No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Lá vem o Peixe! Com 6 a 2 no Linense, bicampeão larga com tudo no Paulista


Em busca do tricampeonato consecutivo do estadual, time faz chuva de gols com direito a dois de Rodrigão, na abertura da competição, na Vila Belmiro

Finalista nas últimas oito edições do Campeonato Paulista e atual bicampeão, o Santos estreou ao seu melhor estilo na edição 2017 do estadual: com seu ataque fazendo muitos gols. A goleada por 6 a 2 sobre o Linense, na noite desta sexta-feira, na Vila Belmiro, foi construída com dois gols de Rodrigão, e um de Lucas Lima, Vitor Bueno, Arthur Gomes e Thiago Ribeiro. Thiago Santos e Gabrielzinho descontaram para o Linense.

Com o triunfo, o Santos aumentou para 45 jogos (37 vitórias e oito empates) a sua invencibilidade em partidas do Paulistão no seu estádio – o Alvinegro praiano não é batido em casa desde abril de 2011.

Líder do Grupo D, com três pontos, o Santos volta a jogar no domingo, dia 12, contra o RB Brasil, no Pacaembu. O Linense, lanterna do Grupo B, retorna a campo no sábado, dia 11, contra o Audax, no Gilbertão, em Lins.

Rodrigão recebe o cumprimento de Lucas Lima após o primeiro gol (Foto: Marcello Zambrana/Agif/Estadão Conteúdo)

Primeiro tempo

O Santos começou partindo para cima do Linense. Com boa movimentação e troca de passes, o atual bicampeão paulista passou a encurralar o time do interior. O primeiro gol quase veio aos 11, com o lateral-esquerdo Zeca acertando a trave após receber de Copete. Um minuto depois Rodrigão não perdoou. Ele recebeu boa bola de Thiago Maia na pequena área e empurrou para o fundo das redes: 1 a 0. 

Bastaram mais dois minutos para o Peixe fazer o segundo, novamente com Rodrigão. Lucas Limas deu bonito cruzamento, Vitor Bueno finalizou, e a bola sobrou para o atacante balançar a rede mais uma vez: 2 a 0. Inspirado, Rodrigão não deixou o terceiro, aos 25, por muito pouco. Ele recebeu passe de Vitor Bueno e bateu forte, mas o goleiro Edson Kolln fez grande defesa. 

Preocupado, o técnico Guilherme Alves fez uma mudança radical no Linense. Ele sacou o lateral-direito Bruno Moura e colocou o atacante Thiago Santos. A mudança apenas atraiu mais o Santos. Nos 15 minutos finais da primeira etapa, o Peixe ainda desperdiçou três chances claras de ampliar o placar, duas delas com Rodrigão e uma com Lucas Lima.

Segundo tempo

O Peixe voltou do intervalo exercendo a mesma pressão. Mas o Linense acabou diminuindo, aos 8 minutos, com um chutaço de Thiago Santos de fora da área. O atacante recebeu a bola nas costas da linha defensiva santista. O 2 a 1 não abateu o Santos, que chegou ao terceiro gol, aos 12, com Lucas Lima. O camisa 10 recebeu de Thiago Maia, dominou, ajeitou a bola e bateu com categoria no canto direito.

Santos e Linense fizeram jogo movimentado na Vila Belmiro (Foto: Marcello Zambrana/Agif/Estadão Conteúdo)

Toda a motivação que o Linense havia encontrado ao diminuir o placar parecia ter ido por água abaixo. O Santos tocava bem a bola e encurralava a equipe de Lins na defesa. Foi assim que veio o quarto gol. E ele foi o primeiro do atacante Arthur Gomes no time profissional. Aos 31, o garoto, que entrara havia cinco minutos, pedalhou sobre a marcação e tentou o cruzamento, mas, por sorte, a bola desviou no goleiro Edson Kolln e estufou a rede: 4 a 1.

Guerreiro, o Linense não desistiu de tentar algo e acabou sendo premiado com a marcação do seu segundo gol. Aos 34, Gabrielzinho aproveitou falha da defesa, recebeu na área e só empurrou para o gol de Vanderlei. Mas ainda haveria o quinto e o sexto gols do Peixe. Primeiro, Vitor Bueno aproveitou bobeada da zaga dos visitantes, aos 44. Nos acréscimos, aos 47, o atacante Thiago Ribeiro aproveitou a chance de entrar na metade do segundo tempo e deixou dele, após concluir no ângulo tabela com Victor Ferraz: 6 a 2 para o Peixe foi o placar final Globoesporte

Nenhum comentário: