o jogo. (...) Tem bons jogadores, e mesmo quando joga mal, soma ponto."

  1. André Rizek, apresentador

- O Santos é um patinho feio. Mas muitas bobagens que eu falo, uma eu acho que acertei este ano: que o Santos é o time, para mim, mais perigoso neste momento. Porque é o time que joga mal e ganha. Tem um goleiro que está nessa fase inacreditável... E o Santos está invicto na Libertadores, e não é desses times que encantam. Mas é o único invicto. E ontem, de novo, ele foi dominado, sofreu, e ganhou o jogo. Por isso eu acho que é um time extremamente perigoso. Tem bons jogadores, e mesmo quando joga mal, soma ponto.

O apresentador Felipe Andreolli também elogiou a atuação de Vanderlei e lembrou não ser comum a equipe santista ser pressionada em plena Vila Belmiro.

Vanderlei fecha o gol mais uma vez e garante vitória do Santos sobre Furacão (Foto: Marcello Zambrana / Estadão Conteúdo)

. Ontem, 20, 25 minutos do primeiro tempo, podia estar 2 a 0 para o Atlético Paranaense. Uma blitz que o Atlético fez num escanteio foram três chances de uma vez só, que o Vanderlei pegou. E ninguém esperava. Eu não esperava. Porque quando a gente vê o Santos jogando na Vila, você vê o Santos dominante, com posse de bola, atacando o adversário. Você vê o que um resultado não faz né, o futebol tem essa coisa maluca.

Segundo o comentarista Carlos Cereto, do SporTV, o Santos teve mérito pela vitória, mesmo pressionado, porque mostrou mais eficiência do que o adversário, tanto por saber se defender como pela competência em aproveitar a chance que teve, principalmente pela triangulação Lucas Lima-Ricardo Oliveira-Bruno Henrique.

Bruno Henrique, além de Lucas Lima e Ricardo Oliveira, é trunfo do Santos nos contra-ataques (Foto: Agência Estado)

- O Santos acertou o contra-ataque no segundo tempo e ganhou o jogo. É esse o resumo. Não conseguiu sair em nenhum momento da defesa, foi sufocado, amassado, e no contra-ataque, Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique, o Santos ganhou o jogo do Atlético Paranaense. Como não tem justiça no futebol, justiça no futebol é muito relativa, o Santos vence com méritos, porque foi mais competente do que o Atlético Paranaense.

(...) Foi sufocado, amassado, e, no contra-ataque, Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique, o Santos ganhou o jogo."
Carlos Cereto, comentarista

O comentarista Sérgio Xavier Filho, do SporTV, vê também méritos no Furacão pela boa atuação na Vila Belmiro. O jornalista acha que a equipe paranaense fez uma das melhores partidas nos últimos tempos.

- Não esperava mesmo ver esse tipo de jogo na Vila Belmiro, com o Atlético dominante. Mas eu acho que foi um jogo tão diferente... Foi o melhor jogo do Atlético no ano, sem dúvida. Alguns jogadores, em especial, fizeram suas melhores partidas nos últimos anos. Pega o Fabrício, lateral-esquerdo, Jonathan. Guilherme fez uma partida... Aquele futebol dele estava represado em algum momento lá em Minas, talvez. Fato é que o Atlético fez uma tremenda partida, não sei se o Santos jogou tão mal assim ou se foi o Atlético que fez um jogo completamente fora da casinha. SporTV

Nenhum comentário: