No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Ponte Preta vence o Santos nos pênaltis e avança às semifinais do Paulistão




Peixe devolve placar de 1 a 0 no tempo normal, com gol de David Braz, mas vê zagueiro desperdiçar sua cobrança e agora volta suas atenções para a Libertadores. Macaca pega o Palmeiras na próxima fase

Depois de oito finais consecutivas de Paulistão, o Santos deixa a competição mais cedo. Méritos da Ponte Preta! No Pacaembu lotado, o Peixe devolveu o placar conquistado pela Macaca no jogo de Campinas (1 a 0), mas não conseguiu o segundo gol e viu a decisão ir para os pênaltis. David Braz, autor do gol no tempo normal, foi o único a desperdiçar sua cobrança. O Santos deixa o Paulistão e agora se volta para a Libertadores. Já a Ponte vai atrás de seu primeiro título estadual.

PRIMEIRO TEMPO

Com a desvantagem no confronto por ter perdido por 1 a 0 no jogo de ida, em Campinas, o Santos sufocou a Ponte Preta no Pacaembu no início do primeiro tempo. Com a escalação que Dorival Júnior considera a ideal, os mandantes quase abriram o placar em finalizações de Ricardo Oliveira e Lucas Lima. O gol não demorou e saiu dos pés de um zagueiro – o que, neste caso, não chega a ser uma surpresa. Lucas Lima cobrou falta, Veríssimo tocou de puxeta para o meia da área e David Braz acertou um voleio, sem chances para Aranha. Foi o sétimo gol do camisa 14 no Pacaembu. A etapa inicial esquentou nos últimos minutos. Aos 40, Bruno Henrique foi empurrado por Lucca dentro da área, mas o árbitro Rafael Gomes Felix da Silva nada marcou. Depois, Clayson, que já tinha amarelo, dividiu uma bola com Lucas Veríssimo e acertou o santista com o pé. Mais uma vez, o juiz ignorou.


SEGUNDO TEMPO

O Santos continuou como o dono do jogo no segundo tempo. O goleiro Vanderlei era mero espectador no gramado do Pacaembu, onde a Ponte Preta pouco fazia. Mas a bola que colocaria o time do litoral diretamente na semifinal insistia em não entrar: primeiro, num cabeceio de Ricardo Oliveira que passou por cima do gol de Aranha, depois num chute de Zeca que parou na trave campineira. Os visitantes finalmente incomodaram a defesa do Santos aos 25 minutos da etapa final. Ravanelli bateu falta e obrigou Vanderlei a se mexer. Na sequência, Yago balançou a rede, mas em impedimento. O placar não mudou, e a decisão foi para os pênaltis.

Globoesporte.com

3 comentários:

:.tossan® disse...

Vou fazer uma pergunta para os santistas mais inteligentes do que eu: Valeu a pena a renda do Pacaembú, sair fora e perder as rendas da semi e final? Se não mudar o treinador a coisa vai piorar. Abraço

everton dos santos disse...

Eu so axo q o santos tem q recorrer akele penalty q nao deram e se tirar o dorival vao colocar qm luxemburgo por favor santista vamo.olha td nao so.a eliminacao neh abracos

:.tossan® disse...

No lugar de Dorival até você serve. Dorival é isso mesmo, não vai passar disso, não evolui. Lembre-se Dorival não é Tite! Abraço