No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Oliveira admite falta de ritmo no Santos, mas afirma: “Peguei uma bola e fiz”


Uma velha máxima do futebol diz que o ‘craque’ aparece na hora da decisão. E é exatamente isso que acontece com Ricardo Oliveira. Sem marcar um gol há mais de dois meses, o camisa 9 estava sumido no duelo contra o Flamengo, nesta quarta-feira. Porém, aos 43 minutos do segundo tempo, o centroavante cabeceou firme para vencer o goleiro Diego Alves e decretar a virada do Santos por 3 a 2, no Pacaembu, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após ser decisivo mais uma vez, o capitão santista admitiu que ainda sente a falta de ritmo de jogo, já que ficou quase um mês sem atuar, mas explicou que precisa de apenas uma chance para definir as partidas.

“Até têm razão (os que falam que estou sem ritmo). É o terceiro jogo. A gente procura melhorar a cada jogo. Foi como o Levir falou, quanto mais você joga, mais você adquire ritmo. Mas peguei uma bola ali e fiz, fui feliz. O Alison também acertou um lindo chute. Nosso time, com as qualidades individuais, tem de aproveitar isso”, comemorou Oliveira na saída do gramado.

Com a vitória, o alvinegro chegou aos 34 pontos e manteve-se na terceira posição. No próximo domingo, às 19h (de Brasília), os santistas visitam o Avaí, na Ressacada, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: