No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Kayke valoriza jogo ‘sábio’ do Santos e torce por dupla com Oliveira



A ‘decisão’ contra o Atlético-PR começou da pior maneira possível para os santistas. Antes mesmo dos 10 minutos de jogo, o Furacão já vencia por 1 a 0, na Vila Capanema. Porém, mesmo com a desvantagem no placar, o Santos soube manter a tranquilidade e buscou a virada por 3 a 2, nesta quarta-feira, no confronto de ida das oitavas de final da Libertadores.

E o triunfo no Paraná só foi possível graças a Kayke. Oportunista, o atacante marcou duas vezes, sendo que o último foi um golaço de letra. Porém, mesmo após a bela apresentação, o camisa 11 preferiu valorizar a partida inteligente do alvinegro.

“É um recurso (gol de letra). O Bruno Henrique foi feliz no drible. Vimos o gol rapidinho no vestiário após o jogo e fico feliz por ser auxiliado pelo Bruno, Copete, Lucas Lima. Fica mais fácil com eles. Temos que dar valor ao nosso jogo. Jogamos de forma sábia e saímos daqui com o que esperávamos”, explicou Kayke.

Vale lembrar que o camisa 11 só assumiu a titularidade do Peixe após problemas de Ricardo Oliveira. O centroavante sentiu contusão no tornozelo depois do clássico contra o Corinthians, no dia de 3 de junho. Além disso, ele também foi acometido com uma pneumonia.

Porém, o camisa 9 já está recuperado e voltou a treinar no CT Rei Pelé. Aproveitando a boa fase, Kayke não se intimida com o retorno de Oliveira e até projeta uma dupla de ataque com o capitão do santista. “Estou esperando pelo retorno do Ricardo. É um grande jogador e meu amigo. Já já ele voltará e podemos tranquilamente jogar juntos também”, disse.

Com a vitória, o Santos leva uma imensa vantagem para o jogo de volta. Agora, o Peixe pode até ser derrotado por 1 a 0 ou 2 a 1, na Vila Belmiro, no próximo dia 10 de agosto, que consegue a classificação para as quartas de final da Libertadores.

“Temos que esquecer a vantagem. Atlético-PR pode reverter, mas não podemos deixar. Ainda não passamos de fase”, concluiu Kayke. Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: