No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 13 de novembro de 2016

Seleções atrapalham treinos do Santos e Dorival não testa melhor zagueiro



O técnico Dorival Júnior está feliz com os dez dias de folga, sem jogos, para treinar o Santos, correto? Não. O treinador tem motivos para reclamar. Isso porque as seleções de Brasil e Colômbia tiraram três titulares do técnico para os treinamentos desta semana. O meia Lucas Lima e o colombiano Copete defendem as suas seleções nas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia e só retornam ao clube paulista na próxima quarta-feira (dia 16). 

Desta forma, a dupla não deve treinar com o elenco santista para o duelo contra o Vitória, que ocorre um dia depois, na Vila Belmiro. A presença de Lucas Lima e Copete na partida será avaliada pela comissão técnica no dia do confronto contra os baianos.

Se não bastasse, o volante Thiago Maia foi convocado pelo técnico Rogério Micale para defender a seleção sub-20 nos amistosos contra o México, que ocorrem nos dias 11 e 13 de novembro e fazem parte da preparação da equipe nacional para o Sul-Americano da categoria no Equador, em 2017.

Sem Thiago Maia, Dorival Júnior não pôde treinar a sua melhor escalação para enfrentar o Vitória. O treinador, que não conta com o suspenso David Braz, queria escalar Yuri ao lado de Noguera na zaga, mas o volante teve que treinar no lugar de Maia em grande parte dos treinamentos.

Há uma ala na comissão técnica do Santos que acredita que o ex-volante do Audax é o melhor zagueiro que Dorival Júnior tem a disposição no elenco diante dos atuais problemas. Além das características de marcador, Yuri se destaca pela boa saída de bola. Dorival e companhia gostam, principalmente, da qualidade do passe do atleta.

"No momento, com as lesões (Gustavo Henrique e Luiz Felipe), tem essa carência na zaga. E, sei lá, como posso atuar no meio e na zaga, sou uma peça a mais para o Dorival. E para mim é bem tranquilo jogar na defesa. Ainda mais com a suspensão do Braz. Isso eu deixei bem claro para o Dorival e para comissão. Na zaga ou de volante, não tem diferença. Faço as funções e estou à disposição", afirmou Yuri.

Yuri se destacou ao entrar em campo no segundo tempo da vitória do Santos contra a Ponte Preta. A equipe santista melhorou bastante a saída de bola com a sua entrada e virou o jogo diante do time de Campinas. Yuri alega que evolui taticamente e tecnicamente nas mãos de Fernando Diniz, no Audax.

"Minha passagem no Audax me ajudou bastante. Jogar com o Fernando Diniz me fez ser um pouco diferente, não ser um zagueiro normal. Me sinto bem à vontade para jogar de zagueiro, como no jogo da Ponte. Tava de zagueiro, mas quase fiz um triângulo, eu de volante com o Renatinho em vários momentos, com Braz mais recuado. É confortável fazer isso no jogo", concluiu.

Thiago Maia retorna ao Santos na próxima terça-feira. Desta forma, Dorival terá a chance de testar a formação defensiva ideal em tempo integral no treino. Yuri até foi testado na zaga nesta semana, mas logo voltou a suprir a carência de Thiago Maia. A ideia do comandante santista é escalar o time com a seguinte formação: Vanderlei, Victor Ferraz, Noguera, Yuri, Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima, Vitor Bueno, Copete; Ricardo Oliveira. Uol

Nenhum comentário: