No peito e na alma !

No peito e na alma !

terça-feira, 16 de maio de 2017

Chuva atrapalha planos e Santos muda local de treino na Bolívia

A forte chuva que caiu em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, atrapalhou um pouco o plano do Santos nesta terça-feira. A equipe comandada por Dorival Júnior treinaria em um campo alternativo no CT do Club Blooming. Porém, o gramado ficou completamente alagado, impossibilitante a atividade do Peixe.

Por conta disso, a delegação santista passou a procurar um outro local para o treino já na manhã desta terça. O problema, porém, foi resolvido rapidamente. Isso porque o alvinegro pediu autorização ao Blooming para treinar no campo principal do CT. Os bolivianos liberaram o local e o Peixe irá fazer a atividade normalmente.


O Santos escolheu a estadia em Santa Cruz de la Sierra para ‘driblar’ a altitude de 3.660 metros de La Paz, palco do jogo contra o The Strongest, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Pensando na adaptação, o clube foi para Santa Cruz de la Sierra pois o município está a pouco mais de 400 metros acima do nível do mar. A delegação só chegará ao estádio Hernando Siles faltando três horas para o duelo acontecer. Com isso, os jogadores não precisão se adaptar ao ar rarefeito, pois os efeitos demoram para ser sentidos.


Na escalação, o técnico Dorival Júnior deve promover duas mudanças. A primeira é a entrada de Copete na lateral esquerda. Mesmo sendo atacante de origem, o colombiano foi bem quando atuou de forma improvisada. Também pesa a seu favor o fato de Jean Mota e Matheus Ribeiro, primeiras opções no lado esquerdo, não terem correspondido quando ganharam uma oportunidade.

Além disso, Leandro Donizete também ganhará uma oportunidade. O volante será titular na vaga de Thiago Maia, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, o Peixe deve entrar em campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber Reis e Copete (Jean Mota); Leandro Donizete, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: