No peito e na alma !

No peito e na alma !

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Santistas citam "pecado" e má pontaria para explicar eliminação na Copa



Os jogadores do Santos alegaram que o time "pecou" nos minutos iniciais do jogo e deixou a desejar nas finalizações para explicarem a derrota para o time misto do Internacional por 2 a 0 nesta quarta-feira, em Porto Alegre, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. O Inter pressionou nos minutos iniciais e abriu o placar aos nove minutos, com Aylon. Eduardo Saha fechou o marcador aos 44 minutos do segundo tempo. 

O resultado eliminou a equipe santista, já que no jogo de ida, na Vila Belmiro, o Inter perdeu por 2 a 1. O gol de Seijas fora de casa fez a diferença no confronto em Porto Alegre.

"Não temos como explicar. Pecamos no começo do jogo e pagamos por isso. Tomamos o gol de bola parada. Agora é levantar a cabeça", afirmou Lucas Lima ao SporTV

"Agora é momento de esfriar a cabeça, a gente procurou o jogo a todo momento, tentamos e não conseguimos ser eficientes na hora de finalizar, criar jogadas de perigo. Paciência. Méritos a equipe adversária que marcou dois gols", afirmou Ricardo Oliveira à ESPN Brasil.


Diferente do Internacional, Dorival Júnior escalou força máxima para garantir a classificação para a semifinal da Copa do Brasil. O meia Vitor Bueno, com incomodo muscular na coxa esquerda, foi o único desfalque entre os titulares do time.

Agora, o elenco santista não volta para o litoral paulista. Eles viajam direto para Chapecó, onde o time enfrenta a Chapecoense neste domingo, às 19h30 (de Brasília), na Arena Índio Condá, em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uol

2 comentários:

José Natal Peixoto disse...

O Vitor Ferraz reclama das queixas da torcida do Santos. É bem verdade que amamos o Santos FC e somos passionais. Entretanto, numa análise fria em relação ao jogo contra o Internacional, somente dois atletas se salvaram: Ricardo Oliveira, porque a bola nunca chegou nele e o Renato que jogou o bom futebol de sempre. De resto, até o Vanderlei dessa vez falhou no segundo gol, saindo do gol caindo, fechando abola rasteira e acabou levando uma "cavadinha" do Sasha. O Miolo de zaga com Luiz Felipe e David Braz irreconhecível. O atleta Aylon do Internacional nem precisou pular, ao contrário, abaixou a cabeça para cabecear a bola. Vitor Ferraz, zeca, Tiago Maia, Lucas Lima, irreconhecíveis não criaram nada. Erraram muitos passes. Horríveis na criação de jogadas e horríveis na criação. O Paulinho e o Copete jogaram como dois pernas de pau. Rodrigão, Longuine e Joel, fechatórios, sem aproveitamento. A cigana enganou o Paulinho e o Joel ao dizer que eles poderiam jogar bola. O Santos fez uma partida horrível, a pior dos últimos dez jogos. Com esse futebol, até do G6 estamos ameaçados. Estamos em risco de repetir o 2.015. Eu ressalvo a conduta do Dorival Júnior que fez o que pode, mas ele não entra em campo. Tenho 67 anos. Que saudade do Santos FC.

José Natal Peixoto disse...

Acho que o Dorival deveria dar chance o Fábian Nogueira. O Tiago Maia deve sair do time, entrando o Yuri. O Santos deveria cobrir a proposta do Palmeiras para contratar o Keno. É um atleta que resolve. Grafite e Alex, tenho minhas dúvidas. Eu não contrataria. O Santos precisa de um meia que jogue pela direita, um atleta que jogue pela lateral do campo pelo lado direito. O Keno substituiria o Copete com extrema vantagem. Acho que o Thiago Ribeiro deveria ser reintegrado. O Emerson Palmieri não deve ser vendido definitivamente, devendo ser reintegrado. Os "sonhadores" do Santos, com essa bolinha que estão jogando,não vão receber propostas do exterior. A única possibilidade é do Ricardo Oliveira. O Santos precisa ficar alerta e contratar um novo centro avante. O Rodrigão não tem condições de resolver. O Paulinho e o Joel devem ser devolvidos. O Joel até tem uma chance de jogar pelas laterais do campo pela esquerda, pois vi ele jogar bem na posição pelo Londrina. De centro avante nunca.