No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Kayke diz que o Santos tem obrigação de diminuir distância para o Corinthians


Peixe, na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, está a 12 pontos do rival. Kayke espera por tropeços do time da capital

Kayke acredita que o Santos tem a obrigação de encurtar a distância para o Corinthians na tabela do Campeonato Brasileiro. Na terceira colocação, o Peixe está a 12 pontos do rival após 14 rodadas. O atacante espera por tropeços e vê o rival em vantagem por estar fora da disputa da Libertadores.

– A campanha deles é muito boa, estão somando muitos pontos, quase não perdendo. Como não estão na Libertadores, tem mais tranquilidade para focar no Brasileiro. É um ótimo trabalho e os que estão atrás têm que buscar. Mais do que nossa obrigação encurtar os pontos para o Corinthians. Os tropeços vão acontecer com todos. Quem for mais contundente ao longo do ano, vai merecer o título – disse Kayke.


O centroavante do Alvinegro ainda explicou o que o técnico Levir Culpi tem feito para otimizar o pouco tempo de preparação com dois jogos por semana.


Kayke diz que o Santos tem a obrigação de colar no líder Corinthians (Foto: Lucas Musetti)

– Temos tido resultados que motivam, que mostram que o trabalho tem sido bem feito. São muitos vídeos e conversas. O Levir é muito claro no que quer e no que passa. O entendimento fica fácil. Os jogadores assimilaram isso de forma rápida, ele é alegre, para cima, fala nosso linguajar. Que possamos conquistar muitas coisas juntos – explicou.

– A análise de desempenho faz parte do futebol. A gente acaba sendo cercado por essas informações e temos que assimilar tudo. Não é só treinamento, às vezes não dá tempo. O time titular pouco vem treinar, é posicionamento, jogo e descanso. (Os vídeos) englobam tudo do que foi feito e do que podemos fazer e melhorar – completou.

O Santos vem de quatro partidas sem perder. São três vitórias (contra Atlético-PR, São Paulo e Atlético-MG) e um empate diante do Vasco, no último domingo, no Engenhão. Globoesporte

Nenhum comentário: