No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Santistas admitem queda do Peixe no segundo tempo contra o São Paulo


Zeca e Thiago Ribeiro evitam dar desculpas e reconhecem dificuldades da equipe na etapa final do clássico; lateral reconhece que empurrou adversário no lance do pênalti

O Santos perdeu para o São Paulo por 3 a 1, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Após a derrota, jogadores do Peixe não buscaram desculpas e admitiram que o adversário foi melhor.

Um deles foi Zeca. O lateral confessou que cometeu o pênalti que deu origem à resposta da equipe comandada por Rogério Ceni. Ele pede reação aos atletas do Alvinegro.

– O time deles tocou bem a bola. Estávamos bem até o pênalti, que eu fiz mesmo. Não podemos abaixar a cabeça, temos que reagir – disse o camisa 37.

Thiago Ribeiro, que entrou em campo no fim do segundo tempo, reconheceu os erros do Santos e ressaltou a proposta do São Paulo, que era contra-atacar.

– São Paulo só fez o gol de pênalti no primeiro tempo. Só chegaram ali no primeiro tempo. Poderíamos ter valorizado a posse de bola, enervar o time deles. A gente se desesperou, torcida ficou impaciente e eles aproveitaram nossos erros nos contra-ataques – disse o atacante.

Com a derrota, o Peixe continua com 6 pontos e cai para a vice-liderança do grupo D, atrás do Mirassol, que tem 9. O Alvinegro volta a entrar em campo pelo Paulistão neste sábado, às 19h30 (de Brasília), contra a Ferroviária, na Vila Belmiro. GE

2 comentários:

:.tossan® disse...

Eu falei que a tática do Dorival era furada, atacar só pela direita e não acertar os passes de dois metros! Ainda acho que os métodos de Dorival estão mais do que vencidos. Bastou enfrentar um time melhor para mostrar o que eu e muitos outros estavam falando mesmo quando parecia que o time estaria pronto. Acho que zagueiro é zagueiro e meio campista é meio campista. Abraço
PS: Nem sempre e nem pra sempre vamos contar com o Renato.

José Natal Peixoto disse...

A derrota para o São Paulo merece algumas reflexões:
O Dorival Júnior junto com o Tite são os dois melhores técnicos de futebol do Brasil. Estrategistas modernos. Nesse item o Santos FC está bem servido profissionalmente. Entretanto, contra o Linense o Santos teve um desempenho. Contra o RB Brasil, a estratégia se mostrou insuficiente, apresentando problemas defensivos, tanto que o resultado demonstrou isso. Contra o São Paulo, a estratégia, embora tenha se apresentado razoável, tivemos problemas de desempenhos pessoais, como por exemplo, o Lucas Lima aparentou não estar bem fisicamente, tendo apresentado um futebol insuficiente. O goleiro Vladimir não teve culpa nos gols que sofreu. Acredito que com relação aos laterais(alas) é preciso rever os conceitos nos jogos mais difíceis, porque se adiantam muito até o meio de campo e muitas vezes até ao ataque, não havendo uma estratégia de cobertura, sacrificando ao volante e o miolo de zaga. Na falta do Ricardo Oliveira, de forma definitiva Rodrigão não é possível aguentar. Poderia ser tentado o Copete de Centro Avante, com a entrada do Thiago Ribeiro pela esquerda. É preciso que haja harmonia, compactando o time entre ataque, meio de campo e defesa. Não adianta atacar e estar mal resolvido nos contras ataques. O Santos FC está começando muito bem o ano, confiamos No plantel e no nosso técnico. Entretanto é necessário avaliar como jogar um jogo mais fácil e outro mais difícil. A estratégia não pode ser a mesma. Acredito que com o desenvolvimento do campeonato o Santos demonstrará sua verdadeira qualidade, sendo que podemos perfeitamente ser campeões. Vamos acreditar.