No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Robinho se reúne com Santos na capital e 'dá cano' em amistoso na Vila



O atacante Robinho se reuniu com dirigentes do Santos na capital paulista na tarde desta quinta-feira. O almoço serviu para o clube paulista apresentar a proposta com os valores financeiros e também saber do jogador o quanto ele está disposto a "brigar" por sua liberação no Atlético-MG, clube com quem tem contrato até o fim do próximo ano.

O presidente Modesto Roma não participou da reunião. O mandatário ficou de plantão na Vila Belmiro. Participaram do encontro o superintendente de futebol, Dagoberto Santos, e dirigentes ligados ao departamento jurídico do clube.

Agora, o Santos aguarda um retorno de Robinho para dar andamento as negociações.

Após a reunião com a cúpula alvinegra, Robinho passou pela cidade de Santos-SP, mas decidiu não comparecer ao jogo festivo do ex-zagueiro Narciso na tarde desta quinta-feira, na Vila Belmiro. A ausência ocorreu por dois motivos - evitar o assunto sobre seu retorno ao clube paulista com a imprensa e, principalmente, fugir de vaias da torcida.

Robinho foi vaiado na Vila quando defendeu o Atlético-MG no Brasileirão e também ao aparecer em um vídeo no telão do estádio no último domingo, quando a Santos TV divulgou um filme comemorativo para o meia Elano antes do confronto contra o América-MG, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

A organização do evento alega que recebeu a confirmação de Robinho no jogo na noite desta quarta-feira e não soube explicar o motivo da ausência do ex-camisa 7 do Santos. Nesta sexta-feira, Robinho deve viajar para a China para atender um de seus patrocinadores.

Na próxima semana, o presidente Modesto Roma deve viajar junto com o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, para a Assunção, no Paraguai, onde participarão do sorteio das chaves da Copa Libertadores da América de 2017. O dirigente promete conversar sobre a liberação de Robinho.

Robinho tem contrato com o clube mineiro até o fim de 2017, mas o alto salário do atleta, de cerca de R$ 800 mil, pode facilitar a sua saída. Isso porque o Galo foi obrigado a assumir o ordenado integral do jogador após romper com um de seus patrocinadores.

O Santos oferece um salário menor a Robinho, porém o clube promete pagar um dívida de R$ 2 milhões que possui com o atleta, e compensar a diferença que ele recebe no Galo com um contrato mais longo, de quatro anos, além de bonificações por metas alcançadas. Uol

Nenhum comentário: