No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Modesto e a revolta do elenco do Santos: 'Eu administro, jogador joga e treinador treina'



O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, se manifestou neste domingo aos canais ESPN sobre a demissão de Sérgio Dimas, gerente de futebol da equipe até a última sexta-feira.

O fato ganhou força após os jogadores do clube alvinegro decretarem greve de silêncio e se recusarem a falar com a imprensa após a vitória por 3 a 2 sobre o Red Bull Brasil.

Modesto afirmou que a decisão não teve nada a ver com política, mas sim com gestão.

A primeira versão sobre o motivo da demissão do dirigente veio do assessor do presidente, Aldo Neto. Nas redes sociais, Aldo teria colocado que Dimas foi demitido após esquecer um prazo de inscrição na Conmebol - o post foi apagado.

Modesto negou o fato.

"[Aldo] falou m... Escreveu algo em um devaneio dele. [A demissão] Foi uma decisão de gestão, não de política. Dimas não é nenhum irresponsável. Não tenho para falar do desempenho profissional dele. Ele estava no clube desde a gestão passada", afirmou.

O mandatário também comentou a greve de silêncio do elenco e disse não concordar com a decisão dos atletas.

"Você ouviu eu falar alguma vez que o Dorival tinha que dispensar jogador? Você ouviu alguma vez eu falar que jogador A ou B tem que chutar com a perna esquerda? Eu administro, jogador joga e treinador treina", declarou.

O presidente não vai conversar novamente com os jogadores sobre o assunto - Dagoberto Santos, supervisor do clube, cuidará do caso se o elenco continuar insatisfeito.

O Santos já está à procura de um profissional para o cargo. ESPN

Nenhum comentário: