No peito e na alma !

No peito e na alma !

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Por Libertadores, Santos pretende manter atual elenco em 2017



Com 64 pontos conquistados, o Santos hoje é vice-líder do Campeonato Brasileiro e segue caçando o Palmeiras, que lidera a competição com seis pontos de distância para o alvinegro. Apesar de ainda seguirem sonhando com o título, os santistas já comemoram o fato de estarem garantidos pelo menos na primeira fase da Copa Libertadores da América de 2017.

Pensando na competição continental, a diretoria do clube tem dois objetivos: manter o atual elenco e buscar reforços pontuais. A ideia da cúpula alvinegra é trazer mais um zagueiro, um lateral, um meia e dois atacantes de velocidade. Além disso, os santistas pretendem não vender nenhum titular do time, como aconteceu nesta temporada, com Geuvânio e Gabigol.

“É muito bom voltar para a Libertadores e agora tentaremos a vaga direta. Mas não podemos fazer um campeonato bom e perder jogadores importantes depois. Isso faz com que seja necessária uma reformulação. Queríamos ter ficado com Geuvânio e Gabigol, que estavam adaptados. A base é fundamental com reforços que somem em qualidade. A gente bate nessa tecla”, pediu o volante Renato.

O meia Lucas Lima, o lateral-esquerdo Zeca e o volante Thiago Maia já aparecem na mira de clubes do exterior desde o ano passado. Porém ,nenhuma proposta oficial chegou ao trio na última janela de transferências para a Europa, que terminou em agosto. Além deles, Ricardo Oliveira chegou a confirmar o acerto com o futebol chinês no início deste ano, mas o acordo acabou sendo vetado pela diretoria santista, que não liberou o atacante. Os santistas temem que novas investidas aconteçam a partir de dezembro, quando a janela abre novamente.

Já na questão de reforços, o Peixe está muito próximo de confirmar as contratações do lateral Matheus Ribeiro, do Atlético-GO, e do meia-atacante Felipe Gedoz, do Club Brugge, da Bélgica. Além disso, o clube já havia confirmado em outubro a chegada do colombiano Vladimir Hernandez, atacante do Junior Barranquilla. Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: