No peito e na alma !

No peito e na alma !

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Santos faz acordo de R$ 3,5 milhões e rescinde contrato vitalício de Pelé



O Santos rescindiu o contrato vitalício que havia assinado com a Sport 10 Licenciamentos, empresa que administra a imagem de Pelé. A informação foi divulgada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte. O clube paulista deveria pagar cerca de R$ 1,5 milhão por ano para utilizar a imagem de seu maior ídolo, mas não pagava o combinado desde 2013.

Clube e empresa fizeram um acordo amigável, mas a cúpula santista foi obrigada a pagar R$ 3,5 milhões, referentes a parcelas atrasadas do contrato e mais rescisão.

A dívida com a empresa foi levada a Justiça e chegou a bloquear parte do pagamento da Internazionale, da Itália, ao Santos, referente a compra dos direitos econômicos do atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol. Antes disso, a empresa já havia penhorado a Vila Belmiro.

O Santos estava insatisfeito com o contrato firmado, principalmente pelas exigências que eram feitas pela empresa para disponibilizar a participação de Pelé em eventos do clube. Dirigentes santistas alegavam que precisavam pagar viagens e hospedagens de funcionários da empresa para contar com o seu ídolo. Os valores do contrato também não agradavam.


O clube paulista já estuda uma nova parceria com Pelé, mas a ideia agora é negociar diretamente com o ex-camisa 10 do clube e da seleção brasileira.

Uol

Um comentário:

José Natal Peixoto disse...

O Pelé foi o melhor do mundo no seu tempo. Fez muito para o Santos e o Santos também fez muito por ele. Foi uma relação de reciprocidade. Será sempre nosso eterno ídolo e como tal deve ser respeitado por tudo que representa e representou para o Santos e a nossa torcida. Entretanto, entendo que a filosofia mudou. Nos tempos atuais, ídolos atletas antigos não valorizam atualmente a marca do clube. Acho inútil gastar dinheiro em quantidade relevante em contrato de publicidade e promoção de marca com o Pelé. Atualmente o que promove o clube é estar na ponta de cima da tabela, é ser campeão do campeonato brasileiro, da libertadores. Só conquistas abrem mercado nos tempos atuais. Um time campeão valoriza a marca do clube, seus atletas, obtém patrocínios, inclusive o máster. O Santos precisa é investir em atletas qualificados, formar o melhor time da América do Sul, conquistar títulos, e assim valorizar sua marca. E isso trás dinheiro. Novo contrato com o Pelé, não acredito que seja útil para promover o Santos. O pelé faz parte do passado e o amamos por isso, mas é passado. Vejam o exemplo do Barcelona.