No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Rival do Palmeiras, Donizete promete 'marcação em cima' no Santos

Campeão da Libertadores pelo Atlético-MG em 2013, volante de 34 anos foi apresentado nesta quarta-feira e disse saber como se joga a competição sul-americana


Donizete foi o segundo reforço apresentado pelo Santos (Foto: Russel Dias)

O estilo de jogo ofensivo do Santos terá o acréscimo de pegada e marcação na Libertadores. Quem diz isso é Leandro Donizete, volante apresentado nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé. Campeão da competição em 2013, pelo Atlético-MG, o novo camisa 30 acredita que a experiência será de grande ajuda para o Peixe, que não disputa a copa desde 2012.

- Já sei a forma de jogar a Libertadores. Vou passar experiência para a molecada. É muito difícil, pegado, catimba, espero ajudar muito eles no dia a dia. Santos tem poucos jogadores assim, e Libertadores precisa de pegada, determinação, e eu tenho essas qualidades. Jogador vai querer brigar, cusparada, quero prepará-los (os garotos) bem, orientar, passar confiança. Tenho certeza que vai dar certo - disse o volante.

Antes mesmo de negociar com o Peixe, Leandro Donizete já agradou a nação santista de alguma forma. Além de desafiar e se estranhar com Gabriel Jesus, foi do volante o gol que derrotou o Palmeiras em casa, na vitória do Galo por 1 a 0.

- Começou bem. Torcida gosta. Teve briga com Gabriel Jesus, mas é passado. Daqui para frente é Santos. Vou trabalhar e brigar por cada pedaço de campo e deixar isso para o torcedor - comentou sobre a relação com o rival.

Questionado se teria atitude parecida com Felipe Melo, que em sua apresentação do Alviverde prometeu "dar tapa na cara de uruguaio" durante a Libertadores, se necessário, Donizete disse ser diferente, mas sem aliviar.

- Não. Sou diferente. Sou viril na marcação, sim, mas não quero ser maldoso. Marco em cima, sem dar espaço. Às vezes, incomodo, mas tenho poucas expulsões e amarelos na história. Vou continuar trabalhando assim, não vou mudar porque a imprensa fala mal. Tenho minhas qualidades. Vou dar a minha vida no Santos e seguir marcando como no Atlético e Coritiba - completou.

Apelidado de General no Galo, onde conquistou a torcida, ele já escolheu o apelido na Vila Belmiro: "Comandante!".

Santos e Leandro Donizete assinaram vínculo válido até o final de 2019. 
Lancenet

Nenhum comentário: