No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 4 de junho de 2017

Santos demite técnico Dorival Júnior


Treinador não resiste ao início ruim do Peixe no Brasileirão, com três derrotas em quatro jogos, a última no clássico contra o Corinthians. Auxiliar Elano assume interinamente

Dorival Júnior não é mais técnico do Santos. Em uma reunião de emergência realizada neste domingo à tarde, a diretoria do Peixe demitiu o treinador. Ele não resistiu ao início no ruim no Campeonato Brasileiro, com três derrotas e uma vitória em quatro jogos, a última por 2 a 0 no clássico contra o Corinthians, sábado, em Itaquera. O auxiliar Elano assume a equipe interinamente.

Pressionado pela diretoria e torcedores, o presidente Modesto Roma conversou com o técnico e explicou a decisão de trocar o comando. Dorival tinha contrato até o fim do ano e era o treinador há mais tempo no comando de uma equipe da Série A – desde julho de 2015. O Peixe procura por um novo profissional no mercado.


Um dos motivos para a demissão de Dorival é o tempo antes da fase de mata-mata da Libertadores, no começo de julho. O clube entende que o novo treinador pode arrumar a equipe para a sequência da competição continental. O Alvinegro foi o sexto melhor da fase de grupos.

Dorival assumiu o Santos na zona de rebaixamento em 2015 e fez o time brigar pelo G-4 no Campeonato Brasileiro e ser vice-campeão da Copa do Brasil. No ano passado, a equipe conquistou o Paulistão, foi eliminada nas quartas da copa e terminou o Brasileirão na segunda colocação.

Nesta temporada, com a manutenção de todo o elenco e a contratação de seis reforços, esperava-se que o Peixe decolasse. O time, porém, oscilou muito, foi eliminado nas quartas do Campeonato Paulista e começou mal o Brasileirão. Na Libertadores, o Alvinegro terminou invicto a primeira fase, com três vitórias e três empates. Globoesporte

Nenhum comentário: