No peito e na alma !

No peito e na alma !

sábado, 1 de abril de 2017

Santistas admitem partida fraca em Campinas: “Jogo não encaixou”


Vai ser difícil encontrar alguma pessoa que tenha a coragem de falar que o Santos jogou bem na derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, neste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pelo duelo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. Isso porque além do técnico Dorival Júnior, os próprios jogadores do alvinegro admitiram a fraca apresentação contra a Macaca.

“Nosso jogo não encaixou. Nosso melhor momento foi nos 15, 20 minutos do segundo tempo. Eles acabaram anulando nosso jogo. Temos de pensar no jogo de volta”, resumiu o meia Vitor Bueno, que teve atuação apagada e foi substituído por Copete na volta do intervalo.



O atacante Ricardo Oliveira, por sua vez, acredita que os santistas não devem entrar em pânico, afinal, a vantagem da Ponte é de apenas um gol.

“Nós precisamos ajustar algumas coisas. A proposta deles era sair no contra-ataque. Não conseguimos achar os espaços necessários. É um placar que a gente jogando dentro da nossa necessidade a gente consegue reverter”, ressaltou o camisa 9 na saída do gramado.

Com a derrota, o alvinegro se vê obrigado a vencer por dois gols de diferença para conquistar a vaga direta. Caso o Peixe vença por apenas um gol, o confronto será decidido na disputa de pênaltis. As duas equipes voltam a se enfrentar apenas no próximo dia 10, uma segunda-feira às 20h (de Brasília), no Pacaembu. Gazeta Esportiva

4 comentários:

:.tossan® disse...

Que jogo hein! O Peixe jogou muito, Dorival mexeu no segundo tempo e conseguiu a vitória de virada. Fenomenal! (pena que foi 1 de abril)
Abraço

José Natal Peixoto disse...

Por primeiro, o Santos não jogou o que é capaz, esteve bem abaixo de si mesmo, de suas próprias possibilidades. O Santos jogou de forma lenta, sonolenta, enquanto a ponte jogou com muita intensidade e com contra ataques rápidos, jogando nos erros do Santos que foram muitos. A ponte marcou o Rebato e impediu nossa saída de bola. O Thiago Maia e o Lucas Lima erraram muito na entrega da bola e foi num desses erros que a ponte fez o seu gol. A dupla de zaga continua a não saber fazer a leitura do jogo. Ataque da ponte pela direita, os dois zagueiros foram na cobertura de um lado só, deixando o centro avante da ponte livre. Faz décadas que o zagueiro central cobre de um lado e o quarto zagueiro do outro, nunca os dois do mesmo lado. O time inteiro jogou lento e sem criatividade, entretanto, ridículos o Lucas Lima, Thiago Maia, Vitor Bueno e apático o Ricardo Oliveira. O Santos sem o Zeca, com o Renato marcado, só teve saída de bola pelo lado direito, Achei que ficou barato para o Santos e temos condições de reverter no Pacaembu, desde que o Santos jogue dentro de suas possibilidades e o Lucas Lima resolva jogar. Vamos acreditar.

Haroldo Stampacchio disse...

Se não é santista cai fora

José Natal Peixoto disse...

Bela partida do Santos. Pena que foi 1º de abril. E o Linense, hein! duas partidas no Morumbi. Pode ser bom para as finanças do Linense, mas péssimo para o futebol.