No peito e na alma !

No peito e na alma !

domingo, 20 de novembro de 2016

Entrevista do técnico Dorival Júnior


Dorival analisa chances de título:
"Nos tirou a possibilidade de estar ainda melhor no campeonato e colocar mais pressão no líder do campeonato, que naturalmente fazendo seu resultado nós acabamos ficando mais distantes das nossas pretensões."

Dorival cita erro da arbitragem:
"Foi um jogo de alto nível, sim. Foi um grande jogo, Cruzeiro saiu na frente, vinha explorando situação porque não tínhamos saída de bola. E não tendo saída, natural que comprometa a transição, perde a criação. Felizmente não em razão apenas da alteração, mas com mudança de comportamento, alcançamos a virada. Estávamos melhor na partida, mas fomos penalizados mais uma vez. Volto a frisar, por um erro claro que comprometeu nosso resultado e tirando brilhantismo de uma virada e sequência de grandes jogos que vínhamos fazendo."

Dorival: "Procurei enaltecer o que fizeram em campo. Porque quando você perde ou empata em condição normal, não tem o que se enaltecer, mas não foi o caso. Foram muitos os momentos em que o Santos foi penalizado ao extremo. Deixamos muito mais pontos do que erraram a nosso favor. Então acho que hoje essa é uma situação que poderia estar, sim, brigando de uma maneira bem direta com o Palmeiras, porque fez campeonato muito regular, seguro."

Dorival sobre a saída de Noguera no primeiro tempo: 
"Nós não tínhamos saída de bola, e isso comprometia nossa transição. A partir desse momento, adiantamos um pouco mais a marcação e parar as flutuações do Cruzeiro. Aí a equipe encaixou, voltou mais equilibrada e consciente para o segundo tempo. Acabamos tendo a virada, acho que a saída (do Noguera) foi uma opção natural. A reação pra mim é normal, não vejo problema. Qualquer jogador lamentaria, entendo esse tipo de situação. Porém é uma decisão técnica e isso daí tem que ser respeitada. Sempre que eu ache necessário, não preciso esperar virada de tempo para substituir. Natural que alguém tenha que ser sacrificado."

Dorival sobre chance de título: 
"E não vai abaixar, vamos continuar e brigar até o último momento até a última possibilidade que exista. Acho que já vimos aí grandes viradas em outros momentos e não será diferente. Ninguém sabe o que pode acontecer. Se o Palmeiras confirmar título, ótimo, merecido. Do contrário, estaremos aí. Teremos outra decisão com o Flamengo e não tenho dúvidas de que iremos lá fazer nosso melhor e buscar o melhor resultado."

Dorival sobre vaga na fase de grupos da Libertadores:
"Acho que estamos bem próximos e vamos continuar perseguindo nosso objetivo ainda maior, que é o título ainda."

Dorival sobre título: 
"Não, de maneira nenhuma. Eu estava falando em relação ao campeonato. Não estamos abrindo mão, pelo contrário. Vamos acreditar até o último momento. Santos ainda tem reais condições de estar chegando. Se não fosse um erro claro e simples da arbitragem, do bandeira, teríamos tido resultado importantíssimo que nos daria condição diferenciada na tabela. Mas são situações que definem um campeonato, e olha que não foram poucos os erros contra o Santos."

Termina aqui a entrevista coletiva de Dorival Júnior/Lancenet

Nenhum comentário: