No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Dorival pede Clayton e Santos inicia conversas com o Atlético-MG



O Santos colocou mais um atacante de velocidade no radar. O UOL Esporte apurou que o técnico Dorival Júnior pediu a contratação do atacante Clayton, do Atlético-MG. Por conta disso, a diretoria santista iniciou conversas com os dirigentes do Galo. A proposta oficial ainda não foi realizada.

Apesar do desejo de Dorival Júnior, a diretoria do Santos já avisou que não fará loucuras por Clayton. Inicialmente, a ideia era contratar o jogador por empréstimo, mas o Atlético-MG só tem interesse em negociar o atleta em definitivo.

Se com Leandro Donizete bastou o Santos oferecer um bom salário para tirar o volante do Atlético, com Clayton a situação é bem mais complicada. O jogador de 21 anos chegou à Cidade do Galo em fevereiro e foi o maior investimento do clube para 2016. Contratado após aparecer bem no Figueirense, Clayton custou R$ 13 milhões para o Atlético.

Apesar do esforço feito para contar com o atacante, Clayton não foi muito bem na primeira temporada em Minas Gerais. Foram 46 jogos e somente sete gols. O jogador oscilou bastante entre bons e maus momentos e não terminou o ano como titular do Atlético.

Mesmo assim, uma negociação por empréstimo não interessa à diretoria alvinegra, especialmente por se tratar de um rival na Copa Libertadores. Para liberar Clayton, o Atlético quer pelo menos recuperar o valor que investiu no atleta.

Clayton é um sonho antigo do Santos. Antes de acertar com o Atlético-MG, o atacante esteve na mira do clube paulista, mas não houve acerto financeiro com o Figueirense. Na ocasião, o atleta já havia sido indicado por Dorival Júnior.

Até o momento, o Santos fechou a contratação de quatro jogadores para a temporada 2017. Além de Leandro Donizete, o clube paulista acertou com o zagueiro Cleber, ex-Corinthians e que estava no Hamburgo, da Alemanha, o lateral ambidestro Matheus Ribeiro, do Atlético-GO, e o atacante Vladimir Hernandez, do Junior Barranquilla, da Colômbia. Uol

Nenhum comentário: