No peito e na alma !

No peito e na alma !

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Renato lamenta pressão sofrida, mas vibra com vitória sobre a Chape

Apesar de ter vencido a Chapecoense por 1 a 0, neste domingo, na Arena Condá, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos ainda não conseguiu animar seu torcedor. Demonstrando a mesma apatia que causou a eliminação do clube na Copa Brasil, na última quarta-feira, o Peixe abriu o placar logo no início, com Lucas Lima, mas foi muito pressionado durante toda a partida.

Porém, o Alvinegro contou com a grande atuação do goleiro Vanderlei para sair do Sul com os três pontos na bagagem. Para o volante Renato, os santistas pecaram em não ampliar o marcador e matar o jogo em Chapecó, evitando a pressão imposta pelo adversário.

Apesar do desempenho regular, Renato enalteceu os três pontos conquistados pelo Santos (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

“Sabemos que o Brasileiro, no fim, é complicado, então temos de valorizar os três pontos. Infelizmente, não conseguimos fazer o segundo para termos tranquilidade, mas o resultado foi importante”, afirmou o camisa 8, na saída do gramado.

O triunfo na Arena Condá fez o Peixe continuar na cola do Atlético-MG. Com 58 pontos, os santistas seguem na quarta colocação e lutam para ficar entre os três primeiros colocados do Brasileirão. Caso isso aconteça. o Santos entra direto nos grupos da Libertadores. Mas se ficar entre quarto e sexto, o clube precisará disputar a primeira fase da competição continental que, no próximo ano, terá dois duelos de mata-mata.

Segundo Renato, a vitória sobre o Verdão serviu para o Santos dar uma resposta após a eliminação na Copa do Brasil, na última quarta-feira. “Era um jogo complicado. Sabíamos disso. A Chape aperta bastante. Conseguimos apertar no começo, tanto que o gol saiu da pressão que fizemos. A equipe correu e lutou muito. Sabíamos que era importante a vitória, pois vínhamos de contestação”, concluiu.

Na próxima rodada, o Alvinegro encara o clássico contra o líder Palmeiras, na Vila Belmiro, no sábado, às 19h30 (de Brasília), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gazeta Esportiva

Um comentário:

José Natal Peixoto disse...

Apesar do golaço feito pelo Lucas Lima, provando mais uma vez o seu talento, de resto o Santos continua um time apático. Desaprendeu a tocar bola. Erra muito no passe da bola. Não tem saída de jogo. Não consegue sair da defesa. Na minha opinião o Tiago Maia não está bem. Isso faz com que o Renato fique na frente da zaga e por isso o Santos perdeu a saída de bola. Mais uma vez o Copete foi ridículo e o Joel sem aproveitamento. Ricardo Oliveira fez o que pode. O Miolo de zaga continua crítico. Apesar da vitória, que saudade do Santos FC.