No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Levir exalta tradição do Santos e diz que time ainda não está fechado

Técnico diz que quer fazer história "em um dos clubes mais queridos do mundo", mas que faltam ajustes

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 


Levir Culpi disse que o Santos ainda não vai priorizar nenhuma competição (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

No ano em que completa 50 anos de futebol, Levir Culpi ganhou a missão de assumir o Santos na busca de um título. O Peixe disputa, além do Brasileirão, a Copa do Brasil e a Libertadores, e o técnico disse que o time ainda não está fechado para buscar essas conquistas, mas também aproveitou para exaltar a tradição do clube.

“É a tradição do clube, quando se fala do Santos, é um glamour. Você entra na sala de troféus, é um negócio absurdo, ai você está no CT e encontra o Clodoaldo, o Lima, o Pelé. Quando recebi o convite, falei que não ia perder a chance, e vamos tentar gravar o nome na história de um dos clubes mais queridos do mundo”, disse ele em entrevista à Rádio Bandeirantes.

“O elenco é bom, mas ainda não temos o time fechado. Precisamos ajustar algumas coisas para chegar nas decisões das competições que estamos disputando, mas estou tendo prazer em trabalhar no Santos”, completou.

Levir, no entanto, sabe o quanto é difícil disputar três competições simultaneamente, o que torna a manutenção de uma equipe titular nos jogos compliacado, mas acredita que não é impossível lutar por elas, e disse que o Santos ainda não pensa em priorizar nenhuma em detrimento de outra.

“Você não pode poupar jogador se pensa em vencer, e é praticamente impossível repetir escalação com jogo quarta e domingo e ainda as viagens. É difícil focar em três competições, mas é possível, quando está tudo ajeitado, fica ligado, mas é preciso fazer chover para isso acontecer”, ponderou.

Nenhum comentário: